Resenha- Da boca pra dentro de Yohana Sanfer


Da boca pra dentro é um típico livro de crônicas, mas não qualquer um, aqueles que vão te envolvendo e quando você percebe, não consegue parar de ler. Como o próprio título diz, é tudo aquilo que não é dito da boca pra fora e sim pra dentro, os sentimentalismos existentes dentro de cada um. Foi produzido através do blog pessoal de Yohana Sanfer onde ela postava as crônicas e só isso gerou o seu “sucesso” por assim dizer. Sou um tanto suspeita para falar, pois sou uma amante de crônicas, mesmo assim esse foi um livro bem cativante para mim.

As crônicas te levam para o dia a dia da autora, de seus conflitos, seus amores e até mesmo suas ideologias. Me identifiquei muito com a autora e talvez por isso tenha gostado tanto, foi um livro que mexeu comigo. A cada linha percebemos exatamente aquilo que a autora sente, em relação ao mundo, seu amor por cada pessoa ao redor, conseguimos imaginar aquilo que é descrito por ela, e acredito que é isso que torna uma crônica boa.

Cada página é repleta de sentimentos que são capazes algumas vezes de arrancar lágrimas de nós. Confesso, que quando li sobre o que era o livro achei que se tratava de algo mais puxado pro romance, e quando vi que estava cheio de ideologias não tive como não amar. Além dos textos tradicionais, há alguns fragmentos expostos durante o livro que são fortes e sinceros, esse foi o primeiro e um dos mais fortes em minha opinião:
É um livro envolvente, ainda não conhecia a autora infelizmente, mas eu amei a escrita dela, tão fluída, esses detalhes desses fragmentos que fazem com que exista um break na leitura e nos faz refletir.  É uma típica mistura de romance com ideologias que deu certo e vai fazendo com que a cada linha exista algo a ser aprendido por nós.

Soube que te amava, não quando te quis pra toda vida, mas quando te queria em todos os meus finais de dia. Pra te ouvir mesmo cansada, pra te esperar acordada, pra te ter e receber o colo que só a gente sabia se dar. Refletir o presente, ser encaixe perfeito, repouso e divã” (Crônica “Só, sei que sei” pág. 51)
Um livro de leitura fácil, que te envolve de um jeito único, por ser curtinho acaba rápido e deixa com gostinho de quero mais. Minha crônica favorita foi “Não flexione o sentimento”.

  Aprende que meninas não devem ser criadas para serem princesas frágeis passíveis de cuidados especiais e dependências. E que meninos não serão super-heróis. Entende que mulheres são donas de seus corpos, de suas vidas e seus destinos. Que homem chora e pira de ciúmes. E que matrimônio e maternidade devem ser escolhas e não regras para o consenso das convenções.” (pág. 133)

Indico aqueles que gostam de livros de crônicas ou precisam de algo para passar o tempo, e claro para todos , pois a escrita de Yohana tem que se ter passada adiante para que todos possam ter conhecimento. Eu simplesmente adorei e de agora em diante acompanharei de perto os passos dessa autora.
Eu quero mais é que o tempo se arraste, que o sol se renda ao espetáculo mais bonito e o céu se encha de cores místicas” (Crônica “Deixa o verão pra mais tarde” pág.48)

Postagem feita por: 
 
Carla Wolf, estudante de jornalismo (primeiro ano), formada em modelagem do vestuário. Não cozinho bem e tenho um talento inquestionável para dormir, mas tiro essa culpa lendo. Defendo as causas femininas -não feminista- acredita num mundo melhor, principalmente se for regado por livros.
  


24 comentários:

  1. Caramba! Eu acompanho a Yohana desde os tempos de blog dela. Sempre achei os textos dela incríveis, imensamente lindos e encantadores. Não me espantei quando soube que ela iria lançar um livro.
    Preciso do meu exemplar.

    Adorei a sua resenha. ;)
    Beijo.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  2. Recado pra Paloma: o nome do blog mudou e tudo aqui mudou, hein? Mas continuo sendo colunista, aeee! Vou mandar textos em breve, viu? Não esqueci daqui. ;)

    Beijo!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  3. Eu não curto muito crônicas, mas até que achei interessante. A Vermelho Marinho tem um catálogo legal!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla,

    Adorei do seu post! Não sou muito fã de crônicas, mas o livro pareceu bastante interessante.
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha, Carla! Não conhecia essa escritora, nem esse livro, pena que não gosto muito de crônicas, porque se gostasse, seria um grande candidato à minha wishlist.

    http://diamantesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Paloma!

    Passei para te desejar um Feliz Natal e um Abençoado Ano Novo! Tudo de bom! Ah, e muita literatura no ano que se inicia... Hehehe

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  7. Fiquei bem interessada nessa estória, não conhecia o livro nem a autora.
    Achei o titulo bem diferente, bem original.
    Adorei a resenha, me deixou curiosa.
    Resenha #124 - Rose na Tempestade.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Li o livro da Yohana há pouco tempo e concordo com tudo o que disse na sua resenha. Tudo muito lindo!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  9. Que legal esse livro.
    Aproveito para desejar um natal abençoado e um feliz 2014!
    Big Beijos
    Lulu
    http://luluonthesky.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nossa parece muito bom, e eu como você não conhecia nada da autora ou do livro.
    Vou procurar, obrigada por me apresentar *-*

    "“Soube que te amava, não quando te quis pra toda vida, mas quando te queria em todos os meus finais de dia. Pra te ouvir mesmo cansada, pra te esperar acordada, pra te ter e receber o colo que só a gente sabia se dar. Refletir o presente, ser encaixe perfeito, repouso e divã” (Crônica “Só, sei que sei” pág. 51)
    Amei isso!!!!!
    Angel Sakura @ www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ué, cadê o Jornalismo na Alma? Pensei ter entrado no blog errado. O que houve Paloma? Passei tanto tempo longe e seu blog mudou e eu nem vi kkkkkkk
    Adorei a resenha da Carla <3 eu já havia escutado falar desse livro mas nunca tinha visto nenhuma resenha dele, adorei *o*
    http://www.valeuapenaesperar.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Carla.
    Não tenho muito o costume de ler crônicas, mas gosto bastante e sem dúvidas este me pareceu muito bom.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Interessante. Curto muito livros de crônicas e não conhecia a autora. É nacional, certo? É legal ver uma autora nacional cativando os leitores assim como parece ter cativado você :)

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Não tenho certeza de que eu iria gostar, mas vou procurar ler um dia.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Só não gostei da capa, mas o livro parece ser bem legal.
    beijjos

    ResponderExcluir
  16. Olá Carla e Paloma,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui, interessante mas não é uma leitura para o momento...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Primeiro já me apaixonei pela capa desse livro. Segundo que amo crônicas e preciso dele para ontem.
    Beijos e queijos

    ResponderExcluir
  18. Que bacana o livro. A capa é lindas demais.
    Bjoks

    ResponderExcluir
  19. Estou encantada com seu blog. achei tudo aqui muito lindeo mesmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Muito legal esse livro ai sim eu gostei.
    xoxo

    ResponderExcluir
  21. Carla!
    Gosto muito das crônicas, são mais condensadas e fáceis de ler.
    Quando são interessantes, melhor ainda.
    Gostei! Parabéns pela resenha.

    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  22. Eu também sou amante de boas crônicas... são relatos dos episódios incomuns de nossas vidas comuns... mexem comigo, me enternecem... sempre quis ser cronista.
    Adorei a forma cálida que você falou do livro, me fez desejar telo em minha estante e lelo calmamente em uma dessas tardes de verão...

    Cheros, Pandora.

    ResponderExcluir
  23. Ja ouvi falar.. mas nunca acompanhei muito, gostei da resenha, e o livro pra mim é novidade né! hehe; parece legal s2 *--* beijoos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.