Entrevista om o escritor Sergio Carmach

Olá meus docinhos! Estou trazendo para vocês entrevista com o escritor Sergio Carmach, um dos parceiros do Jornalismo na Alma. Ela é autor da obra Para Sempre Ana, que vou sortear aqui no blog em breve. Quem quiser conferir a resenha do livro é só clicar AQUI! Tenho certeza que vão amar, porque o Sergio é bastante inteligente e divertido!  Aproveitando o gancho, também gostaria que conferissem o post de moda que fiz inspirada no livro, basta clicar AQUI! Vamos conferir como ficou a entrevista?


Jornalismo na Alma-Como surgiu o desejo de lançar um livro?
Sergio Carmach-Oi, Paloma. Em primeiro lugar, agradeço a oportunidade de estar aqui conversando com você e seus leitores. Em segundo lugar, digo que não sei responder sua pergunta (Risos). Se você perguntasse “quando” em vez de “como” (ou “o livro” em vez de “um livro”), ficaria mais fácil dar uma embromada (Risos). Bem... Eu desejei lançar um livro desde que, ainda bem pequeno, peguei um bloco, fiz uma história ilustrada do Ultraman e botei uma capa de papelão por cima. É... Acho que a resposta é por aí. O desejo de lançar um livro surgiu assim: juntando o gosto precoce pela escrita com a vontade de imitar os livrinhos que eu tinha em casa.

Jornalismo na Alma-Como você configurou os personagens do livro?
Sergio Carmach-Sem maniqueísmo.

Jornalismo na Alma-Quanto tempo levou para escrever Para sempre Ana?
Sergio Carmach-Uma história é como o vinho: precisa maturar para ficar no ponto. A semente de Para Sempre Ana foi plantada em 2000. Ela era um texto com algumas dezenas de páginas. Então, deixei a ideia parada até 2008. Quando retomei a escrita do livro, a semente tinha germinado e... Peraí! Estou comparando histórias com vinho ou com plantas? Bem... Deixa pra lá! Voltando ao que eu estava dizendo, em 2008 a semente da história finalmente começou a gerar uma planta bem vistosa. É... Dá para perceber que, se eu escrevo livros de forma tão rápida e direta quanto respondo perguntas, o processo é mesmo longo (Risos).

Jornalismo na Alma-Como surgiu a escolha do nome do livro?
Sergio Carmach-Quem deu nome ao livro foi a Luzia, minha esposa. O título original era “À Sombra do Crisântemo”, que uma sócia da editora detestou. Depois de semanas com muitas cabeças tentando, em vão, bolar um novo nome, a Luzia me disse para ficar tranquilo, pois uma ideia logo surgiria. Nesse dia, ela foi para o trabalho com um mantra na cabeça: “me ajudem a pensar em um nome, me ajudem a pensar em um nome”. Minutos depois, ela teve uma súbita inspiração e me ligou eufórica, dizendo: “Para Sempre Ana! Que tal?” Eu adorei, a editora adorou e quem leu o livro sabe que esse título é absolutamente perfeito. Desconfiamos que entes invisíveis tenham sussurrado a ideia na cabeça da Luzia... (Risos)

Jornalismo na Alma-Sobre qual tema escreveria um outro livro?
Sergio Carmach-Já estou escrevendo. Não vou adiantar a sinopse, mas garanto que, assim como aconteceu com Para Sempre Ana, a história será diferente de tudo o que existe por aí. Infelizmente, o mercado literário está repleto de fórmulas prontas, que muitos escritores usam com pequenas variações, pois as editoras preferem investir naquilo que já deu certo do que arriscar em inovações. Também dá trabalho e exige criatividade ficar bolando algo novo. É por isso que tantos livros nos soam tão familiares. Lemos e pensamos: “parece com Dan Brown”, “parece com Stephenie Meyer”, “parece com Danielle Steel”... De minha parte, gosto de ouvir que meus textos se parecem com Sergio Carmach.

Jornalismo na Alma-Qual a maior dificuldade que enfrentou para publicar seus livros? Como superou essa situação?
Sergio Carmach-Dificuldade? Nenhuma! Qualquer um publica seu livro hoje em dia, desde o servente que escreve seu romance nos horários de folga até o médico que quer divulgar sua tese acadêmica. E isso é um problema. Como as editoras pequenas abriram o mercado para deus e o mundo, a qualidade dos livros, claro, caiu. O Português precisa ter um milhão de vidas hoje em dia, pois ele é constantemente assassinado (das maneiras mais atrozes) nesses selos menores.

Jornalismo na Alma-Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram a obra?
Sergio Carmach-Muitas vezes surpreso. Jamais imaginei, por exemplo, que adolescentes pudessem gostar da história, mas diversos se declaram apaixonados por ela. No geral, acho que a receptividade vem sendo muito boa. De qualquer modo, gosto de conversar com os leitores para saber que pontos eles desgostaram, o que apreciaram mais... Assim, tenho indicativos de como tratar os próximos livros e, quem sabe, futuras revisões do Para Sempre Ana.

Jornalismo na Alma-Tem planos para 2012 no universo da literatura?
Sergio Carmach-Estou escrevendo um novo livro, mas o principal plano é promover o Para Sempre Ana. Também há uma ideia bem “doida” me martelando a cabeça, que estou estudando para ver se coloco em prática. Quando (e se) eu anunciá-la, vocês verão que é doida mesmo (algo de realização muito difícil, mas que estou obcecado em fazer). Vou precisar de coragem para me arriscar desse modo. E ao vivo!

Jornalismo na Alma-Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Sergio Carmach-Vou ficar devendo essa, pois há muitos bons que ainda não conheço. Acredita que nunca li nada dos Veríssimo?

Jornalismo na Alma-Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Sergio Carmach-Atualmente, Camus. Ele era um gênio! Sabia misturar literatura com filosofia como nenhum outro que já li.

Jornalismo na Alma-O que você acha do incentivo da arte e cultura no Brasil?
Sergio Carmach-Elitista, como quase tudo neste país. Ou seja, está ao alcance basicamente de uma classe privilegiada de artistas.

Jornalismo na Alma-Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Sergio Carmach-Hoje em dia, eu diria para não viajarem na maionese. A realidade, em geral, não é como imaginamos ou gostaríamos que fosse. Se você planeja sua vida literária sabendo como as coisas realmente funcionam, tem muito mais chances de se dar bem. E muito menos chances de se frustrar, seja porque não sonhará com o impossível, seja porque sua trajetória será traçada com mais eficiência.

Jornalismo na Alma-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
 Sergio Carmach-
Uma pessoa: Luzia, é claro!  Basta ver as palavras em homenagem a ela no livro.

Um desejo: morrer sem padecer.

Um livro: O Morro dos Ventos Uivantes.

Uma música: “UMA” música??? Mas que maldade!! (Risos). Eu adoro um monte de músicas, nos mais variados estilos. Tenho centenas de CDs. Bem... Vou dizer uma que anda me encantando muito hoje em dia: “The Same Old Sad Tale”, do Blue Mammoth. Bonita, dramática e bem construída. Ouçam por aí e digam se não tenho razão... Posso dizer minhas bandas preferidas? Dizendo (Risos): Pink Floyd, Uriah Heep, Deep Purple e Iron Maiden.

Uma comida: japonesa/chinesa. Mas boto qualquer coisa para dentro, de bucho a caviar.

Uma bebida: iogurte de graviola.

Uma frase: “Hasta la vista, baby!” (excelente para diversas ocasiões). Também adoro esta que está no meu livro: “mais credibilidade tem um culpado de índole especiosa que um inocente mal-afamado.”

Animal de estimação: o Punk, que vi pela última vez em 1985.

Filhos: tenho 3, mas a mãe me afastou deles.

Dinheiro: a gente faz o possível para conseguir.

Felicidade: a gente faz o impossível para conseguir.

Fama: o diálogo entre Irineu e Carlos no capítulo 5 de Para Sempre Ana dá uma boa noção do que acho a respeito. Leiam! (Risos)

Religião: não tenho. Eu me classifico como um livre-pensador agnóstico-deísta. E cada termo dessa definição é bem profundo.

Blogueiros: células de um incrível Golias virtual. De vez em quando aparece uma cancerosa, mas é raro acontecer.

Falsidade: mais chato que isso só mesmo desonestidade, futebol e BBB.


(Sergio Carmach)

Contato

33 comentários:

  1. Gostei das respostas dele, eu escrevo também, meu shesus do céu, é muito dificil quando você começa a escrever e deixa de lado para voltar a reescrever de novo..
    Vou procurar ler esse livro.

    http://jennywestwick.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. esse escritor parece ser bom rs (:

    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Bah, gostei muito da entrevista desse autor, não o conhecia, achei bem autêntico e sincero, e amei a ultima declaração dele: "Falsidade: mais chato que isso só mesmo desonestidade, futebol e BBB." haah' Super concordo!

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  4. Entrevista super bacana...
    Adorei =]
    A rapidinha foi bem interessante...

    Beijos,
    #Resenha falada.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista ^^
    O livro deve ser muito bom!!

    http://diariociumento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, adorei a entrevista (:
    E não conhecia esse autor/livro.
    ...
    Ah, antes que eu me esqueça o seu prêmio já foi para o correio, já já ta chegando aí (:

    >> Promoção da Semana: Promoção Dupla (Blog + FB) - [http://migre.me/8q0w2] e Concurso Literário [http://migre.me/8wpyh]

    Abraços,
    Marinah Gattuso
    Contato: marinahbarcelos@hotmail.com
    Blog: marinahgattuso.blogspot.com
    Twitter: @blogmarinah_g
    Skoob: http://migre.me/8eOdZ

    ResponderExcluir
  7. Adorei a entrevista.

    http://makesdajojo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. é,realmente é bem interessante a história, acabei de ler a resenha do post antigo, tenho vontade de lê mais esse hehe, gostei da entrevista, e ele tem razão quando diz que nós leitores encontramos livros bem parecidos, abordando o mesmo tema... beijos Paloma
    http://blogdaingridzinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Tudo bom?
    Adorei seu blog ^^ Já estou seguindo...
    Muito legal a entrevista... ^^
    Já tinha ouvido falar neste livro... Parace ser muito bom... ^^

    Deixo o convite para visitar meu blog que está no comecinho ainda, mas que foi feito com muito carinho. ^^
    Beijinhos...
    Oceano Literário – http://www.oceanoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a entrevista com o Sérgio. Estou ansiosa pelo sorteio, mas se não ganhar o Para Sempre Ana vou comprar e ler. Beijos
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Boa noite,

    Parabéns pela entrevista! As perguntas ficaram bem elaboradas e as respostas muito originais. Não conhecia esse autor, mas ele me parece ser ótimo no que faz e tem algumas opiniões parecidas com as minhas.
    Como autora brasileira não poderia deixar de agradecer pelo espaço reservado a divulgação de nossa literatura.
    Sucesso!!!

    http://imaginemia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Achei uma ótima entrevista, não conhecia esse altor, mas pela entrevista eu amei, achei ele muito simpático e isso é o que importa. Linda essa entrevista, parabéns.

    Beijos; @Raah_Castroo
    www.vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. muito bonitinha a entrevista!! rss ultraman e ótimas músicas rss ele tem bom gosto ;)

    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pela entrevista, o Sérgio é uma simpatia, alem de um excelente escritor. Ja li o livro dele e adorei.beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá! Li "Para Sempre Ana" ano passado e confesso que adorei. Diferente de tudo que já tinha lido, tive várias sensações ao lê-lo, fui desde o ódio, ao riso, à surpresa em questão de capítulos!
    A entrevista do Sergio foi primorosa, só mostra o brilhante escritor que ele é. Quero muito ler outras obras publicadas por ele ^^

    ResponderExcluir
  16. Oie...nossa to seguindo a corrente que achei interessantíssima quando recebi...rsrs.
    Oi Paloma, não conhecia seu blog..\o/...mas agora ja estou aqui...rsr...adorei as perguntas que realizou e claro as respostas do Sérgio, carregadas de humor e simpatia. Parabéns a você que fez a entrevista e ao autor por suas respostas que nos mostram muito dele. E concordo a qualidade dos livros brasileiros caiu devido as portas abertas a todos e o desleixo das editoras menores com as obras que publica. E realmente tantos nos livros lançados como em todo mundo virtual assassinamos o português...eu tento não fazer isso, mas as vezes faço.

    Ai queria comentar todas as resposta, mas ai iria ficar longo demais...rsrs....só quero finalizar dizendo que li o livro e adorei, espero reler assim que possível e recomendo a todos. Sucesso tanto para o blog, como para o autor.

    Beijokas elis
    Me visita: http://amagiareal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Minha nossa, ri horrores!
    Eu já li o livro dele e adorei tudo, acho que os adolescentes de hoje tem muita capacidade de entender romances profundos.
    E concordo, é uma grande sacanagem pedir para que escolham uma música!!

    Amei a entrevista, e agr fiquei curiosa pelo próximo livro de Segio!!!

    Beijos,
    N!

    www.nathlambert.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Mais uma ótima entrevista! Adoro essa sessão do blog.
    Um ótimo dia para você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Amei a entrevista!
    beijokas...
    http://fomesedeevontadedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Adorei a entrevista (:
    É muito legal essas oportunidades que você da para os escritores ^^

    Beijos
    www.diariodelooks.com
    @diariodelooks

    ResponderExcluir
  21. Ei Pam!

    HAHAHA, adorei a entrevista! Nossa, o Sérgio é bastante simpático. Adorei a parte que ele diz: "Dinheiro: a gente faz o possível para conseguir.
    Felicidade: a gente faz o impossível para conseguir." (:

    Bjoos'
    Lets
    http://leiauch.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Como sempre o Carmach dando um show de inteligencia e simpatia em uma entrevista!

    Gostei demais do livro Para Sempre Ana e gosto muito dele e da Luzia. São pessoas maravilhosas que tive a oportunidade de conhecer pela blogosfera!

    Bjinhus e Parabéns pelo blog! Está lindo!!!

    Aliás, estou seguindo! =)

    ResponderExcluir
  23. Paloma :)
    Excelente entrevista :)
    Eu li "Para Sempre Ana" e virei fã do Sergio >.<

    Sempre quis escrever um livro mas como ele mesmo disse,hoje em dia qualquer um lança um livro...o que tira a credibilidade sabe?

    Beijos e cuide-se
    _________________
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  24. Oi Paloma!
    Adorei a entrevista!
    Para Sempre Ana foi um dos dois melhores livros que li esse ano, até o momento, e um dos melhores livros que já li! Amei demais e, por isso, fiquei extremamente curiosa e animada ao ver o Sergio falar que outro livro está a caminho!
    Aliás, gostei muito da maneira de como você conduziu a entrevista, as perguntas foram interessantes e originaram respostas bem interessantes!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  25. Gosto muito do Sergio e da Luzia. Fiquei super feliz de ler esta entrevista. Como gostei muito de Para Sempre Ana, foi muito bom conhecer um pouco mais do processo de escrita do livro, e dos projetos do Sergio.

    Parabéns!

    Beijos.
    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  26. Bom gostei do livro só pelo nome, adorei a entrevista com o Sergio e claro estou no aguardo para o sorteio desse livro!

    www.modasdacarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. É um livro que eu ia gostar de ler! Gostei muito da entrevista :) Quero ganhar! rsrsrsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Parabéns Sérgio! Muito legal a entrevista.

    Abraço.

    http://diogo-pimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. ótima entrevista, parabéns pelo livro , parece ótimo!! ;D http://dezahoffmannmoda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Paloma e Sergio adorei tanto as perguntas quanto as respostas. Adorei as perguntas por serem super criativas e as respostas pela objetividade e até os arrodeios se tornaram bem humoristcos: Parabéns!

    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com.br/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi Paloma! Muito boa a entrevista! Dá para conhecer um pouco mais do autor, e o leitor sempre deseja isso.
    Para Sempre Ana é um livro maravilhoso, um dos meus favoritos! A escrita do Sergio é deliciosa, e a trama é muito envolvente.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  32. Oi,
    gostei das respostas dele. Eu estou pra ler esse livro, acabei de receber a resposta do autor me enviando o livro em pdf *-*

    Bjs, gamei no fallen alí na sua foto, me love fallen :3

    http://darkening.freetzi.com/

    ResponderExcluir
  33. Entrevista MARA! Sérgio sempre mto sincero e inteligentíssimo!!
    Eu já li Para Sempre ANa e, realmente, é diferente de td o que há por aí, nada de trio amoroso (simples, diga-se de passagem) com mocinha sem graça, ou teoria da conspiração, essas coisas rsrs Sérgio, vc tem uma escrita propria, singular, pode fica bem tranquilo hehehe.

    Bom, agora fiquei ansiosa pra saber do que se trata o proximo livro, conta alguma coisinha!!! *-* rsrs

    Beijocas!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.