Resenha- Conte-me seus segredos- Gabriel Almeida

Valentina é uma professora que adora viajar para participar de congressos. Ela sofreu uma grande perda no passado e tem dificuldade em relacionamentos sérios, em virtude do que passou.
Enquanto isso, Michael é uma pessoa aparentemente sozinha que acha que a fatalidade que aconteceu em sua família fora, em parte, sua culpa. Ambos levam uma vida normal em cidades diferentes. Só não sabiam que o destino os uniria e os pregaria uma peça, sendo que um deles guardava um terrível segredo... Até onde uma perda é capaz de influenciar o coração das pessoas quando é preciso tomar uma decisão? O que você faria se descobrisse que seus sentimentos ultrapassariam a razão e colocariam ambos em perigo? Este é um livro que nos mostra o perdão na sua forma mais pura. Mas será que ambos estão dispostos a perdoar? A decisão de uma pessoa pode mudar o rumo de várias vidas. Prepare-se, pois seus segredos mais obscuros serão revelados...
Classificação:


Os segredos
Por Carol Cadiz
Valentina é uma professora que adora participar de congressos e conhecer novas cidades. Michael é o atual proprietário do hotel de seus pais, e único sobrevivente do acidente que envolveu sua família. A próxima parada de Valentina é o congresso na cidade de Notre Ville, onde esta localizado o hotel de Michael...

A ideia do livro é boa, mas a execução é falha.  O autor quer passar o quanto é importante a confiança para algumas pessoas e para isso ele faz o foco do livro cair unicamente no romance de Michael e Valentina.  A confiança é o grande patamar do livro. Há um suspense, um mistério, que paira sobre a figura do dono do hotel.  Esse mistério se junta com uma cidade pequena, onde todo mundo conhece todo mundo e uma irmã desaparecida.

Acredito que se o autor trabalhasse a parte do mistério, do grande segredo, melhor, o livro iria crescer muito mais. Como falei o foco no romance acabou com o suspense. Em poucos capítulos o segredo é despejado em cima do leitor e é “consertado” rápido demais, sem dificuldade. Assim, o autor faz perder todo o frio na barriga que poderia causar no leitor, perde a atenção do leitor para descobrir o que se passa e como será lidado.

Uma dica para o autor é dar uma relida em todo o seu material, pois teve pontos falhos que com uma releitura seria solucionado. Como em uma parte em que ele descreve a Valentina vestindo um macacão e no parágrafo abaixo ela esta sendo elogiada pelo belo vestido. Não sei se é meu lado ultra feminino e detalhista que se incomodou demais. Aqui também cabe que ele foi redundante pelo fato de soltar que o acidente foi há um ano e o personagem tinha 27 anos na época, ai a Valentina vai perguntar a idade do cara, pois ficou curiosa... 

Esse livro não instiga o leitor a devorar o livro. Li rápido, pois não via a hora de saber se em algum momento o autor teria uma grande sacada e transformaria o livro em algo maravilhoso. Fiquei decepcionada. A capa e o título foram pontos que me deixaram empolgada demais.  

Contato do autor:gabriel_almeidao92@hotmail.com 

Postagem feita por:

 
Carol Cadiz,19 anos, estudante de jornalismo, conselheira,amiga,ama musica, dedicada, sonhadora, determinada, leitora compulsiva... Feliz! simples assim. "Me provoque, me desafie, me tire do sério, Me tire do tédio, vire meu mundo do avesso..." - Clarice Lispector. Normalidade? já nem sei o que é.


Encontre  Monólogo de Julieta  também no:                     FacebookGoogle+TwitterInstagramYoutubePinterest

Um comentário:

  1. Nossa já vou passar longe, dele pela sua resenha achei fraco e meio chatinho.

    Beijos
    http://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.