Resenha- Primeiro Amor- James Patterson

Patterson, James. Primeiro amor/James Patterson, Emily Raymond; tradução Elaine Cristina Albino de Oliveira. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.
Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas. *Cortesia: Editora Novo Conceito.



Ficha Técnica
Autores: JAMES PATTERSON
Título: Primeiro amor
ISBN: 9788581633909
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2014
Edição: 1
Número de páginas: 240
Formato/Acabamento: 16x23x1,5
Peso: 0.33 kg
Preço Sugerido: R$ 29.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE
Compra: Aqui

Notas 
Capa: 10/10
Conteúdo:10/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral:100/100 


O Amor Verdadeiro é Inesquecível 
Por Paloma Viricio
Visão Geral
Naqueles breves instantes, abandonei minha reputação de menina certinha de cidade pequena, como se fosse um suéter velho e feio, e a queimei nas chamas da insígnia da Harley. Éramos fugitivos. Criminosos. Eu e Robinson. Robinson e eu”, p.33. Há amores que perpetuam em nossa mente sem restrições, seja o primeiro, verdadeiro ou bandido, o fato é que quando encontramos alguém especial, devemos fazer valer cada segundo.

Para isso, Robinson e Axi Moore decidiram largar todos os compromissos e cair no mundo. Entretanto, ainda não poderiam imaginar que o amor iria acontecer entre eles. Era uma amizade muito grande embalada por doces, alucinados encontros. Axi sempre foi uma menina comportada, com ela não existia o “sair um pouquinho da linha” até ter a oportunidade de viver uma vida fora da lei com o melhor amigo. E foi convivendo com esse rapazinho completamente louco que ela descobriu o Primeiro Amor. “Robinson me fazia sentir o tipo de felicidade que não sentia desde que era criança, quando minha família ainda estava inteira. E ele me fazia sentir... um tipo de agitação que nunca senti antes na vida. Como eu poderia voltar a ficar sozinha, ficar sem ele, agora que eu sabia que todos esses sentimentos eram possíveis?”, p.90.

Estava ansiosa para ler esse livro somente porque foi escrito por James Patterson, autor que tenho grande admiração. Só que não poderia imaginar que se tornaria um dos meus favoritos, me surpreenderia em proporções inexplicáveis e fosse mexer tanto com meus sentimentos. “Agora, enquanto viajávamos em silêncio durante uma manhã de céu aberto, eu queria tanto escorregar para seu lado do banco... Queria colocar minha mão em sua perna e sentir o tremor de sua reação percorrer-lhe o corpo. Queria dizer: Encoste e me beije”, p. 119. A prova disso é que o li em uma única tarde, algo que só tinha acontecido anteriormente com outro livro do autor: O Diário de Suzana para Nicolas. Nunca pensei que encontraria outra obra tão boa a ponto de me fazer navegar na história e não desejar parar até virar a última página (literalmente).

O livro é dividido em duas partes. Inicialmente pensei que fosse apenas um romance bobinho de adolescentes malucos que saíam por ai roubando carros e fazendo besteiras, mas me enganei. Hoje, após concluir a leitura tenho certeza em afirmar que mesmo que o fosse não me importaria, antes de acontecer o grande “boom” da trama eu estava gostando e dando altas gargalhadas com essa dupla que apelidei carinhosamente de Bonnie and Clyde adolescentes (Risos). O livro é narrado em primeira pessoa pela Axi, a descrição de Patterson e Raymond (autora que escreveu Primeiro Amor em parceria com ele) é perfeita. Não me senti apenas mera leitora, parecia que era uma observadora da história de perto. Conseguia sentir o cheiro, o gosto, as travessuras dos personagens... muito emocionante, por horas estive na pele desses dois jovens. Não encontrei nenhum ponto negativo, amei cada página... tudo! Fiquei muito feliz em ter a oportunidade de conhecer mais uma obra do autor, só fico triste por não ter lido Primeiro amor no mesmo instante que chegou na minha casa. “Penso no que eu não disse naquela noite, que é o seguinte: as estrelas que vemos não são estrelas reais. Nós vemos a luz que elas emitiram há milhões de anos, mas que só agora alcançam nossos olhos. Nós não vemos uma estrela, mas sim uma memória”, p. 237.

Design e diagramação
A capa do livro é bonita, mas poderia ter sido mais elaborada... sei lá, ficou muito comum. Entretanto, o que vale uma capa quando o livro é ótimo? Nada, né? (Risos) O miolo é confeccionado em material polen, com letras e espaçamento agradáveis para a leitura. O que me agradou muito foi o fato dos capítulos serem curtos, acredito que isso também contribuiu para acelerar minha leitura.

Sobre o autor

James Patterson é um romancista nova-iorquino conhecido por seus livros de suspense, mistério e magia que agradam tanto aos adultos, quanto aos adolescentes. Ícone da cultura pop, Patterson já apareceu na série Os Simpsons e fez uma ponta, como ele mesmo, em Castle. Ganhador do prêmio Autor do Ano (2010) da Forbes, é também de James Patterson o recorde de escritor com o maior número de títulos entre os mais vendidos (76) do The New York Times. Casado com Susan Patterson, o casal vive a maior parte do tempo na Flórida. Fonte: Editora Novo conceito.

Outros livros do autor

Licença Creative Commons
O trabalho O Amor Verdadeiro é Inesquecível de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  


Encontre  Monólogo de Julieta  também no:

21 comentários:

  1. Nossa, a história é bem envolvente, né? Fiquei impressionada e com vontade de ler! Mas tô tão imersa na saga das Crônicas de Gelo e Fogo que acho complicado ler outra coisa até fim do ano hahah


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  2. Awwwwwwww, super amei a sua resenha, quero muito ler esse livro! Preciso arranjar um melhor amigo que seja secretamente apaixonada pra sair pelo mundo também, haha :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Paloma, que bom que o livro te encantou. Estou terminando de lê-lo e, para ser sincera, não curti muito. Achei raso demais, embora quisesse muito ter gostado mais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. tipo não é um livro que eu leria, pq não curto nada do autor ma gostei de um livro dele esses tempos. aquele caçadores de tesouros, é bem legal.
    quem sabe um dia eu de uma chance pra esse livro.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  5. Oi Paloma :)

    Mentiria para você se falasse que não tenho interesse nesse livro, mas também não estaria sendo honesto dizendo que morro de amores. É meio à meio, espero ler em breve. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu ganhei esse livro mas ainda não o li, porém, estou bem ansiosa pela leitura e nossa, espero gostar tanto quanto você. Nunca li nada do autor, mas sempre tive curiosidade, afinal, ele está sempre por ai com livros novos haha de vários gêneros.
    Adorei a resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/07/resenha-pluvia-erica-azevedo.html

    ResponderExcluir
  7. Não sei, eu gosto de uma historinha de amor, mas essa não me convenceu muito. Não parece que iria me agradar
    =\


    Beijinhos
    Nath | Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu amei o livro O diário de Suzana para Nicolas, um livro muito emociante! o autor escreve muito bem, sua leitura é leve.
    Acho que ia gostar do livro, acho que capítulos curtos é uma marca do autor hehehehe

    Beijos
    Parabéns pela resenha =)

    ResponderExcluir
  9. Olá, Paloma.

    A história parece ser bem legal. Não tanto inovadora, mas que pode surpreender. Concordo com você que a capa poderia ter sido melhor.

    Nunca li nenhum livro do autor, mas tenho curiosidade em conhecer a escrita dele. O outro livro que você citou na resenha, O Diário de Suzana para Nicolas, é um dos tantos que eu pretendo ler.

    É maravilhoso quando nós pegamos um livro e o "devoramos" de uma vez só.

    Ótima resenha. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a forma com que apresenta uma obra. Opina e estimula a leitura. Quando comecei a ler, imaginei, também, um romance bem leve de adolescentes, mas pelo que afirmou, vai além disso. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Antes do livro ser lançado aqui eu já tinha vontade de ler ele!
    Adorei a sua resenha, e despertou mais vontade ainda de ler ao descobrir outros pontos sobre o livro. Porque quando li a sinopse pela primeira vez, me pareceu que seria mais um romance "normal", mas claramente é mais que isso. Preciso fazer a leitura dele urgentemente! hahaha

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ótimo, fiquei com vontade para ler!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Paloma,

    Li e resenhei esse livro no blog, gostei demais e achei melhor do A Culpa é das Estrelas, livro mais do que recomendado....parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente adorei. Não tem como não gostar dessa narrativa que o autor usa. É inebriante, viciante. A resenha ficou ótima e passou todos os sentimentos sem dar spoiler. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oii Paloma tudo bom? Quanto tempo! Adorei o nome e design do blog *-*
    Bom quanto à esse livro desde que lançou eu to louca pra ler, depois da sua resenha então eu fiquei mais louca ainda! Só li um livro do Patterson e foi justamente "o diario de Suzana para Nicolas" e amei!! Espero ter a oportunidade de ler esse *-* otima resenha!
    beijos

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Esse livro me pareceu muito adolescente, só que gostei da sua resenha e até favoritou, deve ser bom mesmo.
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Parece um livro interessante mas não sei se leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Vi que você leu rapidinho mesmo kkk gostei

    ResponderExcluir
  19. Não gosto muito de romance mas esse parece fofo
    Beijos e queijos

    ResponderExcluir
  20. Gosto desse autor e acho que ia curti o livro
    bjks

    ResponderExcluir
  21. Já li esse livro e é de deixar a pessoa tonta de emoção.kkk
    Beijos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.