Resenha- Uma mulher chamada guitarra-Vinicius de Moraes

Olá amores! Venho trazendo para vocês resenha do Livro Uma mulher chamada guitarra do autor Vinicius de Moraes. O livro foi enviado pela editora parceira do Jornalismo na Alma, Companhia das letras. Vamos conferir?

FICHA TÉCNICA
Capa:Retina _ 78
Páginas:104
Formato:14.00 x 21.00 cm
Peso:0.14400 kg
Acabamento:Brochura
Lançamento:11/09/2013
ISBN:9788565771085
Coleção:Boa Companhia
Selo:Boa Companhia
Onde Comprar? Companhia das Letras.

NOTAS
Capa: 10
Conteúdo: 10
Diagramação: 10
Nota geral: 100 (Ameii)



Crônicas de um grande mestre
Por Paloma Viricio
Visão Geral
O material do poeta é a vida, e só a vida, com tudo o que ela tem de sórdido e sublime. Seu instrumento é a palavra. Sua função é a de ser expressão verbal rítmica ao mundo informe de sensações, sentimentos e pressentimentos dos outros com relação a tudo o que existe ou é passível de existência no mundo mágico da imaginação. Seu único dever é fazê-lo da maneira mais bela, simples e comunicativa possível, do contrário ele não será nunca um bom poeta, mas um mero lucubrador de versos ”p.69. Ser poeta é isso e muito mais, é um infinito de vertentes, soluções e reclamações através das palavras.  Vinicius de Moraes sabia exatamente como costurar a melodia das letras de forma sublime. 

Uma mulher chamada guitarra é um livro de crônicas escolhidas do grande mestre carioca Vinicius de Moraes, que foi cercado de homenagens na data do seu centenário no último dia 19 de outubro. Essa é a primeira obra que leio do autor e desejo conhecer muitas outras porque simplesmente amei.  Não tem como não gostar das palavras dele, tão sábias, lindas, acolhedoras... perfeitas! Através das crônicas apresentadas em Uma mulher chamada guitarra encontramos diversas fases de Vinicius. O autor nos presenteia com lembranças da infância, amores, pessoas e momentos. “Seja a mulher a mãe, a esposa, a amante,a filha, a bem-amada do meu coração; possa eu amá-la e respeitá-la, dar-lhe filhos e silêncios. Possa eu coroá-las de folhas da primavera em seu nascimento, seu conúbio e sua morte.Tenha eu no meu pensamento a ideia constante de querê-la  e lhe prestar serviço...”p.30.
Esse livro é bem pequeno e o leitor pode devorá-lo em um dia ou até mesmo horas (como no meu caso). Não tenho o que falar da obra a não ser apontar elogios porque não consegui achar nenhum ponto negativo no livro. Muitooo bom! Só me arrependo por não ter lido nenhuma escrita de Moraes antes. Ele deixou a marca da sua identidade nas palavras que escrevia, simplesmente apaixonada por esse homem que sabia ver a sensibilidade, beleza, da lua e das flores. “Depois da guerra vão nascer lírios nas pedras, grandes lírios cor de sangue, belas rosas demasiadas. Depois da guerra vai haver fertilidade, vai haver natalidade, vai haver felicidade. Depois da Guerra, ah meu Deus, depois da Guerra, como eu vou tirar a forra de um jejum longo de farra! ”p.54.

Design e diagramação
O livro reflete sensibilidade assim como as palavras de Vinicius. A capa é muito linda e gostei bastante. As folhas são em material pólen, com letras e espaçamento agradáveis. Essa obra faz parte do selo Boa Companhia que apresenta as melhores produções literárias de autores consagrados como Vinicius de Moraes, Jorge Amado, Carlos Drummond de Andrade e Mia Couto.

Sobre o autor
Nasceu em 1913, no Rio de Janeiro. Cursou a Faculdade de Direito da rua do Catete e a Universidade de Oxford, onde estudou língua e literatura inglesas. Em 1941 entrou para o Itamaraty, assumindo em 1946 seu primeiro posto diplomático, de vice-cônsul em Los Angeles. Poeta, cronista e dramaturgo, em 1953 conheceu Antonio Carlos Jobim e iniciou um apaixonado envolvimento com a música brasileira, tornando-se um de seus maiores letristas. A lista de seus parceiros musicais é vasta, incluindo, além de Tom Jobim, Baden Powell, Chico Buarque, Carlos Lyra, Edu Lobo e Toquinho, entre outros. Morreu em 1980, na banheira de sua casa, no Rio de Janeiro. Fonte: Companhia das Letras.

Licença Creative Commons

O trabalho Crônicas de um grande mestre de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

24 comentários:

  1. Olá como vai!
    Uma semana muito especial para ti amiga!!!
    Beijos!!!

    http://diferencial2000.blogspot.com.br
    Lojinha:candylandy.loja2.com.br
    http://docesinlove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Super desejo esse livro! Adoro Vinícius e a forma única na qual ele aborda a vida. Sensacional, quero ler!

    BjsBjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  3. Eu simplesmente amo o Vinícios, fiquei louca com a descoberta desse livro, eu não fiquei sabendo do seu lançamento!!! Fiquei sabendo agora... Adorei a forma como você descreveu o conteúdo mesclando sua opinião com o texto do poeta, ficou doce sua voz misturada a dele.

    Pandora.

    ResponderExcluir
  4. Arrasou nesta apresentação, Paloma.
    Creio que todos que lerem esta resenha irão correndo comprar o livro.
    Eu, particularmente, sou fã de Vinicius de Moraes e claro que vou ler esta obra que mereceu nota máxima em sua avaliação.

    Ótima semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Oie Paloma
    Como assim eu que sou fã do autor não conhecia esse livro? Que vergonha., Amo crônicas, e o Vinicius é um dos poetas que eu mais amo, então preciso ler este livro pra ontem
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Paloma,

    Eu ainda não li nenhum livro do autor ainda e isso é uma vergonha...kk...mas sua resenha me animou...parabéns...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ai-meu-Deus! Eu quero este livro para ontem... PARA AGORA! Vinicius é amor, é vida, é lindo! <3

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Parabéns pela resenha.
    Não conhecia o livro, mas fiquei curiosa, pois parece muito bom.

    Beijos Fê

    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Vinícius de Moraes é maravilhoso mesmo! Devorar o livro em horas só quando ele é muuuuuuuuito bom pra mim, e esse com certeza deve ser!
    Excelente semana!
    Beijinhos ;*

    bycarolinaa.com
    facebok.com/meudiarioescondido

    ResponderExcluir
  10. Que dica linda Paloma, adorei o livro!

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhh, Vinícius de Moraes é PERFEITO mesmo. Já gostei só do nome... E adorei a resenha!!!

    Bjs – Su - www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu sou completamente apaixonada pelo Vinicius de Moraes desde a adolescência! E fico muito feliz quando alguém diz que amou alguma coisa escrita por ele.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  13. Vinícius de Moraes é sempre genial.
    Qto ao seu comentário, aceito sugestões de muso que postarei no blog.
    Ótimo dia pra vc!
    Big Beijos
    http://luluonthesky.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adoreiiiiii! Eu acho que já disse que sou fã do seu blog, mais não custa nada dizer novamente. Sim irei manda um email pra você :D \o

    Obrigada linda saudades daqui.

    Vou comprar esse livro , estou curiosa pra ler!

    Nos bastidores com Banda Strike no Blog Maah Music!
    Acessem: http://www.maahmusic.com/2013/11/nos-bastidores-com-banda-strike.html
    beijo
    @maahmusic

    ResponderExcluir
  15. Um autor maravilhoso, desperta curiosidade...

    http://cheiadepapo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Achei o título super interessante, pois é algo tão diferente.
    Li muito Vinicius de Moraes na época da escola, e eu simplesmente adorava!
    Parabéns pela resenha, ficou incrível!
    Resenha #120 - Amante Consagrado - Irmandade da Adaga Negra - Livro 6 - J. R. Ward.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Adoro Vinicius de Moraes. Não conhecia esse livro dele mas vou comprar e ler.
    beijocas

    ResponderExcluir
  18. Não gosto tanto de crônicas, mas como você recomendou muuuito eu até fiquei curiosa, o nome achei bem legal tbm e amei a capa rosa! hehe =) Ótima semana flor!

    ResponderExcluir
  19. Que capa linda tem esse livro. Adorei e quero ler.
    beijocas.

    ResponderExcluir
  20. Simplesmente amo Vinicius de Moraes e já estava de olho nesse livro cumadre! Vou ficar pobre.kkkkkkk
    beijocas

    ResponderExcluir
  21. Hey
    Mais um para a lista de desejado, gosto de alguns sonetos do autor..mas nunca li as crônicas.
    Ando em um vício nelas, ultimamente.

    bjs

    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  22. Mano esse livro livro deve ser tudo. Já o quero :D
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.