Resenha- Celeste - Leonardo Rásica

Rásica, Leonardo. Celeste no caminho da verdade / Leonardo Rásica.- São Paulo: Centro de Estudos Vida e Consciência Editora, 2014.
E se ela desaparecesse para sempre??... Celeste não deveria ter ouvido a conversa que transformou sua vida em um pesadelo. Certa de que o próprio marido tramava seu assassinato, ela temia o que poderia acontecer também com seu filho. Celeste precisa correr contra o tempo para encontrar a verdade. Nessa busca, ela tem de enfrentar obsessões e resolver pendências de outras vidas para alcançar a verdadeira paz de espírito.
Classificação:


Ficha Técnica
Lançamento:Editora Vida e Consciência
Gênero: Espiritualidade
ISBN:9788577222773
Ano:2014
Páginas:360

Notas 
Capa: 10/10
Conteúdo:05/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral:60/100 


Em busca da verdade 
Por Paloma Viricio
Visão Geral
(...) se fosse para livrar a sociedade do verdadeiro demônio que descrevera Celeste, a coisa mudava de figura. Túlio faria com que Ulisses pagasse e seguiria em paz com sua consciência. Seria mais que um ato de justiça, estaria salvando vidas. Arriscaria a própria vida e a liberdade para o bem de outros, em um ato heroico”, p.172. Celeste vive um drama dentro da própria casa. O maior inimigo está perto, alimentando um olhar certeiro, pronto para atacar... sem nenhum pingo de piedade.

Celeste é uma mulher tranquila, mas que vive abraçada pelo medo. Passou por diversas dificuldades e problemas psiquiátricos deixaram marcas na vida da mulher que nunca se recuperou totalmente das ranhuras causada na alma. “Era como se estivéssemos preenchendo o tempo com palavras para nunca haver silêncio, como se estivéssemos... como se ele tivesse medo do silêncio”, p.46. Ela não se recorda de alguns trechos que viveu, após o surto da mente, mas tem certeza que o marido esconde algo podre por baixo da manga. Ele é o pior inimigo que ela poderia ter tido. Mas está disposta a lutar e vencer. Ela fará de tudo para proteger o filho e a própria pele.

A escrita de Leonardo Rásica é muito instigante. Comecei ler o livro e não conseguia parar porque o autor sempre deixava uma atmosfera de suspense no ar. Quem lê meu blog, sabe que adoro suspense. E está ai um ponto que me surpreendeu, porque mesmo lendo a sinopse, não imaginaria que iria encontrar essa ‘vibe’ tão positiva. “Para permanecer sem levantar suspeitas em seu posto de sentinela do filho, suportava o desejo do marido. Era horrível. Suava frio, tremia, trincava os dentes, tinha falta de ar e palpitações. Sentia-se a um passo da morte, chegava a temer um infarto ou um derrame. E o monstro nem percebia! Continuava, imperturbável. Ou quem sabe percebesse, e o sofrimento da mulher aumentasse seu prazer bestial e perverso?”,p.121. O livro mostra claramente como questões mal resolvida de outras vidas podem afetar diretamente a vida atual de uma pessoa. E além de mais eu gostei da lição que a vida deu para a própria Celeste por agir injetada de tanto egoísmo e loucura. O tiro acabou saindo pela culatra, ela acabou aprendendo por mal mesmo. È aquilo... para toda ação há uma reação. Fato!  

Infelizmente encontrei pontos negativos. Muitas notas de rodapé desnecessárias sobre fatos políticos que não tinham necessidade alguma de terem sido inclusos na trama e que deixaram o enredo bem cansativo, por vezes, sem pé nem cabeça. Outro fato que me incomodou foi um dos personagens não se encaixar no perfil pintado inicialmente. Muito estranho o fato de Ulisses ser apresentado como um tipo de pessoa e no final das contas se mostrar outra. E com Celeste aconteceu o mesmo... ás vezes parecia que as personagens tinham bipolaridade. E a Celeste pintada de maluca por todos, no final de contas realmente se passou por louca. Tá certo que tem as explicações do porque ela ter feito o que fez, mas com sinceridade acredito que não colou, parecia mais uma psicopata. No conceito geral, Celeste, é um livro muito bom, mas que abusa da capacidade de percepção do leitor, mesmo sendo uma obra de ficção. “Algo da inocência de Lívia se perdeu naquele dia e naquele momento. Porém, Lívia só teve a ganhar com isso. A verdade, por mais dura que seja ao coração, é sempre um benefício à alma”, p.307.


Design e diagramação
As folhas são brancas, mas a letra e espaçamento se apresentam de forma confortável, o que não impede o receptor de ter uma ótima leitura. O trabalho que fizeram na capa está magnífico, perfeito, muito bem elaborado e a editora está de parabéns. O título é lindo, prateado impresso em hotstamp. 


Licença Creative Commons
O trabalho Em busca da verdade de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  




Encontre  Monólogo de Julieta  também no:
                                                    FacebookGoogle+TwitterInstagramYoutubePinterest 

7 comentários:

  1. Adorei o enredo.
    Gosto de livros espíritas e esse chamou bastante minha atenção.
    Vou add na listinha de leitura.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Oi, adorei sua resenha, mas confesso que não tenho muuito interesse no livro :(
    Beijos!
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi! ^^
    Tudo bem?
    Não conhecia o autor e gostei do enredo da história. Não é o tipo de leitura que eu geralmente procuro, mas leria pelo menos por curiosidade.

    Beijussss;
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia ainda essa obra, adorei sua resenha! Apontou bem os lados positivos e negativos, e a premissa também promete tirar o fôlego, mesmo exagerando um pouco na dose. Fiquei curiosa agora *-*

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "GATACA", vem conferir!

    ResponderExcluir
  5. Fiquei bastante interessado em ler o livro. Achei o enredo muito bom.
    Só não simpatizei muito com a capa, fora isso...

    Abraços!
    http://www.tudoonlinevirtual.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Paloma, que capa linda!
    Adorei!
    Nunca imaginava a sinopse só de ver a capa.
    Muito bacana, ainda mais por ser instigante.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Não conhecia o livro, mais fiquei curiosa pelo que li na resenha, parece ser uma leitura instigante e eu gosto de suspense, parece ser uma boa leitura. Pelo menos foram poucas coisas negativas na leitura. E que capa linda essa.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.