Resenha- Se arrependimento matasse-Alma Cervantes


Parceria Jornalismo na Alma - Senhor das Noites
Vejam a apresentação do livro CLICANDO AQUI
Deveria ser um livro agradável...
 por Jadson L Ribeiro

Nos últimos dias eu tive o livro “Se arrependimento matasse”, de Alma Cervantes, como um companheiro noturno, um companheiro ao qual tive o prazer de conhecer durante uma estória arrepiante de suspense e terror. E apesar da capa do livro não ser lá essas coisas, eu esperava que a estória me surpreendesse. Bem, a trama escrita por Alma, me surpreendeu sim, porém no final, o que é de se esperar de um livro de suspense. Todavia, é preciso que o autor saiba levar essa trama causando a cada página uma vontade de prosseguir lendo e descobrindo. Alma Cervantes não conseguiu fazer isso.

Em “Se arrependimento matasse” é contada a estória de um grupo de amigos que vão se reunir num encontro, num hotel, onde acontece um assassinato no meio da noite, de uma forma muito estranha. O tempo péssimo impede que saíssem, e com a linha telefônica cortada ficam impedidos também de fazer uma ligação para a polícia.

O percorrer da estória seria até interessante. Porém, Alma tentou usar um recurso peculiar, usados em algumas estórias assim. Ele tentou mostrar cada cena do ângulo dos suspeitos, aos quais são interrogados por uma mulher, que também poderia ser suspeita. Certo, até aí parece bom. Mas não é. A estória fica repetitiva, e muito cansativa do jeito que é contada. Os parágrafos parecem intermináveis, pois são em sua maior parte, narrações dos suspeitos. Além de que, algumas palavras são muito repetidas, chegando a ser anormal. Um exemplo é a palavra “Ademais”, que é usada como se fosse a única palavra do mundo que tem o seu significado.

As expressões dos personagens também não são passadas com precisão pelo autor, fica muito difícil saber ao certo o que os personagens estão sentidos em certos pontos do livro. Fora isso, a escrita é muito boa. Não há nenhum erro grotesco de português.

O final realmente é surpreendente, como eu já havia mencionado. É muito difícil de descobrir, pois é bem absurdo. Nisso Alma acertou. Entretanto, o final excelente não salva o resto da estória. Muitos que conheço, teriam abandonado o livro, ou simplesmente começado outro e esquecido desse. 

As cenas, onde não há a narração do ponto de vista dos suspeitos, são as melhores, acho inclusive que se não fosse assim, a estória teria sido melhor ainda. Também há de se adicionar que algumas coisas foram um tanto clichê. E até por isso eu não descobri, achei que seria algo diferente, genial. Mas não foi. De certa forma, foi sim inesperado, mas não foi um “inesperado” diferente dos outros tantos.



DESIGN E DIAGRAMAÇÃO
Notas (de 5 a 10)

Capa: 8.0
Diagramação: 9.8
Marcadores: 9.0
Design total: 8.9
MEDIA: 8.9 (RAZOÁVEL)

A capa do livro não é bonita, tão pouco chamativa, mas não é de todo mal. Porém, avaliei se a capa passava uma ideia de como seria o livro, e sinceramente, não entendi bulhufas da capa.
A diagramação é muito boa, os capítulos sempre começando do mesmo lado, e com numeração e nome. Tudo bem organizado e revisado.
Os marcadores são legais, mas como é de costume da novo século editora, eles não colocaram o resumo no verso, e eu conto isso.
O design ficou como a média: razoável.

De qualquer forma, dou meus parabéns a Alma pela sua primeira publicação, sei que ele vai se aperfeiçoar muito mais, pois o cara escreve bem. 

Até mais pessoas, e até a próxima resenha. Se cuidem ;)

Se procura definições, desculpe, não tenho nenhuma, carrego comigo apenas algumas especulações: divertido, engraçado, criativo, desleixado, alguns dizem até metido, mas sempre adorável. Meu nome é Jadson, tenho 18 anos, e me tornei o Senhor das noites para levar a cada um que queira pensar sobre a vida e suas desventuras, um ótimo conteúdo.
   

15 comentários:

  1. Oi, Jadson.

    Eu sou uma das pessoas que largaria o livro. Primeiro, porque não é meu tipo favorito de leitura; segundo, porque esse tipo de narração geralmente me desinteressa. Mas tenho a meu favor o fato de detestar abandonar livros, então fico no caminho da incerteza. Pelo menos o final foi legal.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  2. o livro já não me chama atenção e com a resenha então uhasuhuh vishi gente num vou ler isso nem a pau
    e obs: ta precisando ajeitar o lay lá em cima pq ta escrito nome do link e com os números u-u

    ResponderExcluir
  3. Caraca, essa aventura pelo visto não foi tão legal quanto você esperava... É triste quando isso acontece e magoa o coração. Passei por isso recentemente, esperava muito de uma autora que é mega querida e ai quando me deparei com o livro... fueinnnnnnn... Nada do que eu esperava e eu quase abandonei a leitura...

    E sim, mas que tudo adorei a sinceridade, quando a coisa não sai 100% não adianta dizer que foi 100% mentir para o leitor é bronca.

    Pandora.

    ResponderExcluir
  4. Bem, ainda não li livro nesse estilo, que fica mostrando o ponto de vista dos suspeitos, mas já vi vários filmes e realmente fica cansativo.
    Gostaria de ter oportunidade de ler, assim poderia tirar minhas próprias conclusões.
    Que seu final de semana seja esplendoroso!!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
  5. Essa efeito de neve caindo aqui no blog me deu até uma agonia porque agora mesmo tá nevando lá fora e eu fui obrigado a sair por um instante e quase morri :(

    Mas voltando a resenha. No final das contas, eu fiquei na dúvida sobre a notal final do livro, só vi as notas relacionadas a diagramação, design, etc.

    O que me deixa triste é que acabei de ler uma resenha de um livro nacional que me deu até uma esperança e fiquei super afim de ler, daí leio essa de um livro nacional e fico frustrado. Enfim, esse chão de romance policial no estilo Agatha Christie é complicado e acredito que só a experiência pode deixar alguém melhor. Mas parabenizo o autor e desejo sucesso.

    Um abraço,
    oepitafio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Também acho que pra um suspense ser realmente bom, ele tem que acontecer durante todo o livro, nos deixando com dificuldade de parar a leitura porque queremos saber o que acontece na página seguinte. Ainda assim, pela sua descrição, acho que leria.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  7. aaaaaaaaaah, que legaaal esse livro, não conhecia, mais ache interessante sua resenha!

    http://destinoincertoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nunca li e volte logo amiga
    http://www.jeitosimplesdeser.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Essa capa dá um medo ! rsrsr
    Loma, tá ficando lindo o lay, já tá no clima do Natal, né?
    B js

    ResponderExcluir
  10. parece bom o livro.

    Xx
    overdosederosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Depois de ler a resenha não me interessei muito pela história... Uma pena, né?

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    ganhei esse livro em um sorteio e estava bem ansiosa para lê-lo, mas agora depois de ter lido a tua resenha, confesso que fiquei um tantinho desanimada. Bom, de qualquer forma irei ler, só que não com as expectativas nas alturas, sabendo que o enredo não é lá essas coisas, estarei preparada para futuras decepções.

    Beijos
    Books and Movies
    http://leiturae7arte.blogspot.com.br/
    @BooksAndMovies_

    ResponderExcluir
  13. Não curto muito temas de suspense, mas acho que esse eu leria.
    Gosto qndo o livro prende o leitor com a narrativa ou com algum fato marcante.
    Achei a capa tb meio sem graça rs.
    Resenha #122 - Desastre Iminente - Belo Desastre #2 - Jamie McGuire.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Olá Jadson,

    A capa desse livro é bem ruim, mas a sinopse parece interessante, sua resenha me deixou na dúvida....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Adoro boa escrita, gostei da dica.. por ser o primeiro livro dela (pelo que eu entendi) ela esta bem então, sucesso :) rs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.