Entrevista com escritora Danielle Medeiros de Souza

Olá meus leitores!O Jornalismo na Alma traz entrevista com a autora Danielle Medeiros de Souza, que escreveu o livro de poesias Dores e Amores. Abaixo vocês podem conferir um pouco mais sobre a escritora e também o livro.



Sobre o livro
O livro Dores e Amores reúne 42 poemas escritos entre 1998 e 2001. Poemas que falam sobre o amor e tudo o que ele desperta.

Ficha Técnica

Número de páginas: 83 

Edição: 1(2013) 
Formato: A5 148x210 
Coloração: Preto e branco 
Acabamento: Brochura c/ orelha 
Tipo de papel: Offset 75g



Entrevista


Jornalismo na Alma-Como surgiu o desejo de lançar um livro?
Danielle Medeiros-Comecei a escrever poemas aos 13 anos de idade, estimulada por um trabalho de Português na escola. A escola produziu um livro com os melhores poemas dos alunos, onde dois poemas meus foram selecionados, e fez uma manhã de autógrafos para o lançamento. A partir daí não parei mais de escrever, e logo pensei em lançar meu próprio livro. 

Jornalismo na Alma-Essa é sua primeira obra publicada?
Danielle Medeiros-Sim, é a primeira obra publicada, mas não pararei por aí, já tenho material para lançar o próximo livro.

Jornalismo na Alma-Quanto tempo levou para escrever Dores e amores?
Danielle Medeiros-Dores e Amores engloba os poemas que escrevi entre 1998 e 2001.

Jornalismo na Alma-Como surgiu a escolha do nome do livro?
Danielle Medeiros-Escolhi o nome do livro antes mesmo de termina-lo. Analisando o que escrevia, cheguei a conclusão de que os amores muitas vezes causavam dores. Daí surgiu o nome.

Jornalismo na Alma-Sobre qual tema escreveria um outro livro?
Danielle Medeiros- Atualmente estou escrevendo o esboço de um romance. Se eu gostar do resultado, tentarei publicá-lo futuramente.

Jornalismo na Alma-Qual a maior dificuldade que enfrentou para publicar seu livro? Como superou essa situação?
Danielle Medeiros-Percebi que parte do mercado editorial não acredita no gênero da Poesia, pois muitas editoras não trabalham com o gênero. Também sinto que é difícil um autor nacional desconhecido entrar no mercado. Acredito que as editoras não queiram correr riscos com o desconhecido, preferindo apostar em autores já conhecidos e temas de fácil aceitação.Conheci o Clube de Autores, que dá total liberdade para o autor publicar sua obra, e presta um serviço muito bom. Foi então que consegui publicar o meu livro e realizar meu sonho.

Jornalismo na Alma-Quem confeccionou a capa do seu livro?
Danielle Medeiros- Fiz a capa sozinha, mesmo não sendo expert no assunto. A ideia principal da capa, que a princípio era uma rosa vermelha, eu já tinha antes mesmo de terminar de escrever o livro, assim como o nome. Então apenas acrescentei a rosa negra e os outros detalhes da capa. 

Jornalismo na Alma-Como busca inspiração para escrever?
Danielle Medeiros- A inspiração vem de coisas que senti e vivi, mas também de coisas que vi e ouvi, e também de situações que aconteciam apenas na imaginação. Amores não correspondidos, momentos de felicidade e de tristeza, momentos de reflexão, entre outras coisas.

Jornalismo na Alma-Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram a obra?
Danielle Medeiros- Fico muito feliz em saber que as pessoas gostam e se identificam com algum poema. Uma das pessoas que leu o livro disse que antes não se identificava muito com o gênero, e após ler o livro passou a ver os poemas com outros olhos. É isso que faz valer a pena. 

Jornalismo na Alma-Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Danielle Medeiros-Machado de Assis. A forma que ele escreve me fascina! Natural, meio sarcástico e crítico, deixa sempre algo mais no ar.

Jornalismo na Alma-Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Danielle Medeiros-Fernando Pessoa. Os poemas melancólicos  dele me encantam. Fernando Pessoa foi quem me inspirou a escrever. É meu autor preferido.

Jornalismo na Alma-Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Danielle Medeiros-Abra sua mente e coloque no papel tudo o que sente, sem medo e sem vergonha. Registre sua obra, procure descobrir em sites e livrarias quais as editoras confiáveis e entre em contato com elas. Nunca desista de seus sonhos!

Jornalismo na Alma-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Danielle Medeiros-
Uma pessoa: Preciso dizer duas: meu pai e minha mãe.
Um desejo: Ter mais tempo para ler e escrever.
Um livro: Poemas escolhidos, de Fernando Pessoa.

Uma música: That’s what she said, do Backstreet Boys.
Uma comida: Lasanha.
Uma bebida: Coca-Cola.
Uma frase: O poeta é um fingidor. (Retirada de Autopsicografia, de Fernando Pessoa).
Animal de estimação: Cachorro. Amo!
Filhos: Não tenho.
Dinheiro: Proporciona momentos alegres.
Felicidade: É estar perto de quem amamos.
Fama: Pode ser alcançada, mas não deve ser perseguida.
Religião: Não tenho uma específica. 
Blogueiros: São pessoas que buscam dividir com outras pessoas o que sabem e gostam de ajudar.
Falsidade: Infelizmente existe muita. É a arma dos infelizes.
Sobre a autora


Daniele Medeiros de Souza, nascida em 1985 no Rio de Janeiro/RJ, descobriu o universo da poesia em 1998, ao fazer um trabalho de Português no Ensino Fundamental. Tornou-se grande admiradora de Fernando Pessoa.
Descobriu o prazer de escrever seus próprios poemas, e não parou mais de expressar seus sentimentos.
Ganhou dois concursos de poesia em escolas que estudou.Em 2013, lança seu livro de poemas Dores e Amores, que reúne 42 poemas escritos entre 1998 e 2001.

Contato








È autor ou tem um blog e quer ser entrevistado pelo Jornalismo na Alma? Basta enviar um mensagem pela página Contato através do formulário. 

22 comentários:

  1. Oi, Lominha. Oi, Daniele.

    Parabéns às duas pela entrevista. Escrever poesia no Brasil pode até ser fácil, publicar são outros quinhentos. Eu amo poesia! Aliás, muita gente gosta, só que o mercado editorial não ajuda. Enfim, desejo muita sorte com o livro e com o esboço do romance. Romances dão muito trabalho - sei disso porque sou romancista, e perfeccionista, mas chega a hora que precisamos dizer "você vai ser publicado do jeito que está!" -, mas valem a pena.

    Ah, Lominha, não sei se você viu. Estou promovendo um concurso cultural em meu blog. O participante deve ler oito capítulos de um romance escrito por mim e resenhá-los. A melhor resenha ganhará um Kit do livro As Violetas de Março (Livro + Marcador + Bolsa para livro + Sementes de Violeta). Sei que você não tem interesse no livro, mas sua opinião me deixaria contente. ;)

    Link do Concurso

    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Nossa deve ser uma emoção incrível publicar seu primeiro livro né?
    Bjus!

    // Senhor do Século //

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora nem o trabalho dela, mas fiquei super curiosa para ler o livro :DD

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, caso você já tenha feito a doação do livro pode ser só da criança sim. E caso faça outras, tire foto com elas e nos envie. Por enquanto, estamos esperando a foto da sua criança contemplada.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelo carinho Paloma.
    Adorei a entrevista!

    Beijo enorme,

    Danielle Medeiros de Souza.

    ResponderExcluir
  6. Que entrevista legal. Adorei as repostas dela, e tenho muita curiosidade para ler o livro dela, por ser cheio de poemas. Deve ser Ótimo. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amei a entrevista, realmente livros de poesias saíram muito do foco das pessoas e acaba que o mercado é difícil, que capa linda essa.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Que fofa!Ai vemos como uma escola que estimula pode fazer grandes coisas, ganhamos uma escritora graças a iniciativa da escola dela.^^

    ResponderExcluir
  9. Paloma, adorei a entrevista ping pong :D
    Foi muito bom conhecer mais a autora, tanto em termos pessoais como profissionais. É uma pena que eu não tenha o costume de ler poemas, mas alguns são realmente fascinantes... merecem uma atenção toda especial. :) Sucesso a Daniele como escritora... um futuro próspero a ela.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Paloma.
    Que entrevista bacana.
    Adorei saber que a própria autora fez a capa do livro.
    Nunca pensei em ser escritora, mas gostei das dicas dela, apesar de achar que deve ser super difícil colocar tudo no papel.
    Danielle Medeiros já te adoro....você ama cachorros e eu também rsrsrsrs.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. Admirei muito a vontade dela de lançar o próprio livro, com certeza. Tem tantos autores legais e nacionais que as editoras não investem. Infelizmente, eles dão muita chance pra internacionais e não os do nosso próprio pais.
    Beijos
    http://elasdisseram.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Paloma!

    Bela entrevista! Aliás, como sempre...
    Um ótimo final de semana!

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  13. Adorei a entrevista! :)
    Muita boa sorte pra ela nessa nova obra que pretende lançar! :)

    Beijos
    macaaverdee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia a autora e nem o livro... Gosto bastante de poesia, pena que tenha mesmo pouco espaço nas editoras.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  15. Adorei a entrevista, não conhecia ela ^^
    Super simpática.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gostei da entrevista e o livro me parece ser o tipo que meu pai iria adorar =) Não conhecia a escritora.

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  17. Oi Loma
    Adorei a entrevista e qdo ela diz é difícil um autor nacional desconhecido entrar no mercado , ficamos tristes em ver como as editoras não investem em novos autores, já pensam em $$$$ triste como tudo no Brasil ( Bruna surfistinha, Geisy Arruda esses lixos as vezes eles abrem, espaço, lamentável)...o mais engraçado se a pessoa é desconhecida aí sim eles deveriam dar chances deles e tornarem conhecidos, se quiserem eles fazem é só investir em um bom marketing. Deveriam lançar campanhas , concursos, incentivar as pessoas, mas é ruim de fazerem isso.
    Ainda bem que existe o Clube de Autores e outros q fazem os sonhos de muitos se tornarem reais...quem sabe um dia uma dessas grandes editoras descobrem esses tesouros.
    E no mais o mais importante é isso mesmo que ela disse, nunca deixar de desistir de seus sonhos! kkk chega, fui amiga , bjs

    ResponderExcluir
  18. Adorei conhecer melhor a autora111

    Sucesso para ela!

    Beijos

    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Obrigado pelo carinho pessoal!

    Beijos,

    Danielle Medeiros de Souza.

    ResponderExcluir
  20. Olá Danielle adorei a entrevista, está de parabéns!

    Bjus.
    José Agenor
    Blog: http://www.blogdojoseagenor.com.br/
    Fan page: https://www.facebook.com/BlogdoJoseAgenor

    ResponderExcluir
  21. “A VITÓRIA PERTENCE AO MAIS PERSEVERANTE..
    “O SUCESSO É A SOMA DE PEQUENOS ESFORÇOS”...

    Parabenizo e homenageio por meio deste a ESCRITORA DANIELLE MEDEIROS DE SOUZA e toda a equipe pelo lançamento do livro “DORES DE AMORES”. Parabéns pelo EXCELENTE TRABALHO, DETERMINAÇÃO E PROFISSIONALISMO, realizado neste belíssimo trabalho e um brinde pelo SUCESSO! O potencial de trabalho de vocês é de grande valor para a comunicação brasileira. Recebam esta singela homenagem com meus sinceros votos de muitas realizações e planos futuros. Desejo nestas poucas palavras votos de muita SABEDORIA, CONHECIMENTO, ENTENDIMENTO e principalmente DISCERNIMENTO em todos os seus caminhos. Acabei de depositar na conta de vocês a importância de muitos DIAS, SEMANAS, MESES E ANOS DE FELICIDADE E PROSPERIDADE, SAÚDE, PAZ, AMOR e que Deus estenda às mãos sobre vocês e toda sua família e acrescente 100 por cento de juros em cima de tudo isso.

    “A MAIOR RECOMPENSA PELO TRABALHO NÃO É O QUE A PESSOA GANHA, MAS O QUE ELA TORNA- SE ATRAVÉS DELE.”

    DESEJO SUCESSO!


    PAULINHO Solução
    www.paulinhosolucao.blogspot.com
    paulinhosolucao@gmail.com
    pssolucao@hotmail.com
    Salto/SP

    ResponderExcluir
  22. Hola,na verdad o que vale é contextualizar a nuestra concepción,mesmo que para muchos parece loucura,mas lo importante es extravasar la nuestra vontade del servir,entonces parabién.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.