Resenha- Mais esperto que o diabo - Napoleon Hill

“Mais esperto que o Diabo” escrito em 1938 narra a engenhosa entrevista que o autor Napoleon Hill fez com o próprio Diabo, enquanto vivia um momento crítico em sua vida. Através dessa conversa, ele consegue descobrir inúmeros truques e artimanhas que são utilizados para fazer com que a humanidade sirva a força das trevas. Com essas informações em mãos, chega-nos a possibilidade de não sermos mais um alienado nas mãos do Diabo. Conseguir que o Diabo revelasse tais segredos foi uma bela façanha, por isso o autor conseguiu ser MAIS ESPERTO QUE O DIABO. *Cortesia: CDG Editora.




Ficha técnica
Tradução: Mais esperto que o Diabo
Autor: Napoleon Hill
Páginas: 200
Formato: 23x16
Peso: 310g
Acabamento: brochura
ISBN: 978-85-68014-004

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 9/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 90/100

Aprendendo as estratégias do Inimigo

“Mais esperto que o Diabo” vem para desmistificar a figura do Diabo. Quem ele realmente é? Como realmente age na vida de cada ser humano? Napoleon Hill mostra através de uma entrevista que ele mesmo fez com o próprio Diabo (durante uma situação muito complicada e desafiadora em sua vida) que nem sempre essa personalidade se assume de forma tenebrosa e assustadora e que as instituições escolares e as igrejas não estão livres de sua influência. De forma sutil e cotidiana, o Mestre das Trevas cultiva a alienação em nossas mentes, através de nosso próprio desânimo mediante aos fracassos da vida, e assim, nós mesmos nos deixamos aprisionar em suas garras.

No livro, o autor apresenta o Diabo como aquele que é o lado e a energia negativa de tudo o que há no mundo. Os fracassos, as guerras, o ódio, a inveja. Em oposição a isso, Deus é tudo o que há de melhor no mundo, amor, união, alegria e o sucesso. Com essa lógica, não somente os que seguem a doutrina cristã, mas também os de outras filosofias religiosas podem entender o que é essa figura representa à evolução humana: O obstáculo mor. Aquele que vem para impedir não só a iluminação espiritual, mas qualquer coisa que um ser humano se propõe a fazer.

E por que Deus não nos salva de suas garras? Porque somos nós mesmos que nos deixamos levar. Durante a entrevista o Diabo revela que sua principal arma para seduzir e aprisionar a humanidade é através da alienação, ou seja, fazendo com que as pessoas deixem de pensar por si próprias e de cultivar os pensamentos positivos e altruístas. Isso afeta todos os outros segmentos de nossas vidas, relacionamentos, carreira, família e etc. O fracasso vai se tonando maior e mais invasivo, até que o sujeito seja um total inerte.

E como somos alienados? Através dos medos que possuímos. Através de nossos medos e fracassos nos deixamos alienar e essa fraqueza vai se tornando mais e mais latente em nossa mente e por meio da Lei do Ritmo Hipnótico (uma lei natural que por meio da repetição torna contínua qualquer ação) essa alienação pode se tornar permanente.

E essa corrente é muito mais forte do que aparenta, muitas vezes o Diabo conta com a ajuda de professores, pais e líderes religiosos, pois o processo de alienação começa na infância e já estamos cientes que infelizmente, nem as escolas, nem as igrejas incentivam as crianças pensarem por si mesmas e os pais só reforçam isso. Temos aí uma grande crítica aos sistemas de ensino e à igreja.
O livro relata que as pessoas que pensam por si mesmas, portanto não são alienadas, são grandes representantes do sucesso e possuidores das maiores riquezas do mundo. Claro, que é importante ressaltar que a riqueza não é nenhum mal e que com certeza ela é um grande símbolo de sucesso, mas a crítica ao livro é que ele acaba supervalorizando os magnatas, e os donos de indústria, pois acaba dando a impressão (mesmo que superficial) de que apenas os ricos pensam e os pobres não, menosprezando as classes mais baixas. A questão da alienação está aquém das contas bancárias de cada um e riqueza com certeza não se resume ao dinheiro.

E com essa entrevista enriquecedora, que nos ensina todos os truques ardilosos do Diabo para nos alienar e assim nos ter em suas mãos, é revelado um segredo que pode reverter esse processo: o Propósito Definido, ou seja, a definição de um propósito na vida é muito importante para que um indivíduo evolua, desenvolva sua mente e assim formule seu próprio pensamento e assim esteja do lado mais positivo, o de Deus e do Amor e Respeito. Vale à pena conferir essas dicas que podem nos ajudar a nunca desanimar perante nenhum desafio na vida. 

Design e diagramação
O livro tem uma diagramação simples, tornando-o leve, com uma fácil leitura e a entrevista está de forma legível para que o leitor saiba quem é o entrevistador e quem é o entrevistado, não havendo confusões. A organização dos capítulos permite que os temas sejam mais memorizáveis e entendíveis.

Sobre o autor


Napoleon Hill (1883 a 1970) foi um autor norte-americado, além de empreendedor. Lançou vários sucessos na área de psicologia aplicada que motivaram e influenciaram muitas gerações, levando e incentivando as pessoas ao autoconhecimento. Um dos seus grandes sucessos é a obra “Pense e enriqueça” publicado em 1937.

Postagem feita por:

Titta. Formada em Tradutor e Intérprete em Espanhol. Reviso, traduzo e produzo textos na Língua Portuguesa e Espanhola, tanto Textos Técnicos e Comerciais como Jornalísticos, Publicitários e Literários. 
Com noções de Jornalismo, sendo Estudante de Teatro, trabalhei em editora como revisora de texto e coordenadora editorial e dei Aulas Particulares de Espanhol, no que se referir à Comunicação Escrita e Verbal, Arte e Criatividade, estarei mais que habilitada a fazer. Como ler é minha profissão e meu maior prazer e por estar muito engajada na linguagem artística contribuir como resenhista de obras literárias será mais que um prazer.

Facebook PessoalPágina no FacebookTumblr


Encontre  Monólogo de Julieta  também no:

42 comentários:

  1. Não conhecia ainda, parece um bom livro :)

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau, que resenha maravilhosa. Nunca tinha visto nenhuma escrita por você, mas a sua escrita é muito boa e atrativa. Parabéns.
    Em relação ao livro, confesso que o título não é um dos mais notáveis,até assusta um pouco porque é quase um tabu falar sobre o diabo e criaturas demoníacas. Porém, muito do que é dito no livro, tenho que admitir que é verdade. O mal, são as pessoas que procuram, e no fim da história culpam Deus por tudo e por nada.

    Acho que depois desta resenha bastante expositiva eu leria o livro. Julguei-o pelo título, erro meu. :D

    Bjs, me visita? :3
    > Sentido Literário <

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou mesmo, Hayanne. É a primeira resenha de Titta aqui no Monólogo. Eu concordo...infelizmente muitos assuntos ainda são tratados como tabu aqui na nossa sociedade. Bjuss

      Excluir
    2. Obrigada Hayanne! Fico feliz que tenha gostado e despertado seu interesse. Às vezes a gente julga o livro pela capa/título... Pra isso que servem as resenhas rsrsrs.
      Beijos

      Excluir
    3. Boa tarde! Também pensei exatamente como você! Mas exatamente por causa desse tabu aconselho a ler esse livro! Ele é escrito com muita inteligência e com certeza vai expandir mais a sua consciência!

      Excluir
  3. Boa tarde querida Paloma..
    conheço este ser pois tenho o livro e audio dele ciencia para ficar rico..
    divino tudo,., mas a gente ainda leva nos dedos né srsr
    uma hora a gente muda .. beijão querida até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie meu anjo lindo! Saudade de tu, rapaz! É isso aii...gente com cultura é outro nível ,né? kkk
      Se o destino quiser. Qualquer dia escapo ai para as bandas do RS.
      Beijos...Forever and ever.

      Excluir
  4. Oi Titta!
    O livro parece ser legal e realmente valer a pena.
    Não tenho costume de ler auto ajuda, mas me interessei bastante por esse, pois temos uma perspectiva diferente. Uma entrevista com o próprio coisa ruim?!?! Vá de retro rsrs

    Adorei a resenha,
    Beijos
    P.s.: Meninas ficou lindo o novo Layout do blog :))

    ​​​​​LiteraMúsicas​ - Tem promoção especial de Fim de Ano lá no blog, vai lá dar uma olhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk É meio doidera, né? Mas parece ser bom. Só não sei se confio plenamente nisso. Será que o capiroto iria revelar tanto dele assim?
      kkkkkk
      Obrigada, Diego, o lay foi feito co muito carinho.
      Beijos

      Excluir
    2. Que bom que gostou da resenha Diego. O livro tem uma perspectiva interessante mesmo. Leia mesmo.
      Beijos

      Excluir
  5. AAAI, QUE LIINDO O BANNER NOVO! OOLHA, vi agora o papai noel passeando aqui com a rena UHAHU gente que amor <33 clima total de Natal, agora até entrei no embale junto *-*
    Bom, pela sinopse, acredito que não seja muito um estilo que eu gostaria de ler. Mas a sua resenha tem vários detalhes super verdadeiros. Como o Diabo representar tudo negativo, e que nós mesmos acabamos nos deixando ser levado por ele, ao invéz de criar forças e resistir.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Prova de Fogo", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nahim...obrigada! hahahah Esse papai noel eu coloco todos os anos...é muito fofo e amoo! kkkkk Sim. Também achei bem interessante o pensamento do autor sobre X questões...

      Excluir
    2. O livro trás essa perspectiva mesmo. De o Diabo não ser apenas uma entidade em si, mas toda a energia negativa e toda a força que nos atrapalha. Que bom que gostou da resenha.
      Beijos

      Excluir
  6. As observações sobre o livro ficaram ótimas, flor... parabéns pela resenha. bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Titta, tudo bem? Não conhecia a obra e adorei descobrir um pouco mais sobre ela, principalmente porque trata essa questão de "Deus x Diabo" de um jeito menos clichê! Parabéns pela resenha, adorei!
    Beijo grande ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Thati. Eu também adorei a resenha da Titta...muito show o livro.
      Beijoss mil!

      Excluir
    2. Oi Thati, tudo bem! Que bom que gostou da resenha. Se puder ler o livro. Faça-o, traz questões interessantes mesmo.
      Bjs

      Excluir
  8. ainda nao conhecia esse titulo, mt boa dica
    bom final de semana

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, flor. Bem diferente... Bom final de semana para você também.

      Excluir
    2. Se tiver a oportunidade de ler. Faça-o!
      Beijos Lívia.

      Excluir
  9. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro, parece ser bem interessante!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo certo e você? Sim é sim...leia e me diga o que achou.
      Bjus

      Excluir
    2. É interessante mesmo Angélica! Se puder lê-lo, faça-o.
      bjs

      Excluir
  10. Que sinistrooooooo!
    Hahaha.
    Acho que eu ia ficar com medo lendo, sério.
    :x
    Mas deve ser super interessante. Talvez ler de dia, com muita gente em casa... Hahaha.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkk Aii flor! Fica calma. Não é livro de terror, não.
      Beijos

      Excluir
    2. Não dá medo não Teca... Dá é raiva! Dissimulado e cretino, eis a cara do Diabo KKKK
      Bjs

      Excluir
  11. Oooi,

    Não conhecia esse livro. Gostei bastante da sua resenha, mas não sei leria o livro. Mas eu gostei da proposta do autor, bem diferente.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é bem diferente, sim! Dá uma chance, pode se surpreender mesmo não sendo o gênero que está acostumada a ler.
      Bjuss!

      Excluir
    2. Também achei a proposta do livro interessante Ana Paula, por isso topei fazer a resenha.
      Beijos

      Excluir
  12. Não me interessei muito pra ler, sinceramente. Mas algumas partes parecem boas até.. rs. Ótimo final de semana pra Equipe toda do blog :) beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa que pena, Deza. É eu acho que gostaria de ler porque despertar interesse. Obrigada, flor. Beijos!

      Excluir
    2. É um tipo de livro que talvez não agrade todos mesmo Andreza. Mas sem dúvida ele tem lições valiosas, como as que mencionei na resenha... Se um tiver tiver mais curiosidade, leia-o.
      Beijos

      Excluir
  13. Adorei o layout de natal hehehe. Esse é um livro que eu não leria. Não gosto do gênero e também por ser evangélica não concordei com algumas coisas que li na resenha sobre o livro.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sil! Fico feliz que tenha gostado do layout. Poxa...sei, mas entendo sua posição. ^^

      Excluir
    2. O livro é interessante tanto para os que não são evangélicos e principalmente para os que são. Talvez seja interessante lê-lo pois o que escrevi na resenha foi a minha ótica. Talvez você possa descobrir coisas interessantes lá também que podem enriquecer sua visão e principalmente sua fé. Mas claro, fica a seu critério.
      Beijos

      Excluir
  14. Olá querida amiga Paloma !
    Passando para desejar-lhe um bom final de semana !
    Super beijos da Tatá!!!!

    ResponderExcluir
  15. A obra deve ser interessantíssima. Gostei da temática e da forma de abordagem. Já anotei, para a próxima aquisição. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou Marilene, depois a gente troca figurinhas.
      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.