Resenha- Mais esperto que o diabo - Napoleon Hill

“Mais esperto que o Diabo” escrito em 1938 narra a engenhosa entrevista que o autor Napoleon Hill fez com o próprio Diabo, enquanto vivia um momento crítico em sua vida. Através dessa conversa, ele consegue descobrir inúmeros truques e artimanhas que são utilizados para fazer com que a humanidade sirva a força das trevas. Com essas informações em mãos, chega-nos a possibilidade de não sermos mais um alienado nas mãos do Diabo. Conseguir que o Diabo revelasse tais segredos foi uma bela façanha, por isso o autor conseguiu ser MAIS ESPERTO QUE O DIABO. *Cortesia: CDG Editora.




Ficha técnica
Tradução: Mais esperto que o Diabo
Autor: Napoleon Hill
Páginas: 200
Formato: 23x16
Peso: 310g
Acabamento: brochura
ISBN: 978-85-68014-004

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 9/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 90/100

Aprendendo as estratégias do Inimigo

“Mais esperto que o Diabo” vem para desmistificar a figura do Diabo. Quem ele realmente é? Como realmente age na vida de cada ser humano? Napoleon Hill mostra através de uma entrevista que ele mesmo fez com o próprio Diabo (durante uma situação muito complicada e desafiadora em sua vida) que nem sempre essa personalidade se assume de forma tenebrosa e assustadora e que as instituições escolares e as igrejas não estão livres de sua influência. De forma sutil e cotidiana, o Mestre das Trevas cultiva a alienação em nossas mentes, através de nosso próprio desânimo mediante aos fracassos da vida, e assim, nós mesmos nos deixamos aprisionar em suas garras.

No livro, o autor apresenta o Diabo como aquele que é o lado e a energia negativa de tudo o que há no mundo. Os fracassos, as guerras, o ódio, a inveja. Em oposição a isso, Deus é tudo o que há de melhor no mundo, amor, união, alegria e o sucesso. Com essa lógica, não somente os que seguem a doutrina cristã, mas também os de outras filosofias religiosas podem entender o que é essa figura representa à evolução humana: O obstáculo mor. Aquele que vem para impedir não só a iluminação espiritual, mas qualquer coisa que um ser humano se propõe a fazer.

E por que Deus não nos salva de suas garras? Porque somos nós mesmos que nos deixamos levar. Durante a entrevista o Diabo revela que sua principal arma para seduzir e aprisionar a humanidade é através da alienação, ou seja, fazendo com que as pessoas deixem de pensar por si próprias e de cultivar os pensamentos positivos e altruístas. Isso afeta todos os outros segmentos de nossas vidas, relacionamentos, carreira, família e etc. O fracasso vai se tonando maior e mais invasivo, até que o sujeito seja um total inerte.

E como somos alienados? Através dos medos que possuímos. Através de nossos medos e fracassos nos deixamos alienar e essa fraqueza vai se tornando mais e mais latente em nossa mente e por meio da Lei do Ritmo Hipnótico (uma lei natural que por meio da repetição torna contínua qualquer ação) essa alienação pode se tornar permanente.

E essa corrente é muito mais forte do que aparenta, muitas vezes o Diabo conta com a ajuda de professores, pais e líderes religiosos, pois o processo de alienação começa na infância e já estamos cientes que infelizmente, nem as escolas, nem as igrejas incentivam as crianças pensarem por si mesmas e os pais só reforçam isso. Temos aí uma grande crítica aos sistemas de ensino e à igreja.
O livro relata que as pessoas que pensam por si mesmas, portanto não são alienadas, são grandes representantes do sucesso e possuidores das maiores riquezas do mundo. Claro, que é importante ressaltar que a riqueza não é nenhum mal e que com certeza ela é um grande símbolo de sucesso, mas a crítica ao livro é que ele acaba supervalorizando os magnatas, e os donos de indústria, pois acaba dando a impressão (mesmo que superficial) de que apenas os ricos pensam e os pobres não, menosprezando as classes mais baixas. A questão da alienação está aquém das contas bancárias de cada um e riqueza com certeza não se resume ao dinheiro.

E com essa entrevista enriquecedora, que nos ensina todos os truques ardilosos do Diabo para nos alienar e assim nos ter em suas mãos, é revelado um segredo que pode reverter esse processo: o Propósito Definido, ou seja, a definição de um propósito na vida é muito importante para que um indivíduo evolua, desenvolva sua mente e assim formule seu próprio pensamento e assim esteja do lado mais positivo, o de Deus e do Amor e Respeito. Vale à pena conferir essas dicas que podem nos ajudar a nunca desanimar perante nenhum desafio na vida. 

Design e diagramação
O livro tem uma diagramação simples, tornando-o leve, com uma fácil leitura e a entrevista está de forma legível para que o leitor saiba quem é o entrevistador e quem é o entrevistado, não havendo confusões. A organização dos capítulos permite que os temas sejam mais memorizáveis e entendíveis.

Sobre o autor


Napoleon Hill (1883 a 1970) foi um autor norte-americado, além de empreendedor. Lançou vários sucessos na área de psicologia aplicada que motivaram e influenciaram muitas gerações, levando e incentivando as pessoas ao autoconhecimento. Um dos seus grandes sucessos é a obra “Pense e enriqueça” publicado em 1937.

Postagem feita por:

Titta. Formada em Tradutor e Intérprete em Espanhol. Reviso, traduzo e produzo textos na Língua Portuguesa e Espanhola, tanto Textos Técnicos e Comerciais como Jornalísticos, Publicitários e Literários. 
Com noções de Jornalismo, sendo Estudante de Teatro, trabalhei em editora como revisora de texto e coordenadora editorial e dei Aulas Particulares de Espanhol, no que se referir à Comunicação Escrita e Verbal, Arte e Criatividade, estarei mais que habilitada a fazer. Como ler é minha profissão e meu maior prazer e por estar muito engajada na linguagem artística contribuir como resenhista de obras literárias será mais que um prazer.

Facebook PessoalPágina no FacebookTumblr


Encontre  Monólogo de Julieta  também no:

41 comentários:

  1. Não conhecia ainda, parece um bom livro :)

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim flor! Leia...vai gostar!
      Beijão!

      Excluir
    2. É interessantíssimo Cecilia, vale à pena conferir!
      Bjs

      Excluir
  2. Uau, que resenha maravilhosa. Nunca tinha visto nenhuma escrita por você, mas a sua escrita é muito boa e atrativa. Parabéns.
    Em relação ao livro, confesso que o título não é um dos mais notáveis,até assusta um pouco porque é quase um tabu falar sobre o diabo e criaturas demoníacas. Porém, muito do que é dito no livro, tenho que admitir que é verdade. O mal, são as pessoas que procuram, e no fim da história culpam Deus por tudo e por nada.

    Acho que depois desta resenha bastante expositiva eu leria o livro. Julguei-o pelo título, erro meu. :D

    Bjs, me visita? :3
    > Sentido Literário <

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou mesmo, Hayanne. É a primeira resenha de Titta aqui no Monólogo. Eu concordo...infelizmente muitos assuntos ainda são tratados como tabu aqui na nossa sociedade. Bjuss

      Excluir
    2. Obrigada Hayanne! Fico feliz que tenha gostado e despertado seu interesse. Às vezes a gente julga o livro pela capa/título... Pra isso que servem as resenhas rsrsrs.
      Beijos

      Excluir
  3. Boa tarde querida Paloma..
    conheço este ser pois tenho o livro e audio dele ciencia para ficar rico..
    divino tudo,., mas a gente ainda leva nos dedos né srsr
    uma hora a gente muda .. beijão querida até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie meu anjo lindo! Saudade de tu, rapaz! É isso aii...gente com cultura é outro nível ,né? kkk
      Se o destino quiser. Qualquer dia escapo ai para as bandas do RS.
      Beijos...Forever and ever.

      Excluir
  4. Oi Titta!
    O livro parece ser legal e realmente valer a pena.
    Não tenho costume de ler auto ajuda, mas me interessei bastante por esse, pois temos uma perspectiva diferente. Uma entrevista com o próprio coisa ruim?!?! Vá de retro rsrs

    Adorei a resenha,
    Beijos
    P.s.: Meninas ficou lindo o novo Layout do blog :))

    ​​​​​LiteraMúsicas​ - Tem promoção especial de Fim de Ano lá no blog, vai lá dar uma olhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk É meio doidera, né? Mas parece ser bom. Só não sei se confio plenamente nisso. Será que o capiroto iria revelar tanto dele assim?
      kkkkkk
      Obrigada, Diego, o lay foi feito co muito carinho.
      Beijos

      Excluir
    2. Que bom que gostou da resenha Diego. O livro tem uma perspectiva interessante mesmo. Leia mesmo.
      Beijos

      Excluir
  5. AAAI, QUE LIINDO O BANNER NOVO! OOLHA, vi agora o papai noel passeando aqui com a rena UHAHU gente que amor <33 clima total de Natal, agora até entrei no embale junto *-*
    Bom, pela sinopse, acredito que não seja muito um estilo que eu gostaria de ler. Mas a sua resenha tem vários detalhes super verdadeiros. Como o Diabo representar tudo negativo, e que nós mesmos acabamos nos deixando ser levado por ele, ao invéz de criar forças e resistir.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Prova de Fogo", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nahim...obrigada! hahahah Esse papai noel eu coloco todos os anos...é muito fofo e amoo! kkkkk Sim. Também achei bem interessante o pensamento do autor sobre X questões...

      Excluir
    2. O livro trás essa perspectiva mesmo. De o Diabo não ser apenas uma entidade em si, mas toda a energia negativa e toda a força que nos atrapalha. Que bom que gostou da resenha.
      Beijos

      Excluir
  6. As observações sobre o livro ficaram ótimas, flor... parabéns pela resenha. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficaram, sim flor. Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
    2. Obrigada por ter gostado da resenha.
      Bjos

      Excluir
  7. Oi Titta, tudo bem? Não conhecia a obra e adorei descobrir um pouco mais sobre ela, principalmente porque trata essa questão de "Deus x Diabo" de um jeito menos clichê! Parabéns pela resenha, adorei!
    Beijo grande ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Thati. Eu também adorei a resenha da Titta...muito show o livro.
      Beijoss mil!

      Excluir
    2. Oi Thati, tudo bem! Que bom que gostou da resenha. Se puder ler o livro. Faça-o, traz questões interessantes mesmo.
      Bjs

      Excluir
  8. ainda nao conhecia esse titulo, mt boa dica
    bom final de semana

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, flor. Bem diferente... Bom final de semana para você também.

      Excluir
    2. Se tiver a oportunidade de ler. Faça-o!
      Beijos Lívia.

      Excluir
  9. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro, parece ser bem interessante!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo certo e você? Sim é sim...leia e me diga o que achou.
      Bjus

      Excluir
    2. É interessante mesmo Angélica! Se puder lê-lo, faça-o.
      bjs

      Excluir
  10. Que sinistrooooooo!
    Hahaha.
    Acho que eu ia ficar com medo lendo, sério.
    :x
    Mas deve ser super interessante. Talvez ler de dia, com muita gente em casa... Hahaha.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkk Aii flor! Fica calma. Não é livro de terror, não.
      Beijos

      Excluir
    2. Não dá medo não Teca... Dá é raiva! Dissimulado e cretino, eis a cara do Diabo KKKK
      Bjs

      Excluir
  11. Oooi,

    Não conhecia esse livro. Gostei bastante da sua resenha, mas não sei leria o livro. Mas eu gostei da proposta do autor, bem diferente.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é bem diferente, sim! Dá uma chance, pode se surpreender mesmo não sendo o gênero que está acostumada a ler.
      Bjuss!

      Excluir
    2. Também achei a proposta do livro interessante Ana Paula, por isso topei fazer a resenha.
      Beijos

      Excluir
  12. Não me interessei muito pra ler, sinceramente. Mas algumas partes parecem boas até.. rs. Ótimo final de semana pra Equipe toda do blog :) beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa que pena, Deza. É eu acho que gostaria de ler porque despertar interesse. Obrigada, flor. Beijos!

      Excluir
    2. É um tipo de livro que talvez não agrade todos mesmo Andreza. Mas sem dúvida ele tem lições valiosas, como as que mencionei na resenha... Se um tiver tiver mais curiosidade, leia-o.
      Beijos

      Excluir
  13. Adorei o layout de natal hehehe. Esse é um livro que eu não leria. Não gosto do gênero e também por ser evangélica não concordei com algumas coisas que li na resenha sobre o livro.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sil! Fico feliz que tenha gostado do layout. Poxa...sei, mas entendo sua posição. ^^

      Excluir
    2. O livro é interessante tanto para os que não são evangélicos e principalmente para os que são. Talvez seja interessante lê-lo pois o que escrevi na resenha foi a minha ótica. Talvez você possa descobrir coisas interessantes lá também que podem enriquecer sua visão e principalmente sua fé. Mas claro, fica a seu critério.
      Beijos

      Excluir
  14. Olá querida amiga Paloma !
    Passando para desejar-lhe um bom final de semana !
    Super beijos da Tatá!!!!

    ResponderExcluir
  15. A obra deve ser interessantíssima. Gostei da temática e da forma de abordagem. Já anotei, para a próxima aquisição. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou Marilene, depois a gente troca figurinhas.
      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.