Resenha- Apenas um ano - Gayle Forman

Forman, Gayle. Apenas um ano/ Gayle Forman; tradução Ana Paula Doherty. - Ribeirão Preto, Sp: Novo Conceito Editora, 2015.
Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

 Classificação:
Ficha Técnica
Autores: GAYLE FORMAN
Título: Apenas um Ano
ISBN: 9788581636719
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2015
Edição: 1
Número de páginas: 352
Formato/Acabamento: 16x23x2,2
Peso: 0.50 kg
Preço Sugerido: R$ 34.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 6,5/10
Diagramação: 10/10
Nota geral: 75/100


Mais que um dia
Por Paloma Viricio
Visão Geral
"A grande tristeza me pegou de surpresa. Há uma diferença entre perder algo que sabia ter e perder algo que se descobriu ter. Uma é decepção. A outra é perda de verdade. Não tinha percebido antes. Mas me dou conta disso agora", p.103. Ás vezes é preciso 365 dias para que a pessoa possa resolver os próprios problemas e perceber que algo maior rege alguns ideais. O tempo faz parte da lei universal. Não é possível acelerar ou pausar, pelo menos, ainda não. Entretanto há pessoas que nos pausam por questões de segundos causando uma marca para toda a vida. 

Willem tentou não perder Lulu, mas infelizmente ela partiu sem que ele pudesse perceber. Deixando enterrado no passado curto deles duas malas e um punhado de lembranças. Poucas. Colecionadas em apenas um dia. "Já faz muito tempo que fui expulso de meu curso de Economia, mas desde então passei a entender que o universo opera de acordo com as mesmas teorias gerais de equilíbrio através das quais os mercados operam. O universo nunca lhe dá algo sem fazê-lo pagar por isso de alguma forma", p.49. Em uma busca pessoal e externa, Willem, tentará encontrar novamente Lulu e ele mesmo.

O enredo caminha por lugares sensacionais: Holanda, México, Índia   (amo esse país). É maravilhoso quando se pode viajar para diversos países através de um livro. A bagagem cultural que é absorvida não tem preço. "Foi com se ela tivesse se entregado totalmente a mim, e, de algum modo, a consequência disso foi que eu me entreguei a ela mais do que percebi que podia me entregar. E então ela se foi. E só depois de eu ter sido "preenchido" por ela, por aquele dia, pude entender o quanto eu estivera vazio", p. 224. Tentei odiar o livro por conta do final fraco e da continuação decepcionante em partes, mas sinceramente não tenho como odiar a escrita de Gayle Forman. Apenas um ano não traz uma continuação em si de Apenas um dia, mas esclarece alguns pontos que ficaram no ar durante o primeiro livro.

Além disso, nessa obra o leitor tem a oportunidade de conhecer bem Willem e entender algumas atitudes dele. É legal ver que aquela alma aventureira também tinha feridas que precisavam ser curadas. Aquele dia que passou com uma desconhecia não serviu apenas para que marcasse a vida dela. Willem também ficou marcado e foi atrás do autoconhecimento. Quem lê uma obra e outra percebe que ele parecia estar mais interessado em ajeitar a vida bagunçada do que realmente encontrar Allyson. Sei lá, parece que ela se importou muito mais com o "amor dos dois". Durante a trama apenas aparecem flashes deles. Não estou dizendo que Willem não amava Allyson, mas sim, que senti esse sentimento mais intenso por parte dela. "Achava que era a combinação do casal, as duas metades se encontrando. Era o amor. Talvez ambos estivéssemos errados, e ambos estivéssemos certos. Não é uma coisa ou outra, sorte ou amor. Acaso ou destino. Para a dupla felicidade, talvez se precise dos dois", p.329.

Design e diagramação

A capa ficou bem fofinha, estilo Se eu ficar, outro livro da autora lançado pela Editora Novo Conceito. O miolo é impresso em papel pólen. As letras apresentam-se em tamanhos confortáveis para a leitura, assim como os espaçamentos. Os capítulos são bem divididos e seguem a mesma linha do livro Apenas um dia.

Sobre a autora
Forman começou sua carreira escrevendo para a revista Seventeen em que a maioria de seus artigos, centrada nos jovens e preocupações sociais. Mais tarde ela se tornou uma jornalista freelance para publicações como a revista Details, Jane Magazine, Glamour Magazine, The Nation, Elle Magazine e Cosmopolitan Magazine. Em 2002, ela e seu marido Nick fizeram uma viagem ao redor do mundo. De suas viagens, ela acumulou uma riqueza de experiências e de informações que mais tarde serviu como base para seu primeiro livro, um diário de viagem que você não pode começar lá a partir daqui: um ano na margem de uma Shrinking World. Em 2007 ela publicou seu primeiro romance para jovens adultos, intitulado de Sisters In Sanity onde ela se baseia em um artigo que tinha escrito para a revista Seventeen. Seu mais recente romance If I Stay (Se eu ficar), fez Forman levar vários prêmios, entre eles o Indie Choice Award de 2010. Fonte: Skoob.

Resenha Livro Anterior:

Confira resenha de outros livros da autora:
Licença Creative Commons
O trabalho Momento de afeição de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.
Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  



Encontre  Monólogo de Julieta  também no:

17 comentários:

  1. Já fiquei com vontade de ler.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaii que bom! Leia, é um livro muito agradável!
      Beijos!

      Excluir
  2. Gayle tem mostrado bem a que veio né?
    Apesar de ainda não conhecer as letras dela, sei do quanto a moça tem caprichado em suas histórias. E com esse livro Apenas Um Ano, ela realmente arrasou!
    Sou fã demais de romances e dramas..Me perco e emociono em histórias assim, de perdas e encontros..e reencontros.
    Com certeza lerei!!!
    Beijo

    P.s(fiquei imensamente feliz com sua visita carinhosa no blog e feliz de estar gostando do espaço, volte sempre)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Ela é uma ótima autora, só tem que parar de enrolar um pouco no início dos livros. Isso é algo que me incomoda, mas que parece ser a marca dela. Sei lá! Só sei que não consigo não gostar do que essa mulher escreve. Eu também adoro histórias assim.
      Por nada, adoro seu espaço e sempre passarei por lá!^^
      Beijos!

      Excluir
  3. tinha várias expectativas com a história e algumas não foram supridas, no geral eu esperava por mais emoção neste livro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, mas mesmo assim não consegui odiar o livro. Ela escreve muito bem!

      Excluir
  4. Eu estou doooooooida pra ler esse livro, mas estou com tantos na frente que fica cada vez mais difícil =/ Sério que o final é fraco? Que ruim, odeio quando isso acontece, mas a escrita dele realmente é sempre maravilhosa.. Não sabia que o livro passava por tantos lugares assim, que demais! Fiquei com mais vontade ainda de ler, é uma explosão cultural ne? Beijokas! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk Eu sei como é esse drama, flor! Mas nós leitores maníacos sempre damos um jeitinho, não é mesmo?
      Sim... porque esperava mais. Uma bomba atômica cultural. kkkkkkkkkkk Bjus

      Excluir
  5. Oi, Paloma! Tenho vontade de ler esse livro e alguns outros da Gayle Forman. Mas pretendo ler primeiro Apenas Um Dia, para depois começar a leitura de Apenas Um Ano. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela escreve muito bem, Tony. Não deixe de ler, você vai se emocionar. Sim.. leia um, depois outro e deguste essas maravilhosas obras.
      Obrigada!
      Bjus

      Excluir
  6. Parece ser uma história boitinha, apesar dos defeitos que você citou que tem no livro, penso que eu arriscaria ler esse livro e o antecessor dele (pois pelo que entendi esse é uma continuação). Enfim, ótima resenha, pois me deixou, no mínimo, curiosa a respeito. E a resposta do seu comentário deixado no meu blog: "Bom, não acho que eu vá fazer uma resenha de A Profecia Celestina, mas fica aqui a minha opinião geral sobre o livro: A trama em si é legal e bem costurada, e o final deixou um gancho até interessante para o próximo livro, mas achei os personagens meio superficiais, tirando o protagonista, não houve um real aprofundamento de personagens coadjuvantes, ficaram personagens meio rasos, e alguns até meio caricatos. Sem falar que o romance que envolvia o protagonista e uma outra personagem não me convenceu muito, ficou forçado. Enfim, de maneira resumida foi essa a impressão que tive do livro."

    enfim, um bom final de semana e até mais!

    aguardandoocamaleao.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história boa e até mesmo forte em algumas partes. Leia os dois, você vai gostar. Entendi... eu fiquei com um pé atrás. Sei lá...quando tiver um tempo irei procurar esse livro para ler, mas tenho tanto medo de me decepcionar. Odeio romances fracos.
      Beijos...
      Bom finds!

      Excluir
  7. Oie Paloma =)

    Não sei o que falar desse livro ... sinceramente cheguei a conclusão que os livros da Gayle Forman não são para mim. Eu esperava mais desse livro e o final foi tão frustrante =(
    Ele chega a ser um pouco melhor do que Apenas um Dia, mas como romance realmente não me convenceu.

    Ótima resenha!

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa...que pena! :'( Sim, o final foi fraco, mas não acho que chegaria a derrubar o livro. A Gayle escreve bem.
      Pena flor, mas temos que ser sinceros e falar quando também não gostamos de um livro.
      Beijosss! Ótimo finds para você também.

      Excluir
  8. Fiquei morrendo de vontade de ler, principalmente por amar a Holanda <3

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk Ahh... é um lugar maravilhoso. Não tem como não amar, né? Leia que você ficará fascinada!
      Beijos florzinha

      Excluir
  9. estou apaixonada pelos livros dessa autora e to ansiosa pra lê-lo! adorei sua resenha!!! beijooos
    http://olivroemquehabito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.