Resenha- Morreu e não sabia- José Manuel Fernández

Fernández, José Manuel. Morreu e não sabia: a história de um jovem desencarnado / José Manuel Fernández; tradução Olga Cafalcchio. – São Paulo: Petit, 2015. Quando João descobre que seu melhor amigo está namorando Elisa, o grande amor de sua vida, ele fica transtornado. Sem que o casal perceba, João começa a segui-los por todos os lugares: na escola, no bairro, nas ruas. Numa dessas obsessivas perseguições, às escondidas, o rapaz se distrai e, ao atravessar uma rua, acaba atropelado. Desencarnado, ele não percebe sua nova condição. Um militar, também desencarnado, vai ajudá-lo a descobrir o que aconteceu, mas o jovem só tem um sentimento: vingança.

Classificação:

Ficha Técnica
ISBN: 9788572532921
Idioma: Português
Número de páginas: 192
Formato: 16x23x1 (cm)
Peso: 0,27 Kg
Edição: 1
Ano: 2015
Onde comprar? Loja da Editora

Notas
Capa: 08/10
Conteúdo: 09/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 95/100

O desencarne inesperado
Por Paloma Viricio
Visão Geral
(...) nascemos e morremos, mas é justamente quando morremos que voltamos a nascer, sem o pesado traje que nos acompanha ao longo de nossa existência física e que provoca em nós, indistintamente, tanto prazer quanto dor”, p.10. Morreu e não sabia é um livro espírita bastante interessante para pessoas que desejam aprender sobre ensinamentos da vida após a morte. É ótimo para aqueles não possuem conhecimento sobre as leis espíritas ou que ainda pouco sabem sobre essas questões.

João é um jovem de 16 anos que vê sua vida mudar completamente, quando após um acidente, desencarna e não percebe que o corpo espiritual se desprendeu do físico. Um jogo complexo de confusão e questionamentos rondam a mente dele até encontrar outros seres na mesma situação e começar a entender mais sobre a vida no plano espiritual. Entretanto, ao desencarnar bruscamente, o jovem culpa o melhor amigo pelo ocorrido, planejando uma vingança contra o ex-companheiro de infância. “A emoção do garoto era tal que mal lhe cabia no peito e, levando as mãos ao rosto,  ante a sensação, ficou muito tocado ao ouvir a mensagem do médico. (...) seu enlevo foi ouvir as belas palavras de Humberto quando ele lhe abriu a possibilidade de fazer contato com Zilda”, p.130.

Morreu e não sabia é uma brochura com 192 páginas de puro conhecimento. Não é somente João, o protagonista, que aprende com o desencarne, mas o leitor também. Embalado por uma escrita leve, tem a parte séria, mas também apresenta algumas linhas de humor bastante interessantes. João é meio desajeitado, inocente em muitas partes. È muito bom ir conhecendo a história do personagem e ver o crescimento pessoal deste. Li o livro em dois dias porque ele prende bastante o receptor.

É a primeira obra que leio de José Manuel Fernández, confesso que gostei bastante do modo de escrita do autor. Encontrei em Morreu e não sabia o modo narrador-personagem, onde o escritor fala diretamente com o leitor. Fazia tempo que não lia uma obra com essa forma de narrativa. Chega a ser aconchegante. Além disso, as personagens que ele transcreve são tão sensacionais que é impossível não se apegar á elas. Gostei de todas, mas além do João, curti principalmente três outros personagens. Eusébio Gonçalves é um militar desencarnado que inicialmente chegou cheio de pompa, arrogância que fiquei até assustada. Cheguei a imaginar que seria o antagonista da trama, mas com o passar das páginas se mostrou um ser bastante companheiro, arrogante (pela grande solidão que sentia) e por vezes engraçado. Acabou me contagiando e surpreendendo. Doutor Humberto Santos, (médium/médico) e o Doutor José (desencarnado/medico espiritual/mentor de Humberto) foram outros dois que me agradaram bastante. Doutor Humberto por ser uma pessoa bastante madura, bondosa e decidida. E Doutor José por ser um espírito de luz contagiante e sincero.

O único ponto negativo no livro foi a rapidez com que João evoluiu e aceitou as coisas. Acredito que em uma situação normal, uma pessoa como João levaria mais tempo para mudar, mas é aquilo, o tempo de cada um é diferente para ‘N’ questões. Além disso, em algumas partes senti que o autor dava uma acelerada brusca em determinadas cenas. Me incomodou um pouco, mas não fez desgostar da obra. “Ao longo da vida, cada um de nós tem mais inclinação para uma coisa do que para outra, já que cada ser evolui num ritmo diferente e nem áreas distintas. Porém,  não há sensação mais angustiante do que pensar que não conseguimos desenvolver todo o nosso potencial”, p.200.

Design e diagramação
A capa do livro é bem simples, mas não deixa de representar tudo que necessitava. Possui um esquema de cores agradáveis e claras. O miolo é impresso em papel branco. As letras e espaçamentos apresentam-se em tamanhos confortáveis para a visão. Adorei a divisão de capítulos. Foram apresentados de forma clara e arejada. 

Sobre o autor
José Manuel Fernández nasceu em Astúrias (Espanha) em 1964. Desde muito jovem se sentiu atraído pelas questões relativas ao Além. Graduado em Psicologia. em 2010, escreveu seu primeiro livro espírita em espanhol, La historia de Juan. Em 2011, o autor inaugurou sua página na internet, na qual publica diversos artigos sobre Espiritismo. Este é seu primeiro livro traduzido para o português. Conheça mais o trabalho do autor em www.entreespiritus.community. Fonte: Petit Editora.

Licença Creative Commons
O trabalho O desencarne inesperado dPaloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.
Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

8 comentários:

  1. Oi, Paloma!
    Infelizmente esse livro não dá pra mim :(
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei a resenha! Que curioso o título : Morreu e não sabia... hahaha
    Sucesso!
    Primeiro Sorteio no blog ♥♥♥
    Um beijo ;*
    Quele Lorrane ♥ | Girls Sweet

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paloma!

    Não conhecia o livro, mas uau, gostei muito da ideia! Fiquei meio triste pelo ponto negativo que você citou, das coisas irem rápido, eu tenho um problema muito sério com isso, parece que não me apego, sinto falta de desenvolvimento. Mas mesmo assim, por todos os pontos que você mostrou aqui, parece um livro muito bom! Adoro esses livros que nos fazem evoluir junto com o personagem

    Beijos
    caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OI Paloma!! Tudo bem?
    Parece ser pesado esse livro né? :(
    Fiquei interessada em ler!
    Beijosss
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=d1ii6y64aQw

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito tema e estilo de livro,pois nos faz pensar em tudo. Esse livro parece ser muito interessante
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Sempre vejo esse livro pela blogosfera, porém nunca tinha parado pra ler uma resenha... O que foi uma pena, pois, parece ser um livro bem interessante.
    Já botei nos desejados!

    Venha conhecer nosso novo visual.
    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito de temas espíritas, principalmente quando acompanhado de uma boa história, daquelas que nos envolve e faz refletir um pouco sobre qual o verdadeiro papel que desempenhamos no roteiro da vida. Adorei a resenha.

    atraentemente.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.