Resenha- O Encontro Inesperado-Zibia Gasparetto

Lucius(Espírito). O encontro inesperado /pelo espírito Lucius;[psicografado por] Zibia Gasparetto.- São Paulo:Centro de Estudos  Vida & Consciência Editora, 2013.
Em um relacionamento amoroso, uma mulher exigente e intratável, ciumenta, apegada, sufocou o companheiro que depois de sete anos de convivência, não suportando mais saiu de casa. Ela tentara o suicídio uma vez e ameaçava fazê-lo de novo caso ele não voltasse. Os pais dela a julgavam fraca e queriam protegê-la, mas a vida os impediu de socorrê-la. Quando todos pensavam que aconteceria o pior, a vida intercede a seu favor. Os três irmãos: Franco, Gisele e Carlos, surgem nesta história e os fatos começam a mudar. Então aconteceu "O Encontro Inesperado". *Cortesia: Editora Vida e Consciência.

Ficha Técnica
Altura: 23 cm
Largura: 16 cm
Acabamento: Brochura
Edição: 2013
Idioma: português
Número de páginas: 424
Compra: AQUI

Notas 
Capa: 10/10
Conteúdo:04/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral:50/100

Evoluindo a alma
Por Paloma Viricio 
Visão Geral
Seu corpo de carne pertence ao mundo material e um dia você o abandonará na Terra. Mas continuará vivo, evoluindo em outras dimensões do universo para conquistar a sabedoria, pois seu espírito é eterno”,p . 299. O Encontro Inesperado é um dos mais recentes lançamentos de Zibia Gasparetto e fala sobre amor, perdão e evolução espiritual. Estava bastante ansiosa para ler o livro, só que infelizmente ele me decepcionou em algumas partes.

A trama conta principalmente a história de Ivo que é casado com Miriam, uma mulher deveras ciumenta e controladora. “Naqueles minutos desagradáveis ela avaliou o que Ivo teria passado durante os sete anos que vivera com eles. Entendia perfeitamente que ele não tinha mais condições emocionais de continuar suportando aquela vida”, p. 109. Sem suportar mais a vida levada no cabresto, Ivo toma uma decisão importantíssima que iria transformar de forma ímpar a vida dos dois: decide se separar de Miriam.

Li O Encontro Inesperado, gostei, mas me decepcionei um pouco porque esperava mais. O final não me surpreendeu, na verdade nenhuma parte me impressionou de alguma forma, lendo e conhecendo os personagens já podia prever o que aconteceria, mas ainda nutria esperança que a história fosse me deixar abismada em algum momento, algo que não chegou a acontecer.“Juntos ou separados, sei que isso será possível porque as experiências vão mostrando a verdade das coisas. Mas vai depender de como cada um encara e decide a própria vida. Pense em tudo que conversamos. O que aconteceu aqui esta noite mostrou para todos nós, e principalmente para você, que nosso espírito é eterno”,p.211. Os personagens até que foram bem simpáticos, me contagiaram, principalmente os irmãos espirituosos: Franco, Gisele e Carlos. Eles eram bem tranquilos e sempre se mostravam prestativos, atenciosos e ajudavam a quem precisa-se... notava-se de longe que eram seres iluminados.

A escrita da autora é boa apesar da história ser clichê. O leitor ao iniciar a leitura se vê fisgado pela trama e curiosidade de saber o que acontecerá depois da separação de Ivo e a esposa. Miriam foi a única personagem que me irritou um pouco inicialmente, mas depois me coloquei no lugar dela e apreciei a evolução que foi desenvolvida no decorrer da trama. Outro ponto negativo que me incomodou foi a falta de descrição em algumas partes do livro. Achei que alguns acontecimentos aconteciam muito rápido, sem riqueza de detalhes e ficava frustrada ao receber aquela narração crua. O Encontro Inesperado é uma obra grande, tem 424 páginas e outro ponto negativo que me irritou foi a repetição de situações, termos e acontecimentos durante a história...desnecessário porque ao ler parecia que já tinha batido naquela tecla e era preenchida por uma sensação de Déjà vu. O livro é bom, mas não entrou para os meus favoritos por causa dessas irritações que ele me proporcionou como leitora, por ter uma história clichê e não me surpreender em nenhum instante. Indico para aqueles que desejam aprender um pouco mais sobre espiritismo (mesmo sendo um romance), obter reflexões e mensagens positivas sobre corpo e a alma. “ Mais equilibrados, recordaram aqueles acontecimentos e sonhavam poder ficar juntos dali para frente. Isso só lhe seria possível quando entendessem que o mal é resultado da ignorância e que a vingança, além de inútil, só traz desequilíbrio e infelicidade”, p.356.

Design e Diagramação
 A capa é muito bonita, a editora Vida e Consciência está de parabéns nesse quesito... fiquei encantada. As folhas são brancas o que cansa mais rápido a visão, mas o tamanho da fonte é grande e a leitura torna-se bastante confortável. O livro é recheado de mensagens e imagens de flores, bem criativo e ilustrado.

Sobre a autora
Zibia Gasparetto e suas obras contribuem para o fortalecimento da literatura espiritualista no mercado editorial e para a popularização do espiritualismo. Seus livros também já foram publicados em português, espanhol, inglês e japonês. Nascida em 1926 em Campinas, interior de São Paulo, Zibia tornou-se escritora psicografando livros. Sua ligação com o mundo espiritual começou aos 22 anos de idade e o primeiro livro que escreveu foi o romance O amor venceu, ditado pelo espírito Lucius e lançado em 1958. Hoje, aos 86 anos, é autora de mais de 40 livros, entre romances, crônicas e livros de pensamentos, e continua trabalhando em diferentes obras simultaneamente.

Postagens Relacionadas




Licença Creative Commons
O trabalho Evoluindo a Alma de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos. 

17 comentários:

  1. Sou louca para ler esse livro!
    Bjoss
    www.blogobabado.com

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito fã de livros espiritas, então nem posso falar nada sobre o assunto. Uma pena o livro ter lhe decepcionado e não ter te surpreendido de forma alguma. Tem post novo lá no blog, passa lá.
    http://j-a-santos.blogspot.com.br/
    Abraços,
    J. A. Santos

    ResponderExcluir
  3. Quando li a sinopse pensei que seria legal! Mas pelo visto não é lá essas coisas :P

    ResponderExcluir
  4. Olá Paloma,

    Já li inúmeros livros da Zíbia Gasparetto, inclusive esse primeiro dela que você menciona (O amor venceu). Os primeiros livros dela foram muito melhores. Li certa vez um comentário a respeito dos livros mais recentes dela, mas não vou mencionar pois pode tratar-se de uma crítica equivocada e implica em julgamento. O importante é que dos livros da Zíbia pode-se extrair grandes lições para o aprimoramento espiritual. É uma interessante leitura para quem se interessa pela questão espiritual. Eu gosto e costumo emprestar os livros para todos que pedem (e muitos não devolvem-rs...Não me importo, mas gostaria que eles estivessem circulando e não pegando pó em alguma estante).
    Parabéns pela resenha. Está ótima.

    Grata pelo gentil comentário. Meu blog foi mesmo criado com o fim específico de espalhar mensagens de esperança, otimismo e força para aqueles que eventualmente precisam e observo, pelo registro de visitantes (não comentaristas) que há muita gente interessada nesse tipo de leitura.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Minha vó adora os livros da Zibia! Não li nenhum ainda, mas ela sempre fala que é bom!

    xoxo :*

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho um livro da Zíbia aqui, mas nunca li. Chama-se "Laços eternos", já leu? Se não leu, e como gosta do gênero, eu poderia te enviar, já que provavelmente não vou ler por não fazer o meu tipo (risos).
    E olha, que beleza, suas resenhas são sempre bem construídas.
    Um abraço, queridona.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  7. Não gosto de livro assim não viu. Só que gostei de ler o que você escreve

    ResponderExcluir
  8. Que legal o livro, pena que não gostou muito mas vou querer ler.
    Bejoks

    ResponderExcluir
  9. Que imagem linda você usou para ilustrar a resenha comadre. Parabéns, ficou divina. Só que como você já li livros dessa autora e não tive muita apreciação.
    Beijos e queijos

    ResponderExcluir
  10. Essa de mulher ciumenta é tão clichê...ai sei lá não me chamou atenção não.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Parece bom para quem gosta do tema, eu não me interesso muito não.
    XoXO

    ResponderExcluir
  12. Sério que vocÊ não gostou do livro? Eu li ele recentemente porque minha mãe adora a Zibia e compra sempre os livrs dela. E gostei muito, me puxou até o final. kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Paloma!

    Pelo jeito, é uma boa pedida! Gostei da resenha!

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  14. Sim, apesar da história parecer clichê, todos falam que os livros dela são encantadores! Gostei da resenha :}


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  15. Lind a capa!! Já o tema, não é minha praia heheheh...amiga desejo a vc tudo de bom, boa semana e fica com Deus.
    Bjs
    Ps.: Estamos ficando muito sumidas heheheh :p

    ResponderExcluir
  16. Achei a história, pela sinopse, não muito interessante. É que livros espiritas não são o meu "forte", sabe? Mas, conheço bastante gente que adora os livros da Zibia.
    Beijos e boa semana, Paloma <3

    ResponderExcluir
  17. Minha mae gostaria muito desse, aposto!

    Beijos

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.