Marcelo Cezar desvenda um dos grandes mistérios do Edifício Joelma em seu novo romance

Título: Treze almas                                                                                   Autor: Marcelo Cezar, inspirado pelo espírito Marco Aurélio
Número de páginas:
 480
Formato: 16 x 23 cm
Preço: 42,90
ISBN: 978-85-7722-237-7
           

Em 1974, o centro de São Paulo foi palco de uma tragédia marcante. Um incêndio no Edifício Joelma deixou aproximadamente duzentos mortos — entre eles, treze pessoas que ficaram presas em um dos elevadores e cujas identidades nunca foram descobertas. Mas uma dessas almas revela-se e narra sua história para Marcelo Cezar, por meio do espírito Marco Aurélio.
Em seu 15º romance, Treze almas, publicado pela Editora Vida & Consciência, o autor do best-seller O amor é para os fortes apresenta a surpreendente história de Lina, uma moça nascida no sertão nordestino, que, após vivenciar uma série de acontecimentos tristes e marcantes, muda-se para Teófilo Otoni, em Minas Gerais, e passa a viver com um casal que a acolhe como filha. Teimosa, inflexível, muito resistente às mudanças, mas de bom coração, Lina não se dá conta que cultivar valores extremistas só lhe causa dor e sofrimento.
Na casa de seus pais adotivos, a personagem conhece Melissa, afilhada do casal, e logo uma amizade profunda e verdadeira nasce entre elas. A conexão é imediata, e Lina percebe que a verdadeira ligação entre as pessoas se dá pela alma, pois é ela que abriga os sensos que movem o indivíduo em sua existência.
Após descobrir fatos reveladores que envolvem sua família, Lina decide construir uma nova vida e muda-se para São Paulo. É quando seu destino vai de encontro à tragédia do Edifício Joelma, local marcado por energias pesadas por ter sido cenário de muitas mortes, como o açoitamento de escravos durante os séculos 17 e 18 e um assassinato envolto por mistérios — também revelado no romance —, conhecido como “crime do poço”, que aconteceu na década de 1940.
Repleta de personagens marcantes e surpreendentes, a narrativa de Marcelo Cezar mostra a importância de superarmos padrões comportamentais fixos e nocivos e ainda desvenda o mistério das treze almas e de que forma os milagres acontecem.

Sobre o autor: Marcelo Cezar é um dos principais escritores do país, cujos romances enfatizam a espiritualidade de maneira natural e proporcionam ensinamentos para uma vida melhor. O autor já vendeu, ao todo, mais de um milhão e meio de exemplares e tem se mantido nas listas de best-sellers desde 2003. Conheça mais sobre o autor: marcelocezar.com.br  ou www.vidaeconsciencia.com.br
Fonte: Editora Vida e Consciência

9 comentários:

  1. Oi Pam!
    Nuuunca tinha ouvida falar da obra, nem do autor! Me atiçou, e muito, a curiosidade!
    Pode ser mórbido, mas gosto de livros que abordam fatos históricos, principalmente os trágicos.
    Parabéns pela resenha está ótima!

    um beeijo Lara
    http://meusmundosnomundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha,estava com muitas saudades,
    e a partir de hoje começo a ler alguns dos livros que vc recomendou.
    Beijos
    http://pinagirlscris.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia
    Esse livro, mas achei super interessante
    Parabéns pela resenha
    Já estou seguindo *~

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não costumo ler literatura de cunho espírita, mas já ali alguns livros. Não conhecia o autor e achei a premissa do livro interessante. Mas não sei se leria nesse momento.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
  5. Parece uma incrível história. Fiquei encantada com o fato de pegar um acontecimento que chocou o país e fazer um livro.
    Adorei, Paloma.

    M&N | http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Puxa! Com certeza um livro que vai para os meus desejados.
    Sou espírita e sei o quanto os romances trazem luz e lições importantes sobre tudo o que desconhecemos. E o tema, além de curioso e doloroso, nos faz refletir sobre a importância do agora e de nossas boas ações.
    Beijo!

    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  7. Oii..
    Ainda não tinha ouvido falar na obra.
    Apesar de não gostar tanto da descrição a principio, daria uma chance para a leitura.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não leio muitos livros nesse estilo por falta de oportunidade mesmo; esse me pareceu interessante e eu leria. Já sabia um pouco sobre a história do edifício Joelma.
    Sorteio do livro "Fahrenheit 451" no blog, participe: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  9. Não sei se iria ler o livro, mas gostei em conhecer o autor.
    Para quem gosta de livros assim parece ser bem interessante!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.