Resenha- Caraval-Stephanie Garber

Garber,Stephanie. Caraval/ Stephanie Garber - Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2017. Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Classificação: 


Ficha Técnica
ISBN-10: 8581638562
Ano: 2017
Páginas: 400
Idioma: português 
Onde comprar? Editora Novo conceito

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 10/10
Diagramação: 09/10
Conceito Geral: 9,5/100

Será apenas um jogo?
Por Paloma Viricio
Visão Geral
Quando chegara à ilha, a ideia de ser uma convidada especial de Lenda a fizera se imaginar privilegiada. Pela primeira vez na vida ela se sentira especial. Escolhida. Entretanto, em vez de sentir como se estivesse jogando um jogo, agora parecia que era o jogo que a jogava”. Um ingresso para o Caraval era o maior desejo de Scarlett, ainda mais quando a infância fora regada por esse mundo mágico, inebriante. Era apenas um jogo, ou não. Saber sobre o Caraval era uma coisa, estar no Caraval outra completamente diferente. “Lembre-se é apenas um jogo” era o que a mente de Scarlett gritava para ela a todo o momento, mas as evidências mostravam um mundo completamente diferente daquilo que a jovem imaginava. O jogo era parte do real, ou o real era apenas um jogo. Difícil saber... sua mente não conseguia digerir as diretrizes alucinantes de Caraval. As duas irmãs faziam parte do jogo ou o jogo era parte delas?

Caraval é um livro encantador. Um universo fantástico, psicodélico que por vezes, faz a mente do leitor dar mil e uma voltas. A descrição da autora é extremamente rica e regada por metáforas a cada construção de parágrafo. Em algumas partes lembrei muito do livro Alice no País das maravilhas, não pelos dois livros serem iguais, mas porque os dois foram os únicos que me fizeram ser transportada para universos paralelos sem nenhum esforço. Tudo em Caraval é viciante como uma esfera de açúcar mágica que explode no céu da boca. A taxa de endorfina que pode ser liberada com essa leitura é maior do que a liberada por devorar uma caixa inteira de chocolates. “A avó de Scarlett costumava dizer que o mundo do Caraval era o domínio do Mestre Lenda. Nada se dizia sem que ele ouvisse. Nem um sussurro escapava a seus ouvidos, nenhuma sombra passava despercebida por seus olhos”.


As personagens são muito bem construídas e todas me agradaram bastante. Ah... a mãe das meninas se chama Paloma. Achei legal ver uma xará minha fazendo parte da trama porque é difícil ver nomes latinos em livros estrangeiros assim. A avó das meninas é metódica, por vezes engraçada, ela é a responsável por implantar as idéias iniciais sobre Caraval na mente delas, fazendo com que todo aquele mundo mágico já fizesse parte da vida das meninas. Julian é muito engraçado. Olha, não sei se foi somente impressão minha, mas em diversos momentos ele me lembrava muito o Chapeleiro Maluco da Alice. Mas coloca ai um chapeleiro sexy que mexe o tempo todo com a mente de Scarlett.  Ele é muito peculiar.

Tella é uma das irmãs e que muito me agradou, pois eu via uma menina de coragem e decidida nela. Totalmente o contrário de Scarlett que apesar de me parecer muito ingênua, não demonstrava nem um terço da coragem da irmã. Entretanto, o amor entre as duas , faz com que diversas atitudes delas se tornem possíveis. É visível algo maior que as impulsiona.  Também não é por acaso. Com um pai como o delas, ficaria tudo mais complicado se as meninas não tivessem essa união tão forte. Ele é um homem rústico, grosseiro, que procura resolver tudo pela frieza da violência e do poder. Pior que um vilão externo é ter um desses dentro da própria família. “E, se o pai as pegasse correndo desse jeito, não hesitaria em mandar chicotear os pés das duas. Mas calcanhares e dedos feridos não seriam nada comparados ao que ele faria se descobrisse que Tella estava tentando sair da ilha”.

Eu amei o livro e não é por acaso que a obra de Garber é sucesso. Caraval é best-Seller na lista Young Adult Hardcover do The New York Times e permaneceu como número dois na mesma por cinco semanas consecutivas. Além disso, o livro já teve os direitos vendidos para mais de 25 países além dos Estados Unidos e Canadá.


Caraval é uma série composta por dois livros. No Brasil a previsão de lançamento do primeiro é para Junho de 2017, através da Editora Novo Conceito. Inicialmente o título do livro de estréia de Garber era "Hearts Made of Black". É certo que a obra irá virar filme após a compra dos direitos de Caraval pela Twentieth Century Fox, mas detalhes como estreia, produção ou personagens ainda permanecem em segredo. Indico a leitura!  Aproveitem a pré-venda que está com um precinho bacana e compre o livro com desconto. Ansiosa para a continuação.

Design e diagramação
Bom, a capa do livro é bem bonita. Segue o mesmo modelo da capa original, lançada lá fora. Eu gostei....o tamanho da letra, espaço e diagramação estão bem organizados. Achei alguns errinhos de digitação, coisa boba que pode ser concertada sem muito alarde. 

Sobre a autora

Desde criança, queria ser uma exploradora até perceber que a maior parte do mundo já havia sido explorada. Então, começou a criar seus próprios mundos e assim embarcou no universo dos livros Jovens adultos. Quando não está escrevendo, ensina literatura criativa em uma universidade no norte da Califórnia. Caraval é seu livro de estreia.


Licença Creative Commons
O trabalho Será apenas um jogo de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.



Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

12 comentários:

  1. Boa tarde Paloma, tudo bem?

    Estou vendos várias publicações em relação a esse livro mas ainda não tinha parado para ler mais sobre, agora com a sua resenha nem preciso dizer que fiquei curioso e que quero ler, ótima resenha e dica...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Paloma!
    Fiquei feliz em saber que a magia de Caraval te conquistou também. Quando li, nem tinha previsão pra sair esse livro aqui, então imagina minha alegria quando a NC anunciou o lançamento.
    Eu não gostei muito da Donatella. Achava ela bem imprudente. Mas estou ansiosa pelo livro dela, que creio que será o próximo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  3. Olá! Ainda não conhecia esse livro, mas parece ter uma temática bem diferente e interessante. Gostei bastante da capa e da sinopse. Sua resenha despertou meu interesse. Vou anotar a indicação, bjooooooo

    ResponderExcluir
  4. Gostou de enredos desse tipo! Foi a primeira vez que ouvi falar e acho que livros bons são assim, que fazem nossa mente dar voltas, como você descreveu. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Paloma!
    Tenho lido muitas resenhas do livro e todas muito boas.
    Deve ser bom mesmo poder ir descobrindo o jogo junto com a protagonista e acompanhar suas descobertas e sentimentos ao longo da leitura.

    Bom final de semana!
    “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  6. Oi Paloma.
    Estou maluuuuca atrás desse livro.
    Só vejo elogios a obra, preciso conhecê-la melhor.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oláááááá Paloma!
    Parabéns pela sua resenha, com certeza me transportou para o Universo de Caraval!
    E siiiiiiiiiim com direito a uma esfera de açúcar que explode no céu da boca :)
    Assim degustando a resenha fiquei curiosa com esse jogo, esse universo lúdico e fantástico, esse universo paralelo que permite viajar na mente e entre o real/imaginário com grande facilidade numa narrativa que promete ser instigante.
    E siiiiiim achei bacanérrimo uma personagem com seu nome: aliás acho lindo o nome Paloma <3
    Torcendo muito para Scarlett saber jogar o jogo e encontrar a Tella!
    Com as suas 5***** e mais o fato de ser uma duologia (acho que estou meio desanimada das séries com 8 livros rsrs) já vai para a lista dos desejados <3
    Quero *__*
    Bjs flor e ótimo domingo & feriado pra ti
    Luli Café com Leitura na Rede


    ResponderExcluir
  8. Ameii a resenha, é mais um livro que vai entrar para minha enorme lista de próximas leituras.
    A capa é muito linda mesmo, a história em si parece muito envolvente <3
    Adorei conhecer um pouquinho sobre a autora.

    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Paloma.
    Não vejo a hora de ter meu exemplar em m~]aos e reler ele. Eu amei a história. Fazia tampo que um livro do gênero não me encantava tanto. Espero que a continuação seja tão boa quanto.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Já ouvi falar que esse livro é muito bom, né? Pelas coisas que já li sobre ele parece ótimo e eu quero muito lê-lo. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá Paloma fiquei tão curiosa com a postagem promocional que resolvi ler a resenha e amei o que li.
    Mais um livro para a lista que não para de crescer de livros que desejo.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.