Entrevista com escritor Ledinilson Ribeiro Moreira

Olá meus leitores! Estou trazendo para vocês entrevista com o escritor Ledinilson Ribeiro Moreira, autor do livro Portais escrito durante oito meses e lançado pela editora Dracaena, parceira do Jornalismo na Alma. Vamos conferir a entrevista?


Jornalismo na Alma-Se pudesse descrever ser escritor com apenas uma palavra, qual seria?
Ledinilson Ribeiro Moreira- Mágico.

Jornalismo na Alma- Como surgiu o desejo de lançar um livro?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Acredito que lançar um livro ou fazer qualquer outra coisa, nasce devagarinho, é um processo de construção, cada passo transforma sua vontade e vai moldando até onde pode chegar. Quando comecei a escrever de maneira mais séria e continua, percebi que gostava do que estava fazendo e passei a escrever posts para meu blog de gestão estratégia de negócios, de forma diária e assim uma coisa levou a outra. Quando menos percebi já tinha um história na cabeça que faltava passar para o computador, assim nasceu Portais. Uma vez com o material escrito, revisado mil vezes e lido por algumas pessoas escolhidas a dedo, o desejo de realizar a publicação foi avassalador, enquanto você não lança você não fica tranquilo, é como uma obrigação que fica martelando sua cabeça, acho que é natural este desejo nos autores.


Jornalismo na Alma-Portais é sua primeira obra publicada? Se não, quais outras já publicou?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Portais foi meu segundo livro escrito e sim, o primeiro a ser publicado.
Em outubro (2012), também pela editora Dracaena, sai a publicação do meu segundo livro, ainda não é a continuação dos Portais e sim um romance, chama-se Recomeço.

Também estou negociando com a Dracaena lançar ainda este ano meu primeiro livro escrito, que é na área de gestão estratégica de negócios, chama-se Desvendando o Cubo Mágico – 54 posts para o caminho do seu sucesso



Jornalismo na Alma- Como você configurou os personagens do livro?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Gosto de histórias com muitos personagens, por isso tinha o desafio de colocar no livro várias personagens. Acredito que baseei um pouco na minha própria adolescência, sempre tive grandes amigos inseparáveis, joguei basquete na escola e fui a muitas festas. Desta forma foi juntar o que eu queria descrever na história e moldar os personagens, alguns lembrando de uma certa forma meus amigos, outros simplesmente preenchendo as lacunas do enredo.
Jornalismo na Alma-Como surgiu a escolha do nome do livro?
Ledinilson Ribeiro Moreira-O nome foi a parte fácil, antes de começar a escrever já sabia que o melhor titulo seria Portais, pois o livro fala de uma busca que dará a possibilidade de viagens a outros planetas ou dimensões, ou seja os Portais.

Jornalismo na Alma- Se pudesse ser um personagem do seu livro, qual seria? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Está pergunta é difícil, adoro meus personagens, acho que todos tem um pouquinho da minha personalidade, mas para não ficar me cima do muro, acho que gostaria de ser o Rafael. Ele é brincalhão, tem um senso de humor inteligente, está sempre disposto a salvar os amigos, é um “cara” do bem.

Jornalismo na Alma-O que faria para evitar o fim do mundo?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Infelizmente não temos super poderes para evitar o fim do mundo. Mas acredito que se cada pessoa fizer um pequeno gesto por dia, evitaremos o fim do mundo. O verdadeiro poder está nas mãos das pessoas espalhadas pelo planeta. Infelizmente muitos esquecem que este é o único lugar que conhecemos para viver e se ele acabar também acabaremos, por isso devemos fazer qualquer coisa para manter o mundo existindo.
Jornalismo na Alma-Se tivesse a oportunidade de ir para outra dimensão, qual livro levaria com você? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-A Bíblia. Não sou um leitor constante da Bíblia, mas acredito que excelentes ensinamentos podem ser absorvidos dos seus textos.

Jornalismo na Alma-Qual a maior dificuldade que enfrentou para publicar seu livro? Como superou essa situação?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Sem duvida a maior dificuldade é a distribuição do livro, é complicado um autor iniciante, vender livros. Para superar está dificuldade? Muito trabalho, não ter vergonha de oferecer sua obra, ir atrás de escolas, livrarias, empresas, ou seja, nunca desistir, o caminho é árduo, mas a recompensa é grandiosa, pois quando alguém que leu seu livro e fala que gostou, o autor esquece tudo de ruim e torna-se uma pessoa muito realizada.


Jornalismo na Alma- 
Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram a obra?

Ledinilson Ribeiro Moreira-Sem duvida está é a melhor parte, é o que dá força para continuar. É tão empolgante quando um leitor comenta seu livro, fala que está apaixonado por algum personagem e que a história é excitante e que não dá vontade de parar de ler.
É muito bom.

Jornalismo na Alma-Sobre qual tema escreveria um outro livro? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Romance.Eu gosto que as pessoas se sintam encantadas, que fiquem felizes lendo meus livros. Um bom romance inspira pessoas, estimulam a busca da felicidade. Se conseguir passar algumas destas sensações, já estou realizado.

Jornalismo na Alma- Você prefere ler impresso ou e-book? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Impresso.Tenho Ipad e não desgrudo do meu computador, mas ter o papel (livro) nas mãos e poder sentar em um banco ao ar livre e folheá-lo ainda é mais prazeroso que ler em um tablet ou computador.

Jornalismo na Alma-Qual a importância da leitura na vida de uma pessoa?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Atualmente visito escolas fazendo uma palestra com o seguinte titulo “A importância da leitura” .Ler é sem duvida ser uma pessoa melhor, ser um profissional melhor. Quem tem o habito da leitura é capaz de viajar nas linhas dos textos e quando necessário utilizar todo conhecimento adquirido em sua vida pessoal ou profissional.
Derek Bok, um antigo reitor da Universidade de Harvard disse: “Se você acha a educação cara, experimente a ignorância”. Está frase está completamente ligada a importância da leitura, do conhecimento, com a educação de cada pessoa.

Jornalismo na Alma-Se pudesse estar frente a frente com um autor especial para você, qual seria? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Está é difícil, pois não tenho um autor especial, posso citar alguns que considero importantes no mercado literário, pois suas histórias são empolgantes e fazem com que possamos viajar aos seus mundos. Conversar com este pessoal seria gratificante, pois gostaria de entender como escrevem de forma mais técnica, como explorar melhor o mercado e principalmente qual a relação deles com as editoras e leitores.
Rafael Draccon, Michael Grant, Ernest Cline, Robert Muchamore e Eduardo Spohr

Jornalismo na Alma-
Atualmente qual seu livro de cabeceira? O que está achando dele?

Ledinilson Ribeiro Moreira-Estou lendo pela segunda vez O jogador de Ernest Cline.
Simplesmente sensacional, o livro fala sobre um futuro próximo onde que o mundo passou por uma grande transformação, mas a história é desenvolvida praticamente o tempo todo nos anos 80. É uma narrativa que nos leva a pensar como vivemos nossas vidas.

Jornalismo na Alma- Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Não tenho um autor preferido, gosto de vários, mas posso citar um que me chamou muita atenção pela forma de escrever suas tramas. Michael Grant, autor da série Gone

Jornalismo na Alma-O que você acha do incentivo da arte e cultura no Brasil?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Honestamente, acho que não existe incentivo ou uma política para arte e cultura no Brasil.

Jornalismo na Alma- Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Ledinilson Ribeiro Moreira-Simples: Escreva muito, leia o dobro que escreve e acredite no seu sonho. O caminho não é fácil, mas vale a pena.

Jornalismo na Alma-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Ledinilson Ribeiro Moreira- Uma pessoa: Não consigo citar uma pessoa e sim duas: meu pai e minha mãe.

Um desejo:
Sempre Ser feliz e fazer as pessoas felizes

Um livro:
São muitos, mas Dragões de Éter do Rafael Draccon é acima da média

Uma música:
All Star – Nando Reis

Uma comida:
Frango com quiabo feito pelo meu pai, sensacional.

Uma bebida:
Cerveja

Uma frase: “Se você acha a educação cara, experimente a ignorância”

Animal de estimação:
Cachorro

Filhos: Futuro

Dinheiro:Necessário

Felicidade:Uma busca diária

Fama:Algo que passa

Religião:
Sou católico, mas o mais importante é acreditar em Deus, independente da religião.
Blogueiros: Fantásticos, acredito que todo mundo que navega na internet deveria ter um blog, pois é um espaço, mesmo que virtual, para divulgar ideias, inspirar pessoas, mostrar nossas preferências e trocar experiências.

Falsidade:
Triste
(Ledinilson Ribeiro Moreira)

18 comentários:

  1. Parabens, pela entrevista!
    Tem sorteio la no blog. Participa!

    Beijos, Jay.
    Insta e twitter: @jairlanyo
    http://jairlanyoliveira.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela entrevista ;))


    Beijos :*
    Natalia do blog Entre Livros e Livros
    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vi seu vídeo falando do livro, parece ser bom.. gostei da entrevista, vc sabe entrevista muuuito bem as pessoas! beijos amiga. Até

    ResponderExcluir
  4. Oi Paloma,
    Gostei bastante das respostas do autor, o livro parece ser muito interessante e o que mais Me interessou foi seu segundo livro que ainda será lançado, pois romances me atraem.
    Beijos,
    http://www.ceuliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Vc manda muito bem em entrevistas tb, parabéns Paloma
    Bjs
    Vivi
    http://www.viviass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. adorei a entrevista!
    concordo com ele, não desgrudo do pc/ipad, mas livro tem que ser de papel rs

    Beijos!
    Nathália • Fashion Jacket

    ResponderExcluir
  7. Nossa nunca pensei em descrever um escritor como mágico, mas pensando bem, fez todo o sentido pra mim, adorei essa descrição. Parabéns pela entrevista!
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
  8. legal a entrevista, nao conhecia ele nao.

    ResponderExcluir
  9. que fofa a entrevista
    amei estou super curiosa pra ler
    beijos tenha uma linda semana
    pinagirlscris.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Muito legal a entrevista,curti ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  11. Curti a entrevista e também achei interessante a frase de Derek Bok, um antigo reitor da Universidade de Harvard que Ledinilson citou: "Se você acha a educação cara, experimente a ignorância”. Super verdade!

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  12. Oiie Loma, tudo bem??

    Adorei a entrevista, hehe. Adoro conhecer melhor esses autores maravilhosos, fora o fato de que entrevistando-os estamos treinando para o futuro né?!
    hsuahsua,

    Beijos,
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Gostei bastante das resposta do autos. Eu ainda não o conhecia parabéns pela entrevista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Boa noite Paloma,

    Não conhecia o autor e gostei muito da entrevista...a Bíblia é tudo para nós....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Autor novo pra mim, gostei dele. Otima entrevista guria.

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia também. Legal a entrevista, tem coisas bem legais.

    ResponderExcluir
  17. Muito boa a entrevista..ele é bom hein...hehe!!

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pela entrevista, gostei da frase “Se você acha a educação cara, experimente a ignorância”, perfeita

    Sucesso ao autor

    bjos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.