Conjuguemos o verbo amar!



Hoje acordei com amor borbulhando nas veias. Hoje acordei amável. Hoje acordei assim, feliz, tranquila, com o coração leve em decorrência de uma alegria súbita e irracional, mas genuína. É que hoje acordei de bom humor, com uma vontade de sair rodopiando por aí, contente por um não sei o quê. Sei apenas que hoje estou sentindo o amor pulsando nas minhas veias e mais do que presente em todas as células do meu corpo. E acho que deveria ser sempre assim. Sempre amor. Porque a vida é mais curta do que uma minissaia. É por isso (e por outros motivos) que devemos espalhar amor por onde andamos. Plantar esperança no coração dos perdidos e dos intranquilos. Porque dias melhores de fato virão. Não é apenas um modo de nos iludir com a possibilidade de um futuro melhor, mais florido. Não. Dias melhores sempre' hão de vir', basta que estejamos sensíveis e alertas o suficiente pra notá-los e desfrutá-los.

Difundamos o amor por todos os cantos do mundo. Ajamos com amor. Tentemos compreender antes de julgar quem quer que seja. Aliás, quem somos nós para julgar alguém? Ninguém está apto a julgar ninguém. Ninguém mesmo. Somos todos errantes, todos correndo em busca de algo que ainda não sabemos o que é. Somos pobres mortais tentando desvendar os mistérios dessa vida. Somos apenas pessoas tentando viver da melhor forma possível. Somos apenas pessoas. Não há ninguém superior a ninguém, seja por causa de cor da pele, de condição financeira, física e/ou religiosa. Ninguém é melhor do que ninguém. Quando as pessoas entenderão isso e passarão a agir com mais amor e menos empáfia?

Atentemos às nossas palavras. Não sejamos insinceros, absolutamente, mas pensemos sobre o que vamos falar, para quem vamos falar e como vamos falar. São atitudes simples, mas que fazem toda a diferença.
Pensemos, sobretudo. Não engulamos o que dizem ser a verdade. Pensemos, analisemos, critiquemos, cheguemos às nossas próprias conclusões. Não é difícil e é muito benéfico, porque uma das coisas mais tristes é se deixar cegar por conceitos pré-estabelecidos, por verdades criadas por terceiros, que nada mais são do que enganações, para prender os excessivamente crédulos na ignorância. 
Preguemos e pratiquemos o amor. O verbo amar clama por quem o conjugue de forma verdadeira e plena. O que estamos esperando? Amemos! Abramos os nossos corações e deixemos o amor tomar conta de cada parte do nosso corpo e da nossa alma. Deixemos o amor tomar conta das nossas ações. 
Deixemos o amor dominar o mundo!
Erica Ferro

*Publicado dia 10/02/2013,
no Sacudindo Palavras.


Erica Ferro: graduanda em Biblioteconomia, nadadora paralímpica e escritora amadora. Apaixonada pela Bibliotecomomia, amante das piscinas, viciada em livros e num negócio chamado escrever. Muito curiosa, quer sempre saber o quê, como e por quê de tudo (ou quase tudo). Adoradora da boa música. Fascinada por seriados de comédia (com uma boa dose de romance). Um ser em falta com a sétima arte, mas que pretende se redimir pelos próximos anos. Em síntese, Erica Ferro tem seus amores, passatempos e paixões. Mesmo porque a vida é apaixonante.
  

14 comentários:

  1. Lindo testo amore, parabéns pelas belas palavras :) <3
    Beijos minha linda! :)

    Criei um canal no Youtube! O primeiro vídeo já está no ar, se inscreve e compartilha se gostar <3

    Participa lá do blog clicando em "Participe do Blog" no menu superior, vou amar sua presença!

    www.makesemais.com


    ResponderExcluir
  2. Entrando no clima do texto... foi muito amor <3 hahaha Adorei!

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. adorei. ótima reflexão para essa sexta-feira. será que todos estamos realmente amando?


    Beijos
    Nathália - Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sem palavras, Erica!
    Super verdade tudo o que você escreveu, reflete bem o que eu sinto.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto! :DDD
    ADorei a parte: A vida é mais curta de quem ma minisaia KKKKK'
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  6. Vixi eu estou assim hoje ACORDEI de bem com tudo!!!!!!!! Principalmente com o AMOR......rsrsrsrs

    - Tem post novo no blog bora conferir ;)

    Beijoss *-*

    ==> Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto, e acordei exatamente desse jeito hoje: querendo amar a vida, as pessoas e tudo que elas possam nos oferecer. Não sei se é o tempo, se é pela sexta-feira, se é por um final de semana maravilhoso chegando, ou se é só por querer amar mesmo, e é uma sensação tão boa né!

    Beijos, Lu
    http://gimmeflowers.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olha que eu conheço esse texto... Eu ando com saudade de acordar assim conjugando o verbo amar... O amor tem me sido cansativo aos ombros e eu ando carente de leveza... Adorei reler você dona Erica, suavizou meus ombros por algum momento eterno como o bater de asas de uma borboleta!!!

    Pandora

    ResponderExcluir
  9. Que lindo seu texto, gostei muito. Adoro textos que falam do amor, apesar deste ser inexplicável.. creio que seja correto apenas amar, mesmo sem entender *-*

    ResponderExcluir
  10. Precisamos amar muitooooooo nessa vida. Adorei o texto da Érica.
    Xoxo.

    ResponderExcluir
  11. Que lindo o texto da Érica. Faz tanto tempo que não venho aqui no blog da minha xará que perdi muita coisa. Maravilhosas as postagens dos novos colunistas que estão de parabéns.
    beijos.

    ResponderExcluir
  12. Gostei bastante do texto. O amor quando verdadeiro pode mudar o ser humano.
    beijos e queijos.

    ResponderExcluir
  13. Lindo o texto da amiga Érica. Parabéns.
    beijocas.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.