Resenha- Diálogos impossíveis- Luis Fernando Verissimo

Drácula e Batman discutem no asilo. Robespierre tenta subornar o carrasco. Goya e Picasso conversam sob o sol da Côte d’Azur. Juvenal planeja matar a mulher, Marinei, que o despreza. A recém-casada Heleninha pede conselhos ao urso de pelúcia. Qual um existencialista dotado de senso de humor, Verissimo persegue em suas crônicas o absurdo que marca a existência humana – salvo engano, a única que se preocupa com o seu propósito, o seu término e se alguém está falando demais na hora do pôquer. Em nenhum momento essa maldição se torna mais evidente do que na hora em que o homem abre a boca. Então, o que era para comunicar acaba é “estrumbicando”. Nas crônicas reunidas neste volume, Luis Fernando Verissimo escreve sobre impossibilidade, incomunicabilidade e mal-entendidos. Escreve, enfim, sobre a vida.

Classificação:


Ficha Técnica
ISBN-10: 8539004135
Ano: 2012
Páginas: 176
Idioma: português 
Editora: Objetiva

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 9,0/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 9,5/100

Diálogos Reveladores
Por Paloma Viricio
Font image: Uol

Diálogos Impossíveis é o segundo livro que leio de Luis Fernando Veríssimo. Resolvi ler esse justamente porque gostei muito do primeiro (O santinho). Embora, os dois não tenham nenhuma relação entre si. Mais uma vez tenho que mencionar a minha admiração por esse autor. Sabe, ele tem aquele jeito mineirinho na escrita. Vai chegando de mansinho, comendo pelas beiradas e quando vê já devorou o prato todo, te fisgou sem você pestanejar.

A narrativa é em terceira pessoa, mas daquele jeito que parece representar um observador dos fatos. Veríssimo tem essa peculiaridade. Ele consegue fazer você se sentir como se estivesse jogando conversa fora em uma roda de amigos. As crônicas, outrora publicadas nos jornais Estado de São Paulo e Zero Hora, provocam no leitor um sentimento de incomunicabilidade e confusão. O que a capa do livro representa em cheio. Nada melhor do que um telefone sem fio, para mostrar aquilo que já sabemos há tempos: a comunicação vira e meche é distorcida, ou em alguns casos, mal entendida.  Além disso, o autor recheia os diálogos com pitadas de inteligência, humor e reflexão.

Font Image: LoveGuptaphotomechanic
Adorei principalmente os diálogos entre grandes nomes da humanidade. Tais como: Alberta Einstein X sua mulher Mileva, RobespierreX seu executor, Abraão X Isaque, Chapeuzinho vermelho X lobo mau, Dom Juan X a morte, Lady Millicent X as amigas, Picasso X Goya, Carlos Drummond de Andrade X Mário Quintana X Fernando Pessoa, Drácula X Batman. O que faz o livro ser uma grande aula de história. Para quem gosta, é uma boa pedida!

Os diálogos que se tornaram meus favoritos foram: A tia que caiu no Sena, Entrevista, A tradutora Belga, Dom Juan e a Morte, Perdedor- Vencedor, Tea, A tática da bolsa, Picasso e Goya sob o sol, Estátuas, Pacóvio e Albert e Mileva. Esses realmente se destacaram, ao meu ver, porque são geniais. Fiquei imaginando o que mudaria na história se esses diálogos realmente tivessem acontecido, principalmente entre as grandes personalidades, e se tivessem sido revelados. Minha imaginação ficou flutuando perdidamente por horas.  Com Diálogos Impossíveis, Veríssimo, faturou a 55ª edição do prêmio Jabuti (2013), consagrando a obra como livro do ano de ficção. Um livro bom, merece ser lido.

 Sobre o autor


Luis Fernando Verissimo (Porto Alegre, 26 de setembro de 1936) é um escritor brasileiro. Mais conhecido por suas crônicas e textos de humor, publicados diariamente em vários jornais brasileiros, Verissimo é também cartunista e tradutor, além de roteirista de televisão, autor de teatro e romancista bissexto. Já foi publicitário e copy desk de jornal. É ainda músico, tendo tocado saxofone em alguns conjuntos. Com mais de 60 títulos publicados, é um dos mais populares escritores brasileiros contemporâneos. É filho do também escritor Érico Veríssimo. Fonte: Skoob. 
Licença Creative Commons
O trabalho Diálogos Reveladores de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

12 comentários:

  1. Gostei da resenha Paloma. Li ainda na infância uma antologia que possuia algumas crônicas do Veríssimo e me diverti bastante com a leitura. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. OI!
    caraca chegando nos 4000 inscritos! Parabéns!
    Acabei de me inscrever mas eu queria ser a 4000!
    KKKKKKKKKKKKK
    Obrigada por se inscrever s2
    Olha, não é o tipo do livro que costumo ler mas achei legal(meu lance eh mais "auto ajuda") mas eu como não costumo ler quase nada mesmo kkk eu estou tentando melhorar.
    Beijos

    Post Novo!

    http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br/

    Instagram: @caauuziinhaa (Claudia Victória)
    Página: http://www.designclaudinha.xpg.com.br
    Canal Youtube: https://www.youtube.com/user/claudiavictoria79

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paloma!
    Não sei se já falei, mas curti o novo layout.
    Eu nunca li nada do Verissimo, mas achei interessante esse livro. Vou dar uma procurada.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  4. Deve ser muito legal porque a ideia é bem criativa e diferente..
    Beijo
    ;)
    http://www.umalindapromessa.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei a resenha, lendo o enredo eu até ri um pouquinho. rsrs
    Confesso para você que não sou fã de crônicas e nunca li livros de autores brasileiros, mas esse escritor é bem conhecido e eu por ler uma resenha tão boa como a sua, sinto na obrigação de ler esse livro que parece ser muito bom.. hehe
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paloma! Tudo bem?

    Não sabia da existência desse livro acredita? Gostei muito esses diálogos impossíveis e bem elaborados, foi pra minha lista de compra e leitura.

    Beijos, Vanessa
    http://amamosaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que bacana isso de o livro meio que dar uma aula de história mostrando diálogos de grandes nomes da humanidade, fiquei curiosa pra ler.
    Beijos
    http://infinitafeminice.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha maravilhosa, fiquei curiosa para ler. Adorei o novo layout.

    Beijos
    http://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar desse livro e vi nas livrarias, mas nunca li!
    Parece ser super legal!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Paloma, tudo bem?

    Excelente resenha. Eu não costumo ler crônicas, mas o fato de Veríssimo ter criado esses diálogos entre diferentes personalidades me interessou bastante. Estou curiosa pra saber como isso ficou! :)
    E essa capa? Muito legal!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Olá, Paloma.
    Eu nunca li nada do autor, mas tenho muita curiosidade. A capa desse livro é linda e combina muito com o conteúdo que você explicou na resenha. Achei fantástica a ideia desses diálogos entre grandes nomes, das mais variadas áreas.
    Beijos!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Embora conheça várias crônicas do Veríssimo, nunca peguei um livro para leitura, o que posso considerar como um erro que devo corrigir o quanto antes. E me parece que esse livro poderia facilmente ser uma boa escolha para isso. Claro que são livros bem diferentes, mas me lembrou o "Mário Prata entrevista uns brasileiros", livro que achei incrível, por sinal.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.