Entrevista com escritor Samuel Balbinot

Olá meus leitores!O Monólogo de Julieta traz entrevista com o autor Samuel Balbinot que é um maravilhoso poeta. Não sei se lembram, mas ele fez um soneto com meu nome AquiVamos conferir?




Monólogo de Julieta-Como iniciou-se a carreira como escritor? 
Samuel Balbinot-Iniciou-se depois que um elogio de uma professora de literatura e numa manha qualquer rimei um verso, depois daquele diz nada mais foi o mesmo.

Monólogo de Julieta-Escreve desde que idade?
Samuel Balbinot-Escrevo desde os 15, nesta idade escrevia letras de música.. a poesia só apareceu em minhas escritas aos 18 anos.

Monólogo de Julieta-Se pudesse descrever com apenas uma frase o ato de ser poeta qual seria?
Samuel Balbinot-O ato de ser poeta eu descrevo como ser livre.

Monólogo de Julieta-Você tem quantos livros publicados? Nos conte um pouco sobre eles.
Samuel Balbinot-Eu tenho 5 livros publicados e o sexto esta para sair.
O primeiro se chama O que fazer com este amor publicado em março de 2006 .. na turbulência da idade, ele se fez, com mais dores que amores.

O segundo se chama Donzelas em março de 2007 feito depois de uma palestra que dei a uma escola do interior.. fiz poesias a todas as alunas, e outras para finalizar o mesmo..

O terceiro se chama Lismel de Samuel  junho de 2007-.. criei um nome que rimasse com o meu e depois de ter lido Marília de Dirceu.. me veio a mente de fazer algo assim.. fiz 100 poesia para a virgem que só existiu para mim.

O livro das flores foi meu quarto livro em novembro de 2007.. primeira parte bem romântica e a segunda encaixei uma obra que gostei muito de fazer.. o livro dos mortos para balancear tudo.. duas obras num livro só..

Meu quinto livro foi a Antologia poética em agosto de 2009.. as obras dos 4 primeiros livros mais outras obras e meus primeiros sonetos.. esta obra fiz antes de completar 25 anos.. era um objetivo que tinha traçado e assim o fiz.

Monólogo de Julieta-Você já escreveu quantos sonetos? Como criou curiosidade sobre o meio e embarcou no universo da rimas?
Samuel Balbinot-Já escrevi mais de 1000 sonetos. Atingi este número antes do final de 2013.
As rimas fazem parte de tudo desde o começo, amo elas e o soneto ão sabia como moldar eles.. foi lendo os nossos grandes poetas e com a ajuda de alguns materiais que pude fazer meu primeiro.. e todo os outros foram vindo em seqüência.

Monólogo de Julieta-Os poetas geralmente tem uma diva inspiradora. Qual a sua?
Samuel Balbinot-Vejo todas como divas, lembro-me que numa das minhas leituras de Castro Alves pude ler um ou dois sonetos que ele dedicava a uma mulher, e desde lá por adorar as rimas tento oferecer a todas que entram em sintonia comigo.

Monólogo de Julieta-Fiquei sabendo que cada livro representa um momento especial da sua vida. Você tem algum que tornou-se mais especial que os outros? Qual? Por quê?
Samuel Balbinot-Tenho uma obra chamada Flor de Lótus, que foi um desafio pois eu fiz ela toda metrificada contendo 100  estrofes e não repetindo uma única rima em toda sua composição, levou 5 meses e acho uma das mais belas que fiz não desmerecendo nenhuma das outras. Ela aborda a pureza do amor assim como o Lótus é visto.. vejo muita essência nesta grande poesia.

Monólogo de Julieta-Onde podemos comprar seus livros? 
Samuel Balbinot-Os livros na sua maioria foram feitos particularmente e não tem em livrarias, logo estarão no meu blog para os que desejarem, só não estão ainda devido a espera do livro coletânea de sonetos que deve estar ficando pronto para logo.

Monólogo de Julieta-Você é um autor independente. Qual a maior dificuldade que enfrentou para publicar seus livros?
Samuel Balbinot-Bancar tudo do próprio bolso é sempre uma dificuldade, não só minha, mas de muitos que tem este sonho de ver sua obra lançada.

Monólogo de Julieta-Como busca inspiração para escrever?
Samuel Balbinot-Minha inspiração vem através da música, desde sempre ela que me acalma e me transporta.

Monólogo de Julieta-O que a poesia simboliza na sua vida?
Samuel Balbinot-A poesia é a minha libertação, representa uma caminhada de crescimento.

Monólogo de Julieta-Qual a sensação que teve quando pegou em mãos seu primeiro livro?
Samuel Balbinot-Nunca gostei de romances, por serem histórias muito longas, a sensação foi muito boa porque peguei logo de cara um dos mais admirados, Camões. Me inspirei muito nele.

Monólogo de Julieta-Qual seu gênero literário favorito? Por quê?
Samuel Balbinot-Sempre será a poesia porque ela tem algo de oculto e de profundidade  vista apenas por quem sabe admirar a mesma.

Monólogo de Julieta-Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram as  suas obras?
Samuel Balbinot-Fico muito feliz com quem me leu até o recente momento, pois creio que passei muita diversidade e versos muito ricos.

Monólogo de Julieta-Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Samuel Balbinot-Meu autor preferido no Brasil, querendo citar quase todos, mas fico com Augusto dos Anjos, por ser um gênio, seu livro que li várias vezes mostra a vida como ela realmente é.

Monólogo de Julieta-Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Samuel Balbinot-Autor estrangeiro sem dúvida Edgar Allan Poe... este ser sublime onde pude mergulhar em seus contos e sentir o ar misterioso, a morte, enfim, tudo que ele tão bem lapidou.

Monólogo de Julieta-Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Samuel Balbinot-Futuros escritores só precisam ser originais, deixar seus interiores aflorar, todos temos um livro dentro de nós, passar ele no papel é preciso esforço e todos podemos chegar lá.

Monólogo de Julieta-Como seria seu paraíso literário?
Samuel Balbinot-Meu paraíso literário é aquele que crio todos os dias com novos versos.. estou no lugar certo fazendo a coisa certa.

Monólogo de Julieta-Qual livro está na sua cabeceira? O que está achando dele?
Samuel Balbinot-Não costumo ter livros na cabeceira, pois gosto de ler tudo no computador.

Monólogo de Julieta-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Samuel Balbinot-
Uma pessoa: Meu eu
Um desejo:Academia Brasileira e Letras
Um livro:Eu do Augusto dos Anjos
Uma música: Can’t stop lovin you- Van Halen
Uma comida: Massa e frango
Uma bebida: Vinho
Uma frase:Os loucos tentam moldar o mundo, os normais são moldados por ele.
Animal de estimação: Meu cocker
Filhos: Sonho para anos mais tarde
Dinheiro:Uma energia que vai e volta.
Felicidade: Poder sempre estar poetando
Fama: Não é importante , importante somos nós sermos quem somos.
Religião: Católico, mas não dou a mínima para este sistema de crenças falidas, a única religião é a da verdade, e esta é cada um que tem que buscar.
Blogueiros: Minha segunda família, adoro todos que sempre estão comigo dia a dia.
Falsidade: Falsidade eu deixo apenas isso, assistam  no youtube programa vida inteligente interativo- falsidade e programa vida inteligente- falsidade humana.. dois vídeos maravilhosos sobre esta palavra que tanto fere.
Amor: Ainda não encontrei... mas vai ser posto no meu caminho na hora certa.
Poesia: Alimento da minha alma todos os dias..

O autor

Contato
http://lapidandoversos.blogspot.com.br/

È autor ou tem um blog e quer ser entrevistado pelo Monólogo de Julieta? Basta enviar um mensagem pela página Contato através do formulário. 

14 comentários:

  1. Gente, mais de 1000 sonetos?! Como assim?! Adorei a entrevista, fiquei encantada com o escritor


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  2. Oi boa noite!
    Conhecer um pouquinho mais do poeta Samu....Amei!
    Ele é muito simpático, uma graça!
    Estou precisando meu amigo retornar ao youtube.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Eu amo esse tipo de entrevista! Parabéns para vc e o autor! Lindo post!
    PS: [Novidades Literárias]: Livro: Leis da Atração - Livro 2 da Série After Dark de A.C. Meyer!
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/02/novidades-literarias-livro-leis-da.html
    Beijos - Blog Overdose Literária!

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro desse soneto. Ele é talentoso. Gostei da entrevista. beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Que legal pra gente conhecer melhor e um autor novo.
    Beijos

    http://www.biancagsnunes.com/

    ResponderExcluir
  6. Muito legal. Eu também gosto muito de poesia. Não conhecia o autor, mas achei ele um cara bacana. Desejo sucesso a ele. Abraço!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá como vai!
    Que bacana poder conhecer um pouco mais dos escritores.
    Volte sempre e será muito bem vinda...
    Beijos e muito sucesso amiga!!!

    http://diferencial2000.blogspot.com.br
    Lojinha:candylandy.loja2.com.br
    http://docesinlove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela entrevista, belas perguntas e respostas.
    Abração

    ResponderExcluir
  9. Adorei a entrevista. Ele é um grande autor hein?
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Os blogueiros também são minha segunda família e gosto muito de tu ne comadre? Boa entrevista, sucesso para você e Samuel.
    Beijos e queijos

    ResponderExcluir
  11. Parabéns para ele, lembro do soneto.
    Gostei das respostas.
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pela entrevista. Sucesso para ele

    ResponderExcluir
  13. Também acho a música uma inspiração boa demais
    Beijos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.