Entrevista com a escritora Fabiane Ribeiro

Olá Amados leitores! Estou trazendo para vocês entrevista com a escritora Fabiane Ribeiro, parceira do Jornalismo na Alma. A Fabiane é autora de dois livros publicados:Xadrez e Corações em fase terminal.Vamos conferir essa super entrevista?



Jornalismo na Alma:Como surgiu o desejo de lançar um livro?
Fabiane Ribeiro:Eu sempre amei ler e escrever, mas confesso que nunca sonhei em ser escritora. Eu estava no quarto ano de faculdade de Medicina Veterinária, quando fiquei doente e parei os estudos por um tempinho. Nessa época, em meio a momentos difíceis, escrevi dois livros. Um deles é o romance “Xadrez”, minha primeira obra publicada. Faz mais de dois anos que isso tudo aconteceu e, desde então, a literatura passou a fazer parte da minha vida e dos meus sonhos.

Jornalismo na Alma:Como você configurou os personagens do livro Corações em fase terminal?
Fabiane Ribeiro:É muito difícil determinar como criei um personagem, ou mesmo uma cena. Tudo vai surgindo aos poucos em minha mente e eu vou anotando, até o dia em que percebo que tenho material suficiente. Costumo dizer que minha inspiração é a vida. Os personagens surgem a partir de tudo ao meu redor. É um trabalho árduo. Um aspecto que considero muito importante é o passado de cada personagem. Gosto de ter um motivo para as atitudes e os sentimentos de cada um no presente. Então, mesmo que não seja o personagem principal, geralmente tenho a história de vida de cada um em minha cabeça. A partir do passado, monto o perfil de como cada um seria no momento presente da história.

Jornalismo na Alma:Existe um mistério no livro? Pode nos dar uma pista?
Fabiane Ribeiro:Existem muitos mistérios em “Corações em Fase Terminal”! O que significa aquela estranha cidade em que Cátia acordou? Ela está viva? Ela e os outros personagens irão conseguir curar seus corações? E por que cada coração tem uma determinada característica? Essas são algumas das questões mais frequentes na história. Uma pista? Bem, vou dizer apenas que as respostas virão ao longo da narrativa e elas sempre estiveram no interior dos próprios personagens.

Jornalismo na Alma:Você já teve contos publicados em outros livros. Pretende lançar um livro somente de contos?Por quê?
Fabiane Ribeiro:Não pretendo. O conto lançado foi uma experiência muito interessante, através da qual
fiz muitos amigos no meio literário (amigos que mantenho até hoje) e tive o prazer de ver minha primeira publicação acontecer, mesmo que em um livro com outros autores. Entretanto, minha linha de trabalho é o romance, a narrativa longa.

Jornalismo na Alma:Sobre o que fala o conto "Maija e o Encanto do Vento"?
Fabiane Ribeiro:Para compor o livro do qual participei “Tratado Secreto de Magia”, o tema era obrigatório
(magia, feitiçaria e bruxaria), então foi um desafio para mim, pois não escrevo literatura fantástica em geral. Fiquei muitos dias pensando, até que surgiu a ideia para o conto “Maija e o Encanto do Vento”, que foi uma das histórias escolhidas para compor o livro em questão. Ele fala de uma garota, a Maija, que vive em uma cabana com o pai, Kaapo, no meio da floresta e, quando eles são atacados por inimigos de seus antepassados, ela descobre que também é uma bruxa, através da leitura de um livro deixado por sua avó Noora, o qual ela lê inteiramente em uma fração de segundos – aliás, o que deveria ter sido uma fração de segundos, afinal, ela estava executando involuntariamente sua primeira magia: paralisar o tempo...

Jornalismo na Alma: E o conto "Sonhos de Infância"?
Fabiane Ribeiro:Esse é, na verdade, um poema que eu escrevi para um concurso literário e ele foi um dos escolhidos para compor um livro, lançado na Bienal do Livro do Rio de 2011. É um poema bem simples e curto, sobre nossos maiores desejos quando somos crianças.


Jornalismo na Alma: Como anda o seu novo projeto: Deixar a luz do sol entrar?
Fabiane Ribeiro:Ele está pronto. Na verdade, tenho outros textos prontos, mas costumo guardá-los e esperar o momento certo de cada um. Atualmente tenho trabalhado muito na divulgação de meus dois livros lançados, “Xadrez” e “Corações em Fase Terminal”. O “Deixar a luz do sol entrar” terá seu momento, mas ainda não sei se será meu próximo livro publicado, talvez outro seja lançado antes.


Jornalismo na Alma: Qual a maior dificuldade que enfrentou para publicar seus livros? Como superou essa situação?
Fabiane Ribeiro:Até o momento de publicar o livro, a busca pela editora foi o mais complicado.Entretanto, o maior desafio, no geral, acontece após a publicação, quando você tem que conquistar um público e visibilidade no mercado. Eu estou passando por essa fase e costumo dizer a mim mesma que o segredo é acreditar no meu trabalho e realizá-lo com o coração. O resto virá na hora certa.


Jornalismo na Alma: Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram a obra?
Fabiane Ribeiro:Minha editora é pequena, mas, aos poucos, os leitores estão me conhecendo e estou muito feliz. Todas as vezes em que recebo uma opinião positiva sobre meu trabalho, fico muito satisfeita! Saber que alguém se apaixonou por algum personagem, se surpreendeu ou se emocionou com alguma cena que eu escrevi quietinha em casa, é surreal. O “feedback” é, sem dúvida, a melhor parte. O contato com o público em geral, na verdade. A primeira vez que me pediram um autógrafo (foi em São Paulo, em 2010), eu fiquei olhando pra cara da pessoa por alguns segundos, eu não estava acreditando. Muitas resenhas e críticas têm sido lançadas sobre meus livros, convido a todos aconferirem o link: http://reinoxadrez.blogspot.com/p/revista-literaria-entrevistas-textos-e.html


Jornalismo na Alma: Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Fabiane Ribeiro:Fernando Sabino. Seu livro “O grande mentecapto” é um dos mais geniais que já li. Tem de tudo na obra; lembro-me que foi a primeira vez que ri muito lendo um livro, mas também refleti bastante.


Jornalismo na Alma: Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Fabiane Ribeiro:Khaled Hosseini. Ele foi genial em “O Caçador de Pipas”, mas ele me conquistou mesmo
com “A Cidade do Sol”. É um livro que consegue transmitir todas as emoções possíveis, nos faz conhecer outra cultura e valorizar as coisas simples. Além do mais, adoro o estilo do escritor, um dos melhores romancistas que já li.

Jornalismo na Alma: Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Fabiane Ribeiro:Se você realmente quer entrar no mercado, tenha organização. A diferença do escritor profissional e do amador, é que o profissional deve manter um ritmo de escrita, organizar suas tarefas e cumpri-las. Você é o chefe de si mesmo, então, organizar-se e cumprir metas é fundamental. Outra dica: escreva apenas sua verdade. Mesmo que seu gênero não esteja “na moda”, há leitores para todos os tipos de livros e, com certeza, você encontrará seu público. E, por fim, tenha consciência de que o mercado é competitivo e, inclusive, injusto para autores nacionais (ainda mais se são iniciantes), mas com o tempo e com as escolhas certas, a batalha vai se tornando cada vez mais prazerosa e o retorno faz valer a pena cada sacrifício.


Jornalismo na Alma: Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Fabiane Ribeiro:
Uma pessoa: Minha mãe.
Um desejo: Continuar sempre escrevendo.
Um livro: A Cidade do Sol.
Uma música: Angel, de Katherine Jenkins (é a trilha sonora do primeiro book-trailer do
meu livro “Xadrez”).
Uma comida: Sou vegetariana, então, alguma coisa com queijo... rs.
Uma bebida: Suco de laranja.
Uma frase: “Eu não durmo para descansar. Simplesmente durmo para sonhar”.
Animal de estimação: Cães (tenho um Poodle, um Beagle e minha amada vira-lata!)
Filhos: Não penso nisso agora.
Dinheiro: Necessário, mas deve ser “consequência”, nunca “causa”.
Felicidade: Estar junto de quem amo.
Fama: Difícil de lidar, um caminho com armadilhas.
Religião: Deus. 
Blogueiros: Meus cúmplices, assim como os leitores; são testemunhas das histórias que criei. Tenho um blog há pouco tempo, mas estou fascinada por esse mundo e por essa forma de comunicação rápida e dinâmica.
Falsidade: Pode destruir o que é belo.

Sobre a autora
Fabiane Ribeiro cresceu em Mogi Mirim, São Paulo. Além de escritora é médica veterinária, sempre disposta a lutar pelos animais, que são uma das razões do viver dela. O primeiro emprego foi de professora de idiomas (Inglês e Espanhol). Mas o mais importante: em 2009, em uma época difícil que estava passando, principalmente devido a problemas de saúde, começou a escrever um livro e resgatar o sonho de ser escritora.

Contato



PARTICIPE DA PROMOÇÃO DO JORNALISMO NA ALMA

12 comentários:

  1. A determinação desta escritora é fascinante. A força que encontrou nos momentos difíceis de sua vida para seguir adiante e se fortalecer por meio da escrita foi incrível. Nem a conhecia mas agora estou com muita vontade de ler um de seus livros. Excelente entrevista.

    http://vernasunhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ai que legal, super dica esse livro! Adorei a entrevista.

    Beijos

    http://vernasunhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita!
    é importante para o blog receber nossas leitoras, pessoas queridas!

    Estou seguindo de volta!
    beijos

    http://isoldaandrade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista! A Fabiane parece ser muito fofa e seus livros devem ser ótimos! Estou bem interessada em ler Xadrez, a sinopse me deixou bem curiosa! rs



    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog!!
    Bjs!!

    http://cachosalados.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. ameii demais seu blog! ja me tornei seguidora! espero que retribua o carinho e se torne minha seguidora tambem!
    http://www.sassiclaudio.com

    ResponderExcluir
  7. Yolanda me adiciona de novo porque o seu msn sumiu aqui kkkkkkkkkkkkk Ruach_kadosh@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. oooie, tudo bom ?
    passei aqui, e adorei o seu blog !
    ta nota 10, ja estou te seguindo; Passe la no meu também, se voce gostar siga, tb irei ficar mt feliz !
    otima semana ><
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  9. Muito legal a entrevista ;)
    O livro parecer ser super legal e interessante.
    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com/
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Amadinha!!!

    Valeu a visitinha e comentário viu mocinha, espero você mais vezes no meu cantinho tá!!!


    Beijinhos e fique com Deus

    www.ohlouka.com

    ResponderExcluir
  11. Ela parece ser bem novinha né? *-
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.