Resenha- Mentiras que confortam- Randy Susan Meyers

Meyers, Randy Susan. Mentiras que confortam/ Randy Susan Meyers; tradução Ana Paula Rezende Dias Silva Mello. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2015.
Cinco anos atrás...Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção. Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe. Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.Hoje...Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.
Classificação:
Ficha Técnica

ISBN: 9788581637068
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2015
Edição: 1
Número de páginas: 368
Formato/Acabamento: 16x23x2,0
Peso: 0.50 kg
Preço Sugerido: R$ 39.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: DRAMA

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 08/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 75/100

Mentiras sempre machucam
Por Paloma Viricio
Visão Geral
Alguns homens machucam seu coração, mas, quando eles vão embora, o dano é remediado. Nathan havia despedaçado seu coração, e Tia temia passar o resto da vida procurando pelos pedaços perdidos. Ela nunca estaria livre dele. Se houvesse uma vacina, ela tomaria imediatamente”, p.38. Corações partidos de diversas formas. Três famílias afetadas por erros de pessoas que não imaginavam como seus futuros poderiam ser transformados. Uma criança inocente no meio de uma vastidão de incertezas.

Tia se vê inebriada pelo amor de um homem casado. Será que ele ficará ao lado dela e deixará a esposa? Juliette é uma mulher bonita, dedicada, inteligente que ama o marido e os filhos. No íntimo ela tem certeza que nunca perderá o amor do homem que tanto ama. De outro lado Caroline é uma mulher louca pelo trabalho. Ela e o marido não tem filhos, a mulher nunca se imaginou sendo mãe de alguém. Em meio aos devaneios adultos, uma criança está envolvida  e seu futuro dependerá do que pensam ser melhor para ela. “Talvez sua mãe tivesse razão. Talvez entregar Savannah tenha sido como entregar suas pernas, mas da maneira como Tia via aquilo, ela só havia ficado aleijada. Havida dado uma chance para Savannah. Esperava que a mãe a entendesse. Pelo menos, ela ficaria feliz pelas mesmas coisas que traziam esperança e felicidade para Tia”,p .364.

Mentiras que confortam foi um livro totalmente diferente do que eu pensava encontrar. A escrita da autora é muito boa. Randy usa descrição de forma estupenda, esse foi um dos pontos que me agradaram logo de cara. Ela descrevia uma cena, eu me sentia como se estivesse lá. As sensações, o cheiro , o gosto, tudo. É a primeira obra que leio de Meyers e posso afirmar que é uma ótima escritora. Outro ponto que muito me agradou foram as personagens. Sinceramente eu consegui sentir por todas... raramente isso acontece. Normalmente o leitor fica do lado de uma ou outra personagem. Eu não consegui ficar do lado de ninguém. Isso porque senti e entendi o lado de todo mundo. O único, canalha, safado, cachorro, sem vergonha foi o Nathan. Que homem mais escroto! Homem não, porque ele não tinha atitude e nenhum mérito de honra. “O coração de Caroline estilhaçou-se por causa daquele amor complicado. Ela se aproximou e deu três beijinhos na filha: um na testa, um na bochecha direita e outra na bochecha esquerda, assim como Savannah gostava. Jurou de novo sair daquele círculo vicioso de preocupações sobre seus pensamentos e deixar para trás seus desejos por coisas impossíveis e terríveis”, p.161 Não encontrei nenhum ponto negativo na obra, mas esperava mais do final. Ficou um pouco corrido, sem sal e nem açúcar... mais do mesmo. Fora isso, é uma obra boa que indico!

 Design e diagramação
A capa do livro é bonita. O miolo foi impresso em papel pólen. As letras e espaçamento se apresentam de forma confortável para a visão. Nada que reclamar quanto a esse quesito.

Sobre a autora
Randy Susan Meyers author

É autora do aclamado best-seller e Murderer’s Daughters, que foi escolhido como “;livro de leitura obrigatória”; pelo Massachusetts Center for the Book e  finalista no Massachusetts Book Award. Ela mora em Boston com o marido. Fonte: Editora Novo Conceito.

Licença Creative Commons
O trabalho Mentiras sempre machucam de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

Encontre  Monólogo de Julieta  também no:
                                                    FacebookGoogle+TwitterInstagramYoutubePinterest  

15 comentários:

  1. Amiga,
    já sou sua seguidora,
    gostei desse título,
    pois na verdade há mentiras,
    que não fazem mal, e nos confortam muito!
    Bjos
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah.. que bom, flor! Vixi, mas no caso do livro não é bem isso que acontece. kkk Só lendo para saber.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  2. Oi, Paloma!
    Boa parte das resenhas que li sobre esse livro foram positivas, como a sua. Porém, ainda não consigo me interessar por ele. Quem sabe no futuro?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também. Poxa, que pena! kkk É uma ótima obra. Leia quando puder.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  3. Oii, tudo bem??? Eu ainda não li esse livro, mas só vejo comentários positivos, espero poder conferir =D
    É muito complicado esse negócio da mentira né? As vezes as pessoas mentem por que acham que estão protegendo. Mas o que acontece é que quando a verdade vem, as coisas não ficam bem. E ela vem. pelo menos quase sempre vem. E uma mentira destrói toda a verdade. Destroi a confiança, o carinho.
    E uma mentira não vive sozinha. para sustentá-la é preciso usar várias outras mentiras também :(
    Amei a resenha
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee! Tudo certinho e você? Pode ler sem medo, você vai gostar bastante do livro. Exatamente... mentira é fogo. Infelizmente há pessoas que preferem as mentiras do que a verdade. Obrigada.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  4. Concordo plenamente com a sua resenha, eu já li esse livro e adorei, também esperava mais do final mas de resto é um livro muito bom. <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Infelizmente, não é? Poxa... tinha que ter alguma coisa para estragar. kkkkk A autora vacilou, mas nada que faça a obra não ser maravilhosa como é.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  5. Oi Paloma!
    Não conhecia o livro e ele não chamou muito a minha atenção. Parece ser muito dramático.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee! kkkk Não é não. Legal ...mas infelizmente triste. Leia quando puder.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  6. Há tempo não consigo parar e apreciar uma boa leitura. Sempre na correria danada.
    Mas pela resenha me pareceu um bom livro.
    Beijos
    http://morandocomamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena! Vamos arrumar um tempinho para os livros, hein mocinha?
      kkkk É sim, leia quando puder que você vai gostar.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  7. Oi
    Esse deve ser um livro intenso, só de ler a resenha me irritei com Nathan
    ele deve ser um personagem odiável, desde que i o lançamento a sinopse me chamou a atenção e ainda quero ler ele. Que bom que gostou e não achou nada negativo.
    PS. Legal seu banner especial de Natal;

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é mesmo. Eu fiquei sem ar em muitos momentos. kkkk Nathan é um belo de um Filho da polícia! Homem ridículo... ai meu Deus! Sínico é uma palavra que define ele com perfeição. Não acreditei em nenhum pingo de sentimento dele.
      Obrigada, fiz com tanto amor!
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      Excluir
  8. Também gostei muito de "Mentiras que confortam", não consegui ficar do lado de ninguém especificamente, acho que o mais correto é dizer que fiquei do lado de todas como você, só odiando o Nathan

    Também amei a escrita da Randy, como ela colocou as situações, ninguém é vitima ou algos... As pessoas fazem coisas erradas as vezes, quem nunca fez nada duvidoso, isso tem consequências a gente enfrenta, se arrepende, tenta consertar as coisas virar a vida e segue... terminei o livro torcendo muito por todas elas e mais ainda pela Savana.


    Pandora
    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.