Resenha - 1 página de cada vez - Adam J. Kurtz

Kurtz, Adam J. 1 página de cada vez: um diário diferente/ Adam J. kurtz; tradução Giu Alonso. - 1ªed. - São Paulo: Paralela, 2014.
“Pense em alguma coisa que deixa você inseguro e escreva o que é em letras enormes. Use o espaço todo! Olhe bem para o que você escreveu. Agora vire a página.” No seu primeiro livro, o artista gráfico americano Adam J. Kurtz usa provocações divertidas como esta para fazer o leitor refletir sobre sua vida ao mesmo tempo em que testa a própria criatividade. Como o título diz, cada página traz uma brincadeira diferente. Pode ser uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida. O autor também pede para o leitor colar objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhar nas redes sociais algumas das anotações feitas nele. Uma maneira espirituosa e lúdica de buscar o autoconhecimento.*Cortesia: Editora Paralela.
Ficha Técnica
Tradução: Giu Alonso
Capa: Adam J. Kurtz
Páginas: 384 pp.
Formato: 13.80 x 19.00 cm
Peso: 0.41200 kg
Lançamento: 07/08/2014
ISBN e código de barras
9788565530699
Comprar livro 1 página de cada vez

Notas 
Capa: 10/10
Conteúdo:10/10
Diagramação:10/10
Conceito Geral:100/100 


Um diário diferente

Por Paloma Viricio
Visão Geral
Esse é um livro muito interessante que estava ansiosa para resenhar. Ansiedade que deixou meu trabalho um tanto o quanto difícil. 1 página de cada vez é uma obra diferente, pois é um livro interativo que estimula a criatividade do leitor de “N” formas. Na verdade é mais que um livro. Pode ser um amigo (Enfim, todos os livros são grandes amigos para minha pessoa), um diário... você é quem decide o que ele significará para você.

Na classificação está dizendo que é uma brochura de Autoajuda, Autoconhecimento e Psicologia aplicada. Eu concordo e discordo. Digo que sim porque é um livro que sempre estará o estimulando a fazer atividades, instigando suas lembranças, planos para o futuro e também dando várias gostas de incentivo para o cotidiano. Digo que não é um livro de autoajuda porque vai além disso, posso considerar ele como uma espécie de diário, caderno artístico...etc. Aliás os livros de auto ajuda normais, não promovem uma interação tão direta com o leitor como esse. Eles geralmente te dizem como agir em determinada situação. Em 1 página de cada vez, parece que tem uma pessoa que vem dentro do livro, que está ali para te escutar, te estimular, executar atividades em conjunto com você. Entende? È como se não estivesse sozinho.

1 página de cada vez possui 365 atividades para serem realizadas, uma por dia, durante o período de um ano...por exemplo. Entre elas você encontra listas, Playlist’s, desenhos, balanço de conquistas trimestrais, ou ainda páginas sem atividade alguma, somente para que o leitor reflita sobre o que está escrito e etc. O engraçado é que dificilmente alguém irá fazer apenas uma tarefa por dia. Isso porque é muito divertido. Eu peguei o meu e fiz logo umas seis atividades. (Risos) E tem um diferencial. Geralmente a pessoa irá comprar o livro e desvendar os segredos dele sozinha, mas eu resolvi mudar esse conceito, não respondi sozinha. 1 página de cada vez tornou-se uma espécie de diário de lembranças meu e do meu namorado. Estamos fazendo juntos. Está sendo muito legal, bem mais divertido porque ás vezes até brigamos para ver quem faz o quê (Risos). No final das contas eu divido as páginas com grande espaço em duas (com uma linha no meio) e uma parte é minha e a outra dele (Assim não tem briga, risos).

Gostei muito da experiência, aliás, ainda estou gostando porque falta completar muitas outras atividades, mas vamos aos poucos para aproveitar bastante. Só tenho uma crítica... Tem páginas onde o autor pede para que você faça uma atividade como, por exemplo, escrever frases de encorajamento e na página seguinte (que no caso fica no verso da que você acabou de escrever) ele pede para cortar, destacar e outras... tipo você acaba perdendo aquela atividade anterior com isso. Ficou chato... Para minha pessoa não terá tanto problema porque não vou cortar o livro nem que a vaca tussa (Sério, ainda não estou preparada psicologicamente para machucar um amiguinho), mas para outras pessoas isso será um chute no saco (Risos). Fora isso o livro é perfeito, muito estimulante e agradável. Quando você o pega não quer mais soltar!

E tenho visto muitas comparações entre 1 páginade cada vez  e o “Destrua este diário”, mas não vejo muito semelhança entre ambos. O amarelinho é mais um livro de construção do que destruição porque estimula várias atividades que você nem imaginaria fazer e raramente pede para você destacar uma página, rasgar ou algo do tipo. E já o “destrua este diário” é um mutilador de brochuras que só papai do céu sabe! Acredito que a única semelhança entre os dois é que os autores compartilham a mesma profissão: Designer, ilustrador, artista gráfico...enfim. “Quanto ao Termine este livro” ...nem vou comparar. Nada que ver. Porque esse último tem uma “história em si” e os outros dois não. Quanto ao 1 página de cada vez eu aprovo e indico.

Design e diagramação
Essa parte é tudo no livro. Nem vou comentar... (Risos) Aqui vou aproveitar para postar algumas das minhas bagunças. Só não reparem porque sou péssima quando o assunto é desenho. Além disso, estou mostrando fotos de outras páginas que ainda não fiz, mas que é interessante vocês verem!

















Sobre o autor

ADAM J. KURTZ é um artista gráfico americano e Uma página de cada vez é o seu primeiro livro. Ele cria objetos de design inspirados no dia a dia banal das pessoas e é apaixonado pelas possibilidades da internet. Adam mora atualmente no Brooklyn, em Nova York. Fonte: Editora Paralela.

Licença Creative Commons
O trabalho Um diário diferente de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

13 comentários:

  1. Muito divertidíssimo esse livro e a proposta de fazer o leitor interagir é muito legal. Adorei tbm o design e nem sei pq ? kkkkk Fui com a cara do Adam, ele é muito criativo e simpático. Tudo bom demais...quero esse livro!!
    Valeu a dica, Loma! Beijos

    ResponderExcluir
  2. com certeza se eu tivesse esse livro ele estaria mais que riscado, com certeza estaria até pichado.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Haha, que fofos você e o seu namorado fazendo juntos! Por isso o livro deve ter se tornado mais especial ainda. Sei lá, tenho meu pé atrás com livros do tipo. São interessantes, instigam bastante nossa criatividade, mas não sei, até agora não me deu aquela curiosade de tentar. Mas adorei mesmo a resenha, deve ser uma forma até mesmo de se auto descobrir em determinados termos

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova de "O Reino das Vozes que não se Calam" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  4. aaah eu preciso desse livro. Gosto de livros criativos como esse, são bem legais. Fotos bem legais.

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Paloma eu já vi várias resenhas desse livro, mas nunca tinha lido alguém analisar a questão do autoajuda dele, achei interessante seu ponto de vista e a questão da interatividade! Um dia ainda compro esse livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Amei! Esse é um verdadeiro autoajuda, os outros são "outro-ajuda" kkk. Bem, eu também nunca machucaria um livro, nem que ele pedisse, como pede. kkk Me parece ser divertido ^^.

    ww.jadsonlribeiro.blogspot.com < Meu blog completou 2 anos, está de cara nova, esperando uma visita dessa velha amiga :*

    ResponderExcluir
  7. Eu tô querendo comprar muuuuuuito esse livro, achei ele demais ♥
    Quando fui na Bienal do Livro ele tinha acabado de sair, não o comprei pois achei que fosse tipo o Destrua este Diário, que eu tenho mas achei tão sem graça...
    Beijoos ♡ || Caramelos Encantados

    ResponderExcluir
  8. Aaah, você não é péssima quando o assunto é desenho. Isso porque não viu os meus...
    Hahaha.
    Tenho até medo de comprar um desses e estragar o livro todo.
    Parece legal, mas não sei se teria paciência para só uma página de atividade por dia, haha.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Paloma! Tenho muita vontade de comprar esse livro, ele me parece ser incrível! Adorei as coisas que você fez nele! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei, bem legal.. mas acho que não consigo riscar nenhum livro! kkkkk :o.

    ResponderExcluir
  11. Parece ser tão divertido! Curto mais a idéia dele do que o de destruir o diário! :P

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha. Parabéns! Que legal que você está fazendo junto com seu namorado. Concordo com tudo o que você disse a respeito do livro. Ele estimula a criatividade e mesmo quem não tem jeito como eu, consegue fazer.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Já vi várias pessoas elogiando esse livro e tals, mas não tenho coragem de comprar e desenhar num livro, mesmo que ele tenha sido feito pra isso *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.