Ètica no jornalismo II

Por Paloma Viricio
(Imagens: Internet)


O jornalismo coetâneo não detém o papel apenas de informar. Este atua como formador de opinião e em questões sociais. O jornalista não produz jornalismo sozinho, hoje mais do que nunca, cidadão e o profissional da comunicação caminham em direções iguais objetivando melhorar a sociedade que vivemos. Reportagens que denunciam abusos de poder e irregularidades na sociedade servem para trazer à tona aquilo que estudiosos como John Stuart Mill e Jeremy Bentham, nomeiam como utilitarismo.



Em uma sociedade muitas vezes injusta e abandonada pelo poder público, o jornalismo denunciativo, atuaria engajado no utilitarismo, visando ações que tragam benefícios a coletividade. È muito comum, por exemplo, moradores de determinada região entrarem em contato com meios de comunicação massivos (Rádio e TV), para denunciar falta de iluminação pública e saneamento entre outros problemas. Os indivíduos usam os meios de comunicação como espécie de mediador para solucionar ‘problemas públicos’ que deveriam ser tratados diretamente entre cidadão e governo. Assim, o indivíduo consegue fazer valer a democracia e seus direitos, muitas vezes esquecidos por aqueles que o mesmo escolheu para representar determinada população.

Lei sobre o Tema

Livro: Ètica no Jornalismo
Editora: Vozes
Onde Comprar? Livraria da Travessa



Licença Creative Commons
Com base na obra disponível em palomaviricio.blogspot.com.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos. 

5 comentários:

  1. Oii, primeira visitinha por aqui o/
    Adorei seu blog! Muito fofo...
    Estarei comentando seus post!
    E seguindo, me segue também!
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Achu que todos precisam mais disso?? Aprender a ter mais etica....

    bjos

    Philip Rangel- Entrando numa Fria

    ResponderExcluir
  3. Realmente todos precisam aprendeer a ter mais ética e respeito que é a base de tudo.

    Beijos, Patty
    Cartas para Ficção

    ResponderExcluir
  4. Esse período na faculdade, estou tendo uma aula sobre ética. é muito interessante. Acho que muitos jornalistas deveriam ler e saber seus limites na hora de uma reportagem.

    Talita,
    www.meninasdaliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que interessante!
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.