Entrevista com escritora Bianca Sousa

Olá meus leitores!O Monólogo de Julieta traz entrevista com a autora Bianca Sousa que escreveu Eterna- O Som do amor. Vamos conferir?

Sobre o livro
UMA HISTÓRIA SOBRE AMOR, MORTE E DEPOIS.Bernardo Milano é um violoncelista talentoso que tem sua vida arrancada de forma abrupta: é assassinado no dia de sua estreia como solista no Theatro Municipal de São Paulo. 

O crime choca todo o país, em especial a cientista Cecília Ferreira que sem saber, faz um trato com uma entidade voodoo. Bernardo desperta de seu túmulo, mas o milagre veio acompanhado de uma maldição: se de dia ele vive, à noite sua verdadeira face cadavérica é exposta. 
Contra todas as (im)possibilidades, Cecília e Bernardo recebem do destino uma segunda chance. Conseguirão burlar a morte e fazer com que esta não se revele um caminho sem volta?


Monólogo de Julieta-Como iniciou o desejo de ser escritora?
Bianca Sousa-Sempre escrevi como hobby, mas só recentemente percebi essa força dentro de mim para me tornar escritora “de verdade”! A gente tem aquela mania de achar que trabalho tem de ser chato para ser trabalho. 

Mas então, um dia, enquanto escrevia um post pro meu blog, me veio a ideia de um conto, comecei a escrevê-lo e quando dei por mim, o conto virou romance. Era Eterna. Os personagens pareciam se mondar com facilidade na minha cabeça, a história foi se desenrolando naturalmente e quando percebi, escrevia meu primeiro romance e descobria que amava fazer aquilo.

E não,  não é uma profissão fácil, mas nenhuma é. Se quiser ter sucesso e viver daquilo que você ama, tem de se esforçar.

Monólogo de Julieta-Nos conte um pouco sobre o universo de Eterna. De onde tirou inspiração para criá-lo?
Bianca Sousa-Eterna fala sobre a vida, a morte e o que acontece no meio. Reuni no livro, amores de todos os tipos, desde amor romântico a amor fraternal e mesmo amor por algo que você faz.

Bernardo Milano é violoncelista e representa a criatividade, o amor pela arte, o belo, incerto, o efêmero, a vida.

Cecília Ferreira, cientista cética de tudo, incluindo do amor, é a parte racional da trama, é a realidade nua e crua. Entretanto, encontra em Bernardo um  mundo que ela jamais imaginou.

O encontro de Cecília e Bernardo é a busca por equilíbrio que todos procuramos. É também o momento na vida em que descobrimos que nossas verdades não são assim tão certas, e o mais importante de tudo é que o amor tudo pode.

Ah, outro fato bacana é que a cidade de São Paulo faz as vezes do cenário de Eterna.

Monólogo de Julieta-Que personagem de Eterna você seria? Por quê?
Bianca Sousa-Uma das coisas diferentes em Eterna é que os personagens são bem reais. Todos têm suas dores e delícias de serem quem são. Talvez eu fosse o Pedro, melhor amigo de Bernardo,  pois Pedro é um cara muito alto astral que não se deixa abalar.

Monólogo de Julieta-Eterna é uma trama de um livro ou terá outros?
Bianca Sousa-Em épocas de triologias, Eterna é único. Pelo menos por enquanto!  Rs

Monólogo de Julieta-Como surgiu a escolha do nome do livro?
Bianca Sousa-Um dos meus personagens principais,  Bernardo Milano, violoncelista que volta à vida (depois de ter sido assassinado), passa a viver de forma mais ciente e verdadeira. Hoje, ele sabe que existem poucas coisas pelas quais vale viver ou morrer. O amor é uma delas. É o que o faz eterno. Por isso, através da música e do amor, ele descobre o verdadeiro significado de amor eterno. Eterna é o nome da música que Bernardo compôs para Cecília, cientista e, amor da vida dele.

Monólogo de Julieta-Seu livro mistura romance e fantasia, certo? Sempre se interessou por esses dois gêneros?Se pudesse destacar uma personagem em especial qual seria? Por quê?
Bianca Sousa-Eu amo histórias de amor. Amo histórias de fantasia.  Juntar meus dois amores num livro só é muito amor! São gêneros diferentes, mas que combinam muito bem.
Como já falei bastante do Bernardo por aqui, agora vou falar dela, a protagonista da história Eterna: Cecília Ferreira, cientista brilhante, mulher forte, guerreira, independente e mega inteligente. Ela tinha essa curiosidade mórbida por descobrir o que fazia um conglomerado de células, no caso, qualquer corpo, ter vida e simplesmente um dia morrer. Para onde ia aquela energia, aquela vida? Sem querer e sem saber, conhece uma entidade voodoo que lhe dá uma lição. O que mais gosto dessa personagem é que ela é a alusão da luta interna do racional x irracional. Como cientista, ela acredita no que é mensurável, no que é provado, entretanto, sua vida vira de cabeça para baixo quando encontra Bernardo, prova palpável de que o irreal e absurdo existem.

Monólogo de Julieta-Sobre qual tema escreveria um outro livro?Por quê?
Bianca Sousa-Ah, eu sou uma pessoa muito eclética, então vocês podem esperar qualquer coisa de mim, mesmo!

Monólogo de Julieta-Como seria seu paraíso literário?
Bianca Sousa-Uhmmm... que o mercado de distribuição e cadeia de livrarias não fossem tão limitados e fechados.
Outra coisa importante que já está acontecendo é o interesse de editoras por obras brasileiras. E embora existam pesquisas dizendo o contrário, o brasileiro está lendo mais sim!

Monólogo de Julieta-Você publicou seu livro apenas no formato e-book pela Amazon?
Bianca Sousa-Num primeiro momento sim. A facilidade de publicação mais o público que a gigante Amazon tem, é de uma ajuda enorme para quem está começando. Além disso, me agrada muito a plataforma digital. Sei que para alguns leitores isso é um diferencial super bacana e bem quisto! 

Mas a boa notícia para aqueles que preferem os livros físicos é que Eterna terá versão impressa para essa Bienal já!!! E para quem está ansioso,  pode encomendar pelo meu site. 



Monólogo de Julieta-Como a "era" de livros digitais está contribuindo para a ascensão de novos autores?
Bianca Sousa-Como eu disse lá em cima, a Amazon já é referência no mercado de livros digitais. Lá fora, assim como no Brasil, é pioneira no segmento. Isso porque o sistema de auto publicação é eficiente e abrange leitores do mundo todo. É sem dúvida, uma porta pro mundo. 
O que os escritores precisam ter em mente é que mesmo sendo uma plataforma que facilita a publicação independente,  é necessário cuidados com o produto livro. Isso é, oferecer um livro de qualidade, com formatação boa, revisão gramatical excelente,  enredo interessante, capa profissional. Não é porque é independente que é amador. As pessoas têm um costume muito errado de  confundir essas duas coisas.

Monólogo de Julieta-Como sente-se com a receptividade das pessoas que leram sua obra?
Bianca Sousa-Sinto-me nas nuvens! Risos. O retorno que estou tendo dos leitores está sendo muito positivo. As pessoas estão gostando muito, mais ainda, estão se surpreendendo. Muitas delas acreditavam que Eterna era apenas mais uma história de amor, quando na verdade fala sobre escolhas,  relacionamentos (no sentido amplo da palavra), morte, perda e amor eterno.

Monólogo de Julieta-Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Bianca Sousa-Tem muito talento na nossa terrinha, até injusto citar apenas um! Mas já que o tenho de fazer, vou falar dele, o imortal Machado de Assis: de uma simplicidade rica, seus textos transmitem verdades cruas, às vezes romantizadas, às vezes irônicas. De uma forma ou de outra, ele serviu como exemplo de como é possível escrever bem, de forma simples, sobre qualquer assunto.

Monólogo de Julieta-Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Bianca Sousa-J.k. Rowling pelo simples fato de ter escrito Harry Potter! E ter me feito apaixonar (de verdade) por livros. Sem ela, talvez,  hoje não estivesse aqui falando de Eterna.

Monólogo de Julieta-Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Bianca Sousa-Desistir jamais! Haverá momentos que você vai achar que seu esforço não vale a pena, que tudo que você escreveu é uma porcaria! (risos). Esqueça isso imediatamente e foque no objetivo. Se é ser escritor, persista!


Monólogo de Julieta-Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Bianca Sousa-
Uma pessoa: meu marido. Essa pessoa me fez aprender tanto de tudo!
Um desejo: conhecer o mundo! Adoro viajar.
Um livro: vou falar de um que está na moda agora, mas que é lindo e muito bem construído: A culpa é das estrelas de John Green
Uma música: a primeira que me veio à cabeça foi "a valsa das flores" do Tchaikovsky. Me lembra muito contos de fadas. Sou uma pessoa romântica. Vai ver é por isso!
Uma comida: essa é difícil, gosto de comer muita coisa!!! Gosto de experimentar! 
Uma bebida: Água!!!
Uma frase: “Não sabendo que era impossível foi lá e fez.” Jean Cocteau
Animal de estimação: cachorro
Filhos: quem sabe um dia! rs
Dinheiro: Não é fonte da felicidade, mas é bom/necessário ter algum.
Felicidade: está no momento.
Fama: devia vir por merecimento, não por "Q.I".
Religião: cada um com a sua, o importante é fazer o bem ao próximo e a si mesmo. 
Blogueiros: parceiros maravilhosos!
Falsidade: tô fora! Corto logo. 


Sobre a autora

Bianca Sousa é romancista, contista, cronista, blogueira. Gosta mesmo é de escrever. Participou da coletânea "A arte de enganar o Google" publicado pela editora Terracota em 2013. Em janeiro de 2014 publicou o conto solo “O dia que o Sol não nasceu”. E em abril de 2014 estreou como romancista com o livro “Eterna: o som do amor”. Casada, viciada em séries e chocolate, gosta de histórias que a fazem chorar, mas adora rir também. Do Rock à música clássica, aprendeu a “dançar conforme à música”. Não à toa, tem uma vida agitada como qualquer paulistana, mas não abre mão de um fim de semana sossegado na companhia de seus dois cachorros e um gato danado.

Contato

È autor ou tem um blog e quer ser entrevistado pelo Monólogo de Julieta? Basta enviar um mensagem pela página Contato através do formulário. 


Encontre  Monólogo de Julieta  também no:

4 comentários:

  1. Bom dia querida Paloma.. mais uma bela entrevista.. gostei muito do que li..
    pois é bem assim que acontece, as coisas se moldam naturalmente em nossas cabeças.. meus versos é assim.. romances não tenho a intenção de adentrar por enquanto.. nem sei se seria tão bom.. visto que assim como a Bianca.. muitos conseguem ser bem criativos neste meio..
    beijos de bom dia mocinha e sucesso a escritora

    ResponderExcluir
  2. Bem legal a entrevista gostei de ver a autora falando do mercado de livros digitais e que é importante para novos autores! Não li Eterna, mas gosto de romances com fantasia! XD

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Olá, Paloma.
    Adorei a entrevista. A Bianca é super simpática. Não a conhecia, nem o seu trabalho. Um dia, também quero escrever um livro e essas histórias são inspiradoras. Beijos! Sucesso...!!!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que linda. Ela parece ser uma fofa.
    beijs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.