Resenha- Eu te Darei o Sol- Jandy Nelson

im give you the sun
Nelson, Jandy. Eu te darei o sol/ Jandy Nelson; tradução Paulo Polzonoff Junior. – 1.ed.-Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2015.
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram  definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém. Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.
Classificação:



Ficha Técnica
Autores: JANDY NELSON
Título: Eu Te Darei o Sol
ISBN: 9788581636467
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2015
Edição: 1
Número de páginas: 384
Formato/Acabamento: 16x23x2,4
Peso: 0.52 kg
Preço Sugerido: R$ 34.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: DRAMA

Comprar livro Eu te darei o Sol - Jandy Nelson


Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 10/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 100/100

Eu te darei o sol e tudo mais
Por Paloma Viricio
summer
Visão geral
Como ninguém jamais viu anjos tão magníficos quanto os dele e como as pessoas que viviam perto dos cemitérios onde suas esculturas velavam os mortos juravam que as ouviam cantar à noite, juravam que as vozes celestiais entravam em suas casas, seus  sonos, seus sonhos. Como se dizia que o escultor menino era encantado, ou possivelmente possuído pelo demônio. Prefiro o último”, p.164. Amores e desamores. Pedras que nos fazem tropeçar. Os relacionamentos, sejam quais forem, são assim... imprevisíveis. Tudo muda quando descobrimos o sentido do universo. O porquê das estrelas brilharem tanto. Tudo muda quando encontramos nosso sol interior.

Noah e Jude são gêmeos. Os dois possuem veias artísticas e são incentivados pela mãe a participarem das inscrições para a melhor escola de arte local. Eles eram unha e carne até a disputa para descobrir qual era o melhor os separou. Em meio perdas e momentos conflituosos eles terão que aprender a desvendar novamente o sentido da vida e repartir o mundo. “Ela respira fundo e eu a imito. Talvez estejamos velhos demais para agir assim, mas que se dane. Posso ver o sorriso dela mesmo olhando para a frente. Soltamos o ar ao mesmo tempo, depois inalamos juntos, exalamos, inalamos, para dentro e para fora, para fora e para dentro, até que nem mesmo as árvores se lembrem do que aconteceu no bosque ontem, até que a voz da mamãe e a do papai se transformem em música, até não apenas termos a mesma idade, mas sermos uma única pessoa”, p.26.

Eu te Darei o Sol foi uma surpresa boa para minha pessoa. O começo do livro apresentou-se um pouco lento, mas logo depois da página 50 eu não conseguia para de ler. Isso porque fui conhecendo Noah e Jude e me apaixonando cada vez mais por cada um deles. “Parece que não consigo mentir para ela ou quebrar seu encanto demoníaco. E então, sem sobreaviso, os lábios rachados dela estão contra os meus, entre os meus, e sinto o sabor dela, toda defumada e de uma doçura nojenta, como uma laranja que ficou ao sol o dia todo”, p.133. Capítulos muito extensos me incomodam muito. Posso dizer que esse foi o livro com capítulos mais longos que já li. Mas a obra de Nelson é tão perfeita que a leitura flui automaticamente. As personagens que a autora criou são tão originais. Tentei buscar na memória, mas não consegui achar nada parecido com Noah e Jude.  A trama é tão sensacional que o leitor se vê completamente envolvido com os sentimentos das personagens. Não tem como ficar de fora daquilo tudo. Jandy me levou para outro universo. Ela me mostrou qual o verdadeiro sentido pelo qual o sol brilha.

O conflitos apresentados pela autora te prendem de certa forma que você não se sente completa sem terminar o livro. A trama em si mostra que a vida dispensa julgamentos desnecessários. É preciso analisar os sentimentos do outro. Nós estamos sujeitos à qualquer situação porque somos humanos. Fomos feitos repletos de falhas, erros e mudanças. Que quando nos fechamos em um casulo, por causa da opinião dos outros, acabamos nos tronando alguém escondido, traiçoeiro, impossível de ser reconhecido.

Eu te Darei o Sol mostra como é importante saber olhar o mundo pelos olhos do outro e não somente por suas ideologias fechadas. A narração acontece em primeira pessoa e é intercalada. Uma hora quem fala é Noah e outra Jude. Não sei porque, mas me apaguei mais á Jude. Ela é tão fofa, mesmo com as esquisitices. Na verdade, ela era sempre pré-julgada pelos outros como infantil, desmiolada e achei que foi quem mais teve juízo no final das contas. O Noah é muito intenso, ás vezes as reações dele eram muito infantis e chatas. Ele sempre tirando conclusões precipitadas e fazendo a Jude sofrer.... irmãozinho do mal. Se bem que ela também não ficava atrás. Eu te Darei o Sol é um livro maravilhoso que merece ser lido por todos ao menos uma vez na vida. 

Design e diagramação
A capa do livro é a coisa mais fofa do mundo. Um amarelo roubado de um sol radiante. As letras como se tivessem sido pintadas, o que me faz lembrar as pinceladas de Noah. As letras e espaçamentos apresentam-se em tamanhos confortáveis para a visão. O miolo foi impresso em papel pólen.

Sobre a autora
jandy nelson author

Jandy Nelson mora em São Francisco, e lá, assim como Lennie, divide seu tempo entre cuidar das árvores e correr livremente pelo parque. Jandy é uma agente literária, poetisa com livros publicados, e acadêmica eterna. Formada pelas universidades de Brown, Cornell e Vermont. É uma pessoa supersticiosa e uma romântica dedicada, loucamente apaixonada pela Califórnia, e pela forma como esse estado continua firme na ponta de um continente. O céu está em todo lugar é seu primeiro romance. Fonte:Skoob.

Licença Creative Commons
O trabalho Eu te darei o sol e tudo mais dPaloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.
Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  



Encontre  Monólogo de Julieta  também no:
                                                     FacebookGoogle+TwitterInstagramYoutubePinterest  

28 comentários:

  1. Oi, Paloma! ^^
    Bela resenha, parece ser um livro muito bom! Só pelo fato de ter capítulos para cada personagem já me chamou a atenção, adoro narrativas em primeira pessoa, ainda mais quando podemos ver o ponto de vista de cada personagem!

    Beijinhos, Hel.
    http://leiturasegatices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também adoro isso. É um livro muito bom. Você deve ler... depois me conta o que achou.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  2. Olá Paloma,

    devo confessar que a história (enredo) é realmente bom, mas eu fiquei com tanto sono ao ler... achei muito monótono o jeito que foi contado, acredita? Fiquei arrasada, criei expectativas demais... eu esperava por outra história... outros personagens... o certo é que me frustrei.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Camila? O começo pode ser um pouco estranho porque o estilo da escrita da autora é bem diferente. Mas depois é tudo tão maravilhoso que você não consegue para antes de terminar o livro. E depois bate aquela saudade! Pelo menos foi assim que aconteceu comigo. Ou talvez seja os capítulos grandes que te deixaram assim. Dê uma segunda chance para o livro.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  3. Oii, tudo bom?
    Eu adorei esse livro, não virou um grande amor, mas é um livro lindo e muito bem escrito!
    Sua resenha está ótima!
    Um beijo
    Katrine Bernardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIee Tudo e você? Está sumida...
      Com certeza muito bem escrito. Virou meu amorzinho... e assumo sem culpa. kkkk
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  4. Oi Paloma!

    Ai, esse livro é amor demais. Gostei de cada ponto da história, fiquei torcendo para tudo dar centro com os irmãos e entre os dois o tempo todo. Admito uma preferência completa pelo Noah, mas a Jude é uma personagem incrível também. Capítulos grandes também me incomodam muito e foi a única coisa que me incomodou nesse livro... Eu sou aquele tipo de pessoa que só para de ler quando o capítulo acaba, então... No começo até pensei em desistir do livro, mas acabei me acostumando.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor, amor e amor! Ai... eu também. Eu já gostei mais da Jude. Tão fofa e louca. Me identifiquei. kkkk Exatamente! Os capítulos grandes foram a única coisa que também me incomodou nesse livro. O resto foi maravilhoso. A mesma coisa aconteceu comigo. Aii eu fico nervosa quando não tem uma pausa. kkkkkkkkkkkk Show!
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  5. Paloma,
    não conhecia esse livro,
    mas parece falar da realidade!
    Gostei!
    Obrigada pela dica!
    bjos
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É maravilhoso! Como não conhecia? Está sendo super falado pelos blogs literários. kkkkkk
      Leia, você vai amar.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  6. Oi, Paloma! Tudo bem? Menina, esse é o livro mais aclamado do ano! É raro ver uma pessoa que o tenha classificado com uma nota menor que cinco estrelas. Isso só faz com que eu fique ainda mais ansioso para lê-lo! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Tony! Tudo certinho e com você? Pois é...também ainda não vi uma resenha negativa sobre 'Eu te darei o Sol' . Leia, não vai se arrepender. Pode ser que precise se adaptar um pouco ao modo de escrita da Jandy Nelson, mas depois é só amor.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  7. Não conhecia, mas parece interessante*

    r: Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, flor! Vai gostar!
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  8. Olá! Adorei este livro também. Acabei me apegando com os dois personagens, mas muito mais com Jude do que com Noah. Adorei essa personagem e forma como ela foi retratada pela autora... Sem falar na forma que a historia foi se desenrolando e as surpresas não tão surpresas. Os capítulos longos não me desagradaram, ainda bem.
    Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah...eu também. A Jude é fofa mesmo com as maluquices dela. E o Noah é muito dramaqueen. kkkkkkkkkkkkk Sei lá, ele me irritou ás vezes. Eu também achei que as surpresas não foram tão surpresas, mas foi bom ver o acontecendo o que aconteceu, né?
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  9. Oi
    Que bom que ler esse livro para você foi uma experiência boa, a história parece ser incrível
    eu ainda não li nada negativo dele e estou louca para ler, pois os personagens parecem ser interessantes. Eu também não gosto de capítulos muito grandes.

    momentocrivelli.blogspot.com.br


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi positiva a leitura e favoritei até. kkkkkkkkk Também ainda não li nada negativo sobre o livro. As personagens são muito originais. <3 É me deixa sufocada capítulos com 20 páginas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  10. Oi Paloma.
    Que linda resenha.
    HAHA eu ri com irmãozinho do mal...a proposta desse livro me fez pensar que talvez não curtiria ter irmão gêmeo..certeza que ia ter problemas com esse mundo de disputas...conhecendo a galera aqui...
    Gostei muito da capa, acho linda.

    Engraçado que já li vários blogueiros comentando que é difícil se apegar o livro.

    tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkk Né? Ele é muito intenso... se fosse meu irmão iria levar uns cascudos clássicos. Não é que seja difícil, acho que temos que se acostumar um pouquinho com o modo de narração da autora. É bem diferente, nunca vi nada igual.Isso que me agradou também. Jandy é original.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  11. Oii Paloma!
    Já vi algumas vezes esse livro, mas não me interessei muito porque achei que se tratasse de um triângulo amoroso, odeio triângulos por causa da quantidade de drama desnecessário. E quando li a sinopse achei pior ainda que o drama seria entre irmãos que iria complicar ainda mais a situação, mas lendo agora sua resenha fiquei na dúvida se seriam irmãos (dois meninos) ou irmãos (um menino e uma menina). Enquanto lia sua resenha bateu uma vontade bem grande de saber como termina isso, pois parece ser uma história bem profunda e a nota também foi bem alta e certamente atiçou minha curiosidade.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem triângulo amoroso. Tem tanto pano para manga o livro que só lendo para saber . kkkkkkkkkkkkkkk
      Ah... é que os nomes deles são tipo que uma coisa sem gênero, né? Entendo a confusão. Noah é o menino e Jude a menina.
      Pode ler que você não vai se arrepender... é uma trama muito tocante.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  12. Me apaixonei pela história, quero ler! <3

    Ahhh seu comentário foi o que me deixou mais feliz, no post anterior!
    Qual o nome desse rapaz?
    Fiquei curiosa hahaha
    Muito obrigada pelo carinho que tem com o MV, saiba que retribuo em dobro! <3

    Beijos

    http://blogmacaverde.com.br/
    http://facebook.com/blogmacaverde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ler... não irá se arrepender.
      Eu não lembro o nome do rapaz... kkkkkkkkkkkk ele passou aqui apresentando o trabalho dele e já faz alguns meses.
      Por nada!
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  13. Ola Flor
    Tudo bem?
    Não conhecia a Autora, mas a Historia em si parece muito Fofa, a Historia de dois irmãos gêmios ainda? eles devem ser muito ligados, adorei ideia da Autora de tentar mostra ao leitor que as vezes e preciso que Tenhamos a mente mais aberta para mundo e para pessoas, em vez de nos prender apenas a uma coisa só, outro ponto que gostei foi fato de uma pessoa tentar ser melhor do que outra ou ter a ideia de possar ser nunca leva ninguém a nada, no final a gente acaba se afundando no próprio orgulho.parabéns pela Resenha minha Linda.
    até a próxima.
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor! Eu adorei esse livro e indico com todas as letras. Várias lições.... Obrigada e fico feliz que tenha curtido a resenha.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  14. Oi Paloma!
    Tudo bem? Saudades daqui.
    Estou lendo esse livro e estou me encantando com Noah e Jude. Suas resenhas são únicas e não tem como não gostar.Fico feliz em saber que essa leitura me será muito gratificante.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIee tudo ótimo e com você? Também estou morrendo de saudades do Saleta de Leitura. Um dos meus blogs favoritos! ^^ Ah... Noah e Jude são tão maravilhosos que bateu até uma saudade deles. kkkk
      Obrigada, com certeza você irá se encantar pela obra de Nelson, assim como euzinha!
      Beijocas!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.