Entrevista com ilustradora Lupe Vasconcelos

Olá meus leitores!O Monólogo de Julieta traz entrevista com a ilustradora Lupe Vasconcelos. Ela faz ilustrações belíssimas, como a do livro Zon AQUI! Vamos conferir?


Monólogo de Julieta-Lupe é abreviação do seu nome ou é um nome artístico? Como fez a escolha dele?
Lupe Vasconcelos-Lupe é um pseudônimo que uso desde a adolescência, na verdade me chamo Luciana. Aos 16 anos comecei a fazer (escrever e desenhar) um fanzine com uma prima, e como nenhuma de nós queria usar os próprios nomes para assina-lo, cada uma inventou um para si. Era um fanzine feminista, daqueles xerocados mesmo. Tirei o nome de uma personagem de hqs chamada "Lupina", que tinha um poder que eu achava o máximo: se transformar em lobo. Com o passar do tempo, de "Lupina" abreviei para "Lupi", que logo virou Lupe. 

Monólogo de Julieta-Como iniciou sua carreira como ilustradora?
Lupe Vasconcelos-Trabalho com ilustração desde a época da faculdade, mas o início da minha carreira foi mesmo ao conseguir um cargo de ilustradora em um jornal diário de Goiânia (minha cidade natal). Aprendi a trabalhar sob pressão, com prazos apertados, um ambiente barulhento e condições de trabalho um tanto complicadas. Depois de um ano e alguns meses, me tornei free lancer e passei a trabalhar em um estúdio, em casa mesmo.

Monólogo de Julieta-Quais tipos de ilustrações você costuma fazer?
Lupe Vasconcelos-Apesar de ter começado fazendo ilustrações para livros infanto-juvenis e outros materiais direcionados a esse público, eu eventualmente cedi às minhas inclinações estranhas e passei a trabalhar com ilustração mais, digamos, "adulta". Tenho me envolvido também em projetos de literatura de ocultismo, que demanda ilustrações menos convencionais.

Monólogo de Julieta-Segue algum estilo favorito? Qual?
Lupe Vasconcelos-Não acho que siga algum estilo específico, mas me inspiro bastante no simbolismo, no art nouveau e nas artes greco-romana e egípcia.

Monólogo de Julieta-Quais as técnicas mais utilizadas por você?
Lupe Vasconcelos-Utilizo com mais frequência o nanquim, depois o guache, sempre no papel. 

Monólogo de Julieta-Nos fale um pouco do processo criativo para o livro Zon. Com foi construindo as ilustrações?
Lupe Vasconcelos-As ilustrações do Zon foram construídas inicialmente com a criação de rascunhos a partir da leitura da cada um dos contos. Tentei explorar os sentimentos e ideias que cada conto despertou em mim, de forma visual. A partir dos rascunhos, fiz um desenho a lápis mais refinado, e depois, as linhas e preenchimentos com a tinta nanquim.

Monólogo de Julieta-O que Zon representa para você?
Lupe Vasconcelos-Para mim, como personagem, Zon representa o intangível; já como obra, Zon representa uma espécie de caixa de Pandora.

Monólogo de Julieta-Como busca inspiração para ilustrar? Tem algum segredo?
Lupe Vasconcelos- Inspiração é algo subjetivo... não tem segredo, cada um precisa procurar o que lhe inspira e fazer disso algo novo, uma obra. Eu me inspiro em coisas diversas, algumas bem prosaicas. Na verdade o momento pode transformar algo insignificante em inspiração. Tudo depende.

Monólogo de Julieta-Quanto tempo leva para criar uma ilustração?
Lupe Vasconcelos-É difícil quantificar, às vezes eu demoro muito em uma ilustração de certo tamanho, sendo que já levei metade do tempo fazendo outra no mesmo formato. E também nunca fico direto no mesmo desenho por muito tempo, costumo fazer outros ao mesmo tempo. Mas se fosse pra dar uma média, diria entre 2 dias e 2 semanas para fazer algo em tamanho A4.

Monólogo de Julieta-Qual dica daria para quem deseja ser ilustrador?7
Lupe Vasconcelos-Uma dica que eu daria é: mais estudo e mais humildade. Ambos andam em falta.

Monólogo de Julieta-O que significa a arte para você?
Lupe Vasconcelos-Arte para mim é uma religião, basicamente.

Monólogo de Julieta-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Lupe Vasconcelos-
Uma pessoa: Minha avó
Um desejo: Ter uma casa com jardim
Um livro: O homem e seus símbolos, C.G. Jung
Uma música: Paperhouse, da banda alemã Can
Uma comida: Pamonha
Uma bebida: Cerveja de trigo
Uma frase: "A solidão desola-me; a companhia oprime-me." F. Pessoa
Animal de estimação: Amo
Filho: Não é pra mim
Dinheiro: Quando em excesso cria idiotas
Felicidade: Superestimada
Fama: Tem o mesmo problema do dinheiro
Religião: Não, obrigada
Blogueiros: Essenciais
Falsidade: Muito comum, infelizmente
Amor: Não fico sem

A ilustradora
Contato
http://cargocollective.com/lupevision

È autor ou tem um blog e quer ser entrevistado pelo Monólogo de Julieta? Basta enviar um mensagem pela página Contato através do formulário. 

11 comentários:

  1. Adoro ilustração.. comecei agora na faculdade, mas em moda.. croquis e tal. Adorei a entrevista! Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. As ilustrações do livro são MARAVILHOSAS eu fiquei apaixonada quando vi. Ótima entrevista, adorei!
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá como vai!
    Amo quando vem me visitar,para mim é sempre um grande prazer.
    Beijos e muito sucesso amiga!!!

    http://diferencial2000.blogspot.com.br
    Lojinha:candylandy.loja2.com.br
    http://docesinlove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aprecio muito quem desenha. Parabéns pela entrevista.
    Abração

    ResponderExcluir
  5. Que legal a entrevista.É bom saber sobre o processo criativo dos artistas.
    Beijos e queijos.

    ResponderExcluir
  6. Que fofa a ilustradora,não conheciia + gostei.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  7. Pesquisei e amei as ilustrações dela.
    Bjks!

    ResponderExcluir
  8. Pelo que vi aqui e na apresentação de parceria com a editora do livro as ilustrações dela são bem sombrias e prefiro + zens, só que arte é art.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Gostei do estilo da ilustradora. Pela entrevista vi que parece uma pessoa bastante culta.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  10. OH. MY. GOD! Eu vi esse livro um dia desses e foi meio que sem querer, mas me apaixonei pelas ilustrações. Eu quero ler esse livrooo! Sério. E você fez uma entrevista com ela. Que chique! ahahaha!
    cronicasdeumdelirante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Acho incrível quem sabe desenhar. É uma das mais belas formas de manifestação artística na minha opinião. Adorei a entrevista.

    http://ymaia.blogspot.com.br/2014/03/concurso-cultural-homenageando-ayrton.html

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.