Resenha-Corações Feridos- Louisa Reid

Corações Feridos- Louisa Reid
Olá docinhos! Venho trazendo para vocês resenha do Livro Corações Feridos da autora Louisa Reid. O livro foi enviado pela editora parceira do Jornalismo na Alma, Novo Conceito.Espero que gostem bastante da resenha.


FICHA TÉCNICA
Autores: LOUISA REID
Título: Corações Feridos
ISBN: 9788581630441
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2013
Edição: 1
Número de páginas: 256
Formato/Acabamento: 16x23x1,6
Peso: 0.38 kg
Preço Sugerido: R$ 29.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: DRAMA
Book trailer: AQUI.

NOTAS
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: 10
Nota geral: 100 (Muito bom) Favoritei! 


Será que vão cicatrizar?
Por Paloma Viricio
Visão Geral
As histórias que tenho escondidas dentro de mim; se você pudesse abrir-me, leria a verdade. Olhe para dentro, retire a pele, a carne e os ossos e encontrará uma biblioteca de sofrimentos”p.12. E você o que faria se vivesse mergulhado em um mar de sofrimentos, sufocando-se cada dia mais sem nenhuma perspectiva de salvamento? E o que faria se visse sua vida esvaindo dentro de sua própria casa?

Roderick Kinsman e Maria Detherby são servos de 'Deus', comandam uma igreja e vivem ao lado desta na chamada Casa Paroquial. Os dois são pais das gêmeas de 16 anos Hephzibah e Rebecca. Uma é elegante, bonita e a outra é rotulada como feia e estranha porque tem o rosto deformado pela síndrome de Treacher Collins. “Até onde ele sabia, educar uma menina como eu era uma desperdício de esforço, e ele só continuara a fazê-lo pelas aparências. Agora que fora provado que eu era uma retardada, ele podia me tirar da escola e arranjar alguma coisa útil para eu fazer.Havia muito trabalho a ser feito na casa paroquial”p.52. Entretanto as duas convivem de forma normal, como duas irmãs tradicionais. Elas têm suas brigas, acertos, são amigas e outras vezes irritantes uma para outra, mas mesmo as desavenças não irão permitir que o amor que sentem se apague. Juntos eles formam uma família aparentemente normal... apenas aparentemente. Os pais fazem a vida das duas um inferno sem tamanhos, Rebecca e Hephzi sofrem todo tipo de opressão que pode-se imaginar. Elas não têm amigos, nunca frequentaram uma escola, vivem longe dos parentes, usam roupas que adquirem escondidas das sacolas de caridade da igreja, alimentam-se com comidas horrorosas, não tem acesso ao computador e muito menos televisão. Elas vivem no mundo fechado, sombrio, repleto de ódio, construído pelos pais que apenas deveriam amá-las. 
A semana foi se desbotando, cinza, preta e marrom. O céu fora da janela era de concreto, tão duro quanto o desgosto. Gostaria de saber para onde fora o verão; talvez o sol tivesse morrido também. Meu quarto começou a feder depois de apenas alguns dias. Dores de cabeça chegavam, entravam e saíam do meu sono. Às vezes de dia, às vezes de noite, e, quanto mais tempo eu ficava com pouca comida e água, mais ficava claro que não conseguiria escapar pela janela”p.162. Corações feridos é um livro forte, que esbarra na realidade de muitas crianças, adolescentes que tem suas vidas destruídas por maus tratos ou atos inconsequentes dos próprios pais. É um livro de ficção, repleto de diálogos inteligentes que mostra uma realidade crua, sofrida. A descrição da autora é  muito boa. Louisa Reid conseguiu montar uma trama impressionante que irá tirar o fôlego do leitor diversas vezes com trechos surpreendentes, que vão chocar, abalar e comover. É um livro que trata sobre temas fortes e um deles é o preconceito, que ainda no século XXI permanece tão forte em praticamente todos os lugares do mundo. É impressionante como a maioria dos seres humanos não sabe respeitar as diferenças aleias e continua julgando, apontando e excluindo pessoas que podem viver de forma normal como outro ser sem nenhuma deficiência. Um livro que irá te fazer chorar em diversos momentos, refletir, abalar seus ânimos das piores formas imagináveis, mas que também irá te encher de felicidade quando mostrar que todos podem trilhar o caminho da esperança e superação. “Eu queria ser uma versão melhor de mim, uma com todas as feridas cicatrizadas. Mas isso não acontece na vida real. Na vida real não há ressurreição, ainda que você a deseje todas as noites”p.205.
De acordo com matéria publicada no site da ONU, dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que aproximadamente 150 milhões de meninas e 73 milhões de meninos até 18 anos sofreram algum tipo de violência e exploração sexual. Esses danos deixam milhares de Corações Feridos por todo o mundo, como os de Hephzi e Rebecca. É por isso, que a UNICEF lançou em julho deste ano (2013) campanha para acabar com a violência “invisível” contra crianças e adolescentes. O objetivo principal da ação é fazer com que aconteçam por todo mundo, mas movimentos em prol do fim desse tipo de violência, unindo pessoas, governos e legisladores em ações eficientes de âmbito local, nacional e global.

Design e diagramação
A capa do livro é doce e ao mesmo tempo sombria e passa através da imagem a mesma sensação que temos quando conhecemos a trama retratada em Corações Feridos. No início de cada capítulo temos uma singela imagem de ramos de árvore. O livro é narrado em primeira pessoa, ora por Rebecca no tempo presente, ora por Hephzi no tempo passado. As folhas são em material pólen e as letras e espaçamentos são agradáveis á visão.

Sobre a autora
Louisa Reid
Louisa Reid formou-se em Inglês pela Hertford College, em Oxford. Além de escritora, é também professora em Cambridge. Casada, e com duas filhas, ainda assim costuma acordar e dormir pensando em livros. Fonte: Editora Novo Conceito.

Licença Creative Commons
O trabalho Será que vão cicatrizar? de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

24 comentários:

  1. Quanto mais leio resenhas desse livro, mas tenho vontade de ir atrás dele e mergulhar na leitura!!! Simples assim!!!

    ResponderExcluir
  2. Ah, sua resenha me fez pensar que vez ou outra, ou vez em sempre, tem coisas que fazem a gente sentir como se experimentasse uma morte em vida!!!! Eu lamento muito por isso, lamento por todas nós que vivemos um eterno estado de fragilidade social, lamento por quem não consegue sobreviver a isso e lamento por quem consegue, mas nunca se livra das marcas pelo corpo inteiro e na alma também!

    ResponderExcluir
  3. Parece ser triste e ao mesmo tempo muito bom! A relação das irmãs que vivem nesse mundo triste é bem interessante.
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não imaginava um livro tão cruel e realista quando vi a sinopse. Que abordagem interessante, gostei muito! Adorei a resenha também!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  5. Paloma, seu blog tá muito lindo *-----*
    Não podia deixar de comentar porque estou quase me comendo os dedos para ler esse livro e ele estava no carrinho de compras, mas tive que trocar por outro ;-;
    Ainda sim , pretendo ler ainda esse ano já que a história realmente me chamou atenção e estou apaixonada pela sinopse e a capa.
    Sua resenha ficou linda e me deu mais vontade de ler >_<
    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Hhmmmm interessante o livro.
    Gostei do uso do Criative Commons, tem muita gente sem noção por ai.

    http://cheiadepapo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oie Paloma
    Eu quero muito ler esse livro.
    Parece ser uma história triste e comovente, e o que essas irmãs passaram é
    muito triste.
    Parabéns pela resenha

    Jéssica - Leitora Sempre
    http://www.leitorasempre.com/

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de dramas, a história parece bem triste mesmo, curiosa pelo final! Ja quero ler *-*

    ResponderExcluir
  9. Parece um livro interessante, legal achar um livro que trate de temas fortes como estes. Gostei muito da resenha!

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi,

    adorei a resenha! Estou louca para ler esse livro, parece mesmo muito bom e estou precisando de uma leitura mais forte, tenho lido muitos romances bobinhos ultimamente... rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Vc sempre me deixa morrendo de curiosidades com as suas resenhas Paloma.
    Dessa vez não foi diferente!!! Fiquei com muita vontade de ler Corações feridos!!!
    Amei a resenha, tão triste saber que crianças e adolescentes sofrem violências todos os dias, tão triste saber que o futuro delas serão marcados por tudo isso... :(

    Beijão Paloma, ótimo restinho de semana para vc!

    Nanda Pezzi

    ResponderExcluir
  12. Oie Paloma
    nossa, esse livro parece ser bem emocionante, e triste.
    Não vejo a hora de ler.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  13. Caramba!! Parece ser um livro incrível e ao mesmo tempo pesado por conta do drama! Acho que é um daqueles livros que mexem muito com a gente! Gostei!

    Bjs, Mi

    ResponderExcluir
  14. Quando recebi esse lançamento eu fiquei bastante curiosa, mas, confesso que fiquei com um pé atrás. Não sei, parecia que algo não me agradaria, mas, após ler sua resenha fiquei decidida de que esta será uma das minhas próximas leituras. Se já não consegui desgrudar os olhos de sua resenha, imagina só do livro?! Gosto de livros com temas fortes, e aparentemente, este tem tudo pra entrar para minha lista de favoritos também. Ótima resenha!

    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Esse foi o livro que mais me interessou nos lançamentos do mês. Mas nem sabia que era tão forte assim. Agora me deu mais vontade ainda de ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Quero muito ler esse livro, só li resenhas positivas até agora. E muito bom saber sua nota dele, mais vontade ainda de ler. rs
    Adorei essa capa, sinistra e linda. <3
    bjs
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. parabéns pela resenha ficou ótima, também gostei bastante dos dados que vc colocou

    bjo

    pah - Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  18. Olá :)
    O livro parece ser bem interessante, lendo sua resenha. Há vários livros bons por aí que não são necessariamente os livros da "modinha"! Beijinhos

    www.my--bookshelf.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Paloma.

    Desde a primeira vez que vi este eu fiquei com vontade de ler. Eu não sei o que acontece comigo, pois gosto de livros sofridos, acho que é para ver que alguém sofre mais que eu, sei lá.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Paloma, gostei da resenha. Fiquei curioso para ler esse livro. A capa é bem sinistra e a sinopse, intrigante.
    O livro é relativamente pequeno, pensei que tivesse mais de 400 páginas. Dá para ler rapidinho.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Esse ta sendo um dos livros mais comentados do momento justamento por ser muito forte e pesado. Eu não me interessei muito na época da solicitação e acho que fiz bem. Não sou muito forte para esse tipo de drama, mas as pessoas estão falando bem. Que bom que você gostou. =D

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  22. Paloma!
    Realmente o livro é tão emocionante que chega a dar um frixilim...kkk
    Sua resenha como sempre muito boa, analisando os detalhes e trazendo o âmago da trama.
    Parabéns!
    Obrigada por visitar o blog, sua visita é sempre bem vinda!
    Desejo que seu final de semana seja carregadinho de alegrias, muita luz e paz no coração!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    " Agradeço tudo aquilo que está na minha vida até neste momento, incluindo até as dores. A nossa compreensão do universo ainda é muito pequena, para julgarmos o que quer que seja da nossa vida."

    ResponderExcluir
  23. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  24. Gente, que blog lindo... amei e já tô seguindo!!!

    Vim da Agenda dos blogs, pode retribuir e seguir meu cantinho também?
    http://valeriartesanato.blogspot.com

    Conheça também o Fan Page:
    facebook.com/floresefitas

    Bjoos!
    Nome de seguidora: Vanessa e Valéria

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.