Resenha- Amigas Para Sempre- Kristin Hannah

Hannah, Kristian. Amigas para sempre/Kristian Hannah [tradução de Cássia Zanon]; São Paulo: Arqueiro,2014.
Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar. *Cortesia: Editora Arqueiro.

Ficha Técnica
Título Original: Firefly Lane
Tradução: Cássia Zanon
Páginas: 448
Formato: 16 x 23 cm
Peso: 530 g
Acabamento: brochura
Lançamento: 10/02/2014
ISBN:9788580412512
Preço: R$39,90
Preço E-Book: R$24,99
Onde Comprar: AQUI 


Notas 
Capa: 09/10
Conteúdo:07/10
Diagramação:10/10
Conceito Geral:65/100


O amor de uma amizade
Por Paloma Viricio
Visão Geral
Tully sorriu. Fazia anos que não pensava naquele verão. 1974. O começo de tudo. Conhecer Kate havia mudado sua vida, e tudo porque as duas ousaram ir uma em busca da outra, ousaram dizer quero ser sua amiga”, p.303. Tully Hart e Kate Mularkey se conheceram por acaso, mas não foi pelo mesmo motivo que tornaram-se melhores amigas.Depois de um acontecimento difícil com uma das meninas, elas passaram a ser o alicerce da outra. E assim pretendiam ser para todo o sempre...

Só que não foi isso que aconteceu. Tully sempre foi a mais destemida das duas, muitas vezes fazendo coisas sem pensar. Já Kate era totalmente diferente e a que sempre dava o braço a torcer quando uma briga entre as elas surgia. E quando isso não aconteceu? Será que uma amizade tão forte poderá ser abalada? “Então elas enxergaram o lugar pelos olhos uma da outra. Quando ficaram de pé juntas no alto da colina, em vez de árvores altas e buracos enlameados e montanhas distantes cobertas de neve, elas viam todos os lugares aonde um dia iriam”, p.09.

AmigasPara Sempre é um dos livros mais interessantes que já li porque quando observei a sinopse, o título e a capa, não esperava que fosse encontrar toda a trama que achei. É a primeira obra que leio de Kristin Hannah, devo confessar que fiquei de queixo caído com a descrição da autora e o modo como ela leva o roteiro da história. É um livro grande, alguns momentos foram bem lentos e isso me incomodou um pouco. Acredito que se a obra fosse menor, teria o mesmo brilho que esta teve e não faria diferença alguma...no lugar da autora cortaria alguns trechos nostálgicos demais.  O leitor pode acompanhar as meninas desde a adolescência até a faixa dos 40 e poucos anos, com isso torna-se muito íntimo, sabendo exatamente como cada uma irá agir mediante a alguma situação. Amigas Para Sempre é um livro muito bom, mas que pouco me surpreendeu ou demonstrou algo inovador. É apenas mais uma história com muito do mesmo, com cenas e sequela bem previsíveis.

O final foi torturador, não gostei do desfecho, até entendi o alerta que a autora quis passar, mas achei muito desnecessário. Não posso falar muito porque senão corro o risco de passar algum spoiler, mas tenho que dizer que o final foi muito forçado. Fala sério...porque tinha que acontecer o que aconteceu logo com a Kate? Não que a Tully merecesse...mas, enfim, quem ler irá entender meu ponto de vista, acredito que pode até mesmo acolher o sentimento que tive. O bom de tudo é que ninguém é perfeito. Eu me identifiquei tanto com as duas amigas. Cursei jornalismo e no início da faculdade tinha muito de Tully, mas depois passei a ser como Kate, vi que aquele sensacionalismo barato que coloca o sentimentos dos outros a qualquer prova não era algo que queria para minha vida. Me identifiquei novamente com a Tully por ser a mulher guerreira, trabalhadora, decidida e mais uma vez com Kate ao ser madura frente a qualquer situação, alimentar o sonho de ser escritora e ainda enfrentar a fúria do senhor tempo que nunca para.

Um livro bom, que irá emocionar o leitor em várias partes, não se tornou meu favorito, mas foi um grande concorrente ao cargo. Espero ler outras obras de Kristin e amar. Uma dica para os leitores...Não leiam a sinopse da continuação, Por Toda a Eternidade, sem terminar de ler Amigas paraSempre....Tem um big spoiler nela. “Na infância, ela esperava ansiosamente por esse clima, rezava meses a fio por ele, e não sem motivo. Coberta de neve, a alameda dos Vaga-lumes parecia cenário de conto de fadas, um lugar onde nada poderia dar errado, onde uma garota deveria conseguir simplesmente dizer á família que havia mudado de ideia”, p.130.

Design e Diagramação
A letra do livro não é das maiores, mas o espaçamento até que é confortável. A capa é muito fofa, simples e bonitinha. Passa a sensação que irá encontrar uma historinha boba de pré-adolescente, mas não se engane como me enganei! (Risos) As folhas são em material polen.

Sobre a autora

Kristin Hannah é autora de 18 livros que já venderam mais de 8 milhões de exemplares no mundo. Ela largou a advocacia para se dedicar à sua grande paixão: escrever. Tem um filho e mora com o marido no noroeste dos Estados Unidos e no Havaí. Fonte: Editora Arqueiro.


Licença Creative Commons
O trabalho O amor de uma amizade de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

17 comentários:

  1. Oi Paloma, tudo bem?

    Estou doido para ler mais um livro da Kristin - li apenas Jardim de Inverno - porque sei que irei gostar. Sua resenha ficou excelente, vou até indicá-la para os colegas. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Opa, apesar dos pontos negativos, fiquei interessada, talvez até para saber qual foi esse final que devia ser diferente rs Mas a gente quase nunca fica satisfeito com finais, né? Acontece muito! Parabéns pela resenha, Paloma! Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua resenha, o livro tem uma capa (e um título) bonita. Gosto de histórias de amizade.
    Paloma, se você resolver escrever uma carta para um personagem literário (como fiz em Uma Carta para Charlie, lembra?), dá uma olhada nesse projeto: http://bevccmq.blogspot.com.br/2014/09/cartas-personagens-literarios.html :) .

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto desse tipo de trama. Adorei a resenha.

    Beijos

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  5. A capa do livro e´lindíssima nega! A história pelo que você disse é boa, mas como eu já sei o final, ficou até sem graça de ler :(

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Não conheço a autora, mas esta parece uma excelente obra.
    Pelo que pude ver, por conta de como é a personagem, uma amizade fez/faz toda a diferença.

    BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
  7. Eu também nunca li nada da autora, mas já vi dizerem que não davam nada por este livro e que quando viram estavam completamente fisgadas por ele, eu não tenho este exemplar, mas tenciono comprar já que tenho a continuação...

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha,e sua nota esta perfeita,alem do preço que esta maravilhoso,sou colocar na minha lista e se ler e gosta te conto.
    Beijos
    http://pinagirlscris.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Paloma!
    Não conhecia o livro, nem a autora. Gosto quando as críticas são tão boas assim.
    Quero ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Apesar de sua resenha ter ficado ótima, acho que não leria o livro. Não é meu estilo e não gosto muito desse tipo de enredo.
    Ah, já li seu livro. Em breve posto a resenha no blog. *O*

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  11. Odeio quando o fim é torturador e desnecessário, sei que muitas vezes até entendemos o que quis passar, adorei sua resenha, dá pra ver o quão bom é, mas não sei se estou preparada para um desfecho triste, o último que li me deixou semanas triste, tenho lido romances e suspenses, deixando leituras assim pra outro momento, beijinhooos amiga

    ResponderExcluir
  12. Não sabia que esse livro era tão interessante *-*
    Como sempre tuas resenhas são impecáveis!
    Criei outra TAG Literária e para manter a tradição te indiquei <3
    Espero que possa responder s2
    http://www.valeuapenaesperar.com/2014/09/tag-cardapio-literario.html

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Já ouvi falar desse livro, mas não tenho vontade de ler. Ver que você não gostou do final me deixou ainda mais desanimada *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ai, confesso que não me envolveu muito e eu fiquei um pouco decepcionada, sei lá, a história parece que podia ser mais consistente. Mas sua resenha está ótima cooomo sempre!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  15. Paloma, esse daí eu não tenho, tenho apenas o que parece ser "o segundo volume", mas que dá pra ler separadamente, que a Novo Conceito lançou há uns meses. Espero gostar da autora. Que eu tenha mais sorte que você com os livros dela (risos), já que o livro não foi bem do seu agrado, muito menos o final.

    Um abraço.
    Até mais.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  16. Esse livrinho já ta na minha lista, mas agora só mês que vem.

    ResponderExcluir
  17. Comovente, de realidades mais que actuais e que ninguém gostaria de passar. Uma História de todos os tempos com as particularidades do hoje que afecta toda uma Sociedade... infelizmente.
    Um belíssimo tema para ser MEDITADO por todos.
    Boa resenha.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.