Mas eu sou homem

     Com certeza você já deve ter ouvido essa frase sendo pronunciada diversas vezes durante a vida. Eu já e está cansando! Sim, você é homem se for, segundo o dicionário online de português, indivíduo dotado de inteligência(da qual muitos infelizmente não faz uso) e linguagem articulada, bípede, bímano, classificado como mamífero da família dos primatas, com a característica da posição ereta e da considerável dimensão e peso do crânio, possuidor de pênis. Entretanto você não tem o direito de se achar melhor, vomitar conceitos de que pode ou é mais que uma mulher, pois somos seres humanos constituídos da mesma capacidade intelectual. Chega de preconceito! "Eu posso sair com quantas mulheres quiser, mas eu sou homem, né?"; "Eu posso ficar no bar enchendo a cara com os amigos, mas eu sou homem, né?"; "Para mulher isso é muito feio,  mas eu sou homem e posso!". E dai que você é homem?


     Pois saiba você, machão recalcado, que Eu Sou Mulher e também tenho direito de ir e vir, de realizar conquistas pessoais, estudar, contribuir ativamente para o crescimento da sociedade e não somente ficar em casa, lavando, passando e cuidando dos filhos (Prática realizada principalmente pelas mulheres, não menos importante, mas que deveria ser melhor valorizada). CHEGA! Cada vez que um homem fala dessa maneira deveria ser multado porque só doendo no bolso também iria doer na consciência...talvez. Pior do que falar é pensar dessa forma e cultivar linhas egocêntricas do século retrasado. Fico indignada com esse tipo de preconceito e mais ainda quando escuto o mesmo pensar sendo expelido da boca de uma mulher que deveria ser a primeira á lutar contra esse tipo de resistência (Dirigido para as que aceitam esse tipo de vertente).

      É certo que as mulheres alcançaram muitas conquistas, mas a jornada para um mundo mais igualitário entre todos ainda é grande. Desde a simbólica queima dos sutiãs em praça pública, o direito concedido ao uso de minissaia, anticoncepcional e ao voto, que a mulher tem adquirido o reconhecimento do gênero na sociedade. Ainda assim, há muito trabalho e mudança pela frente. O machismo é forte, infelizmente não parte somente dos homens, mas também de muitas mulheres. Você, mulher, não deve intimidar-se com o julgamento de sexo frágil que muitos fazem, não permita ser menosprezada e diminuída porque você pode não saber, mas vale muito. A figura feminina é a essência da geração de uma nova vida, aquela que nutre e fortalece um recém-nascido através do poder da amamentação...sem mulher não há vida, fertilização, continuação da humanidade. Mesmo depois de toda essa luta feminina ainda existe mulher sendo chicoteada pela violência doméstica em pleno século XXI, se não fossem os dados estatísticos gritantes frequentemente divulgados seria difícil acreditar. Grande parte das mulheres no Brasil estão abandonadas em grupos  vulneráveis e sofrem diversas formas de agressão diariamente.
Fiz esse texto em homenagem á  grande escritora Simone de Beauvoir (21 livros publicados), feminista, que completaria 106 anos nesta quinta-feira (09/01/2014). Fiz esse texto pelas milhares de mulheres que ainda sofrem preconceito, violência e desrespeito na sociedade. Fiz esse texto porque hoje escutei a frase "Mas eu sou homem" e meu sangue ferveu dentro dos miolos porque alimentei-me de uma dose triplicada de indignação. Fiz esse texto porque estou lendo um livro que trata de violência doméstica (Adeus à Solidão) e vejo que cada dia mais ficção esbarra com a realidade. Fiz esse texto, não para soar repetitiva em relatar os porquês de escrever o mesmo, mas para relembrar á sociedade mesquinha e ultrapassada que eu e milhares de outras figuras femininas só queremos o mínimo de respeito!

Por Paloma Viricio
P.s.: Dissecarei o tema violência doméstica, citado nessa crônica, na resenha de Adeus à Solidão.

23 comentários:

  1. Eu li esse texto orgulhosa de ser cada dia mais e mais feminista, porque eu quero lutar e conseguir acordar um dia em um mundo no qual o machismo faça parte apenas de um passado para o qual a gente só olha para pesquisar.

    Parabéns Paloma, você arrasou no texto, me fez sentir orgulho de seguir teu blog, ler e comentar.

    Cheros, Pandora.

    ResponderExcluir
  2. TÔ DE PÉ, TE APLAUDINDO! Amei! Amei! Simplesmente belo, forte. Respeito é o que precisamos, desejamos.

    ResponderExcluir
  3. O texto esta lindo logo que abri o google vi que era uma data especial hoje.. mas nem cheguei a pesquisar. que vergonha, e confesso que hão sabia o quão era (foi) importante ela.. mulher guerreira, com toda certeza! Lindo demais sua atitude, sua postagem, parabéns *-*

    ResponderExcluir
  4. Paloma, parabéns pelo texto. Realmente muito bom!
    E concordo que cada vez que um homem fala assim deveria ser multado mesmo, pra ver se aprende. Quantas situações ridículas são justificas pela frase: "mas eu sou homem"? Já passou do tempo disso acabar! rs

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. PA-LO-MA! Amei seu texto!
    Parabéns, você escreve muito bem!!
    Realmente, nem dá pra falar muito, sem ficar irritada sobre todo essa machismo infundado dos homens. Concordo contigo e adorei tudo o que você disse!
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Realmente, o argumento "Eu sou homem" da nos nervos.Uma fase da vida eu passei acreditando nessa diferença, até que amadureci e vi que não há diferença nenhuma, e não podemos ficar a mercê do que os outros acreditam com base nesse machismo(até mesmo algumas mulheres). Conquistamos muitas coisas,mas a luta não para por aqui.

    ResponderExcluir
  7. Excelente, Paloma! O pior de tudo é que tem muita mulher que aceita e perpetua esse discurso machista... Curiosa pela resenha do livro que citou.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  8. Com certeza, concordo com você em todos os pontos citados em seu texto. Mulheres obtiveram várias conquistas ao longos dos anos, mas infelizmente, ainda temos muito mais o que conquistar. E que bela homenagem à Simone ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Muito legal o texto. É triste saber que ainda existe muito machismo e intolerância, mas ao menos acho que a tendência é diminuir. Assim espero.
    boa semana :D
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  10. Oi, Paloma.

    Seu texto é maravilhoso e sim muitas mulheres sofrem grandes preconceitos em nossa sociedade que ainda é muito machista.

    Beijos
    https://www.facebook.com/blogamorliterario

    ResponderExcluir
  11. Paloma, que texto incrível! Não sei se você sabe, mas eu quero ser piloto de avião. Para algumas pessoas, a maioria homens, essa profissão é muito ousada para mulheres. "Se mulher no volante é perigo constante, imagina pilotando um avião" é uma das frases que eu vou ter que me acostumar a ouvir. Mas que é, com o perdão da palavra, uma merda, ah, isso é. Poxa, mulher não nasceu pra cuidar de casa, marido e filhos. Eu, pelo menos, não. Só a ideia me deixa angustiada. Acho ridículo isso e o pior de tudo é que, a maioria das pessoas, pensam que deve ser dessa forma. É uma pena. Amei o post! Beijos.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Paloma,

    Excelente texto e homenagem à Simone de Beauvoir.
    O que mais vemos, sobretudo nas classes menos educadas, é o machismo das próprias mulheres, que são transmissoras de muitos preconceitos, notadamente na vida privada e familiar. Já alcançamos um grande espaço na sociedade e no mundo e temos que continuar lutando pelo equilíbrio e respeito entre os sexos.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Oi Paloma!
    PERFEITO o seu texto!!! Infelizmente ainda temos muito o que lutar... A coisa mais difícil do mundo é mudar a mente das pessoas.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  14. Eles sempre mandam produtos ótimos, né?!

    Adorei o texto, Paloma! Mas pra mim pior que homem machista é a mulher machista, que pensa que não pode fazer certas coisas porque "É coisa de macho".

    Bom sábado!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  15. "Oi , vi seu blog na lista do blog "Agenda dos blogs" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também"
    http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Mandou muito bem, Paloma! Muito bem mesmo! Nossa, melhor impossível! Sério!
    Eu detesto machismo e vindo de outra mulher é ainda pior. Não suporto homem que acha que tudo pode e que mulher nasceu mesmo foi pra cuidar de casa. Sim, porque infelizmente tem MUITO homem que ainda pensa assim. Por isso que devemos sempre exigir nossos direitos, exigir respeito e a notoriedade que merecemos.
    Belo texto. Dá-lhe Simone ♥!


    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  17. Não sou feminista, tem muitos conceitos que não sou muito a favor, como já vi algumas defendendo o aborto, o que acho totalmente errado, mas cada um com sua opinião. Mas em relação a direitos iguais em relação a trabalho, estudo e salário, sou totalmente a favor, como você mesma falou, todo ser humanos seja homem ou mulher tem direito de realizar suas conquistas pessoais, e com certeza NÃO SOMOS O SEXO FRÁGIL, Quero ver é esse marmanjos aguentar as dores de parto que equivale a 20 ossos quebrando, que só nos mulheres somos capazes de aguentar ai eu quero ver. Somos tão fortes que prova disso, é que apesar de sofrer constantes perseguições, ainda estamos aqui de cabeça erguida, tentando mudar essa situação.Belo texto Palomam bjinhos

    http://blogdaingridzinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Realmente quando uma mulher fala ou age dando apoio a esse pensamento machista, é o cumulo!
    Amei o texto.. Vamos lutar pelos direito iguais sim! Fala sério..

    Participe do "Concurso Leitoras de Estilo" que tá rolando lá no BLOG. A ganhadora receberá 2 peças de roupa da Dayong. Acesse e saiba mais:
    http://www.angelpoubel.com/2014/01/concurso-leitoras-de-estilo.html

    Curta:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelPoubel?ref=hl

    Big Beijo ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto, Paloma! Estamos em 2014 e ainda vemos tanto machismo estampado como estilo de vida e desculpa pra muitas coisas. Absurdo!

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. ótimo Texto. Agora será que eu poderia te fazer uma entrevistinha? bjus. www.revistademuher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oie vc já me entrevistou uma vez. www.clickpatty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Também me revolto com isso de "mas eu sou homem" me identifiquei haha odeio machismo, odeio homens - e mulheres - que pensam que tem uma parede bem grossa separando um lado que contém "coisas de homem" do outro que contem "coisas de mulher"
    Beijos,
    peoples-says.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Paloma!
    Muito boa sua crônica!
    Realmente o tema violência doméstica é questionável. Li Adeus à inocência também e aborda vários lados dessa situação, inclusive o terror psicológico, aguardarei sua resenha.

    Bom final de semana!!
    Luz e paz!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.