[Resenha] Um Verão Para Recomeçar - Morgan Matson


Matson, Morgan. Um verão para recomeçar/ Morgan Matson; tradução Maria Angela Amorim de Paschoal- Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2017.
Taylor Edwards nunca se sentiu importante, muito menos alguém que se destaca. Além disso, ela tem a estranha mania de fugir quando as coisas ficam meio complicadas. No dia do seu aniversário, Taylor recebe uma terrível notícia: o pai dela está muito doente. Ela até tenta fugir novamente, mas agora sua família precisa de toda ajuda e união possível. Então eles tomam a seguinte decisão: passar o verão juntos na casa do lago. Taylor não vai à casa do lago, onde ela e a família passavam o verão, desde que tinha doze anos, e ela definitivamente nunca planejou voltar. No lago Phoenix, ela reencontra sua ex- melhor amiga, Lucy, e Henry Crosby, sua primeira paixão. De repente, Taylor se vê cercada por lembranças que preferia ter deixado no passado. Apesar do medo e de querer fugir mais do que tudo, a única coisa que resta a ela é ficar com seu pai e enfrentar os dias da melhor maneira possível. Nesse verão em família, vivendo momentos tristes e felizes ao mesmo tempo, Taylor percebe que ela tem uma segunda chance de refazer laços familiares e até, quem sabe, poder viver um grande amor. Um verão para recomeçar é um notável romance sobre esperança, amor e superação.
Classificação:


Ficha Técnica
ISBN-10: 8581636624
Ano: 2017
Páginas: 352
Idioma: português 
Editora: Novo Conceito

Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 09/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 95/100

O Eterno Verão
Por Paloma Viricio
Visão Geral
Acordei com meus braços em volta do pingüim de pelúcia, que ainda cheirava levemente a bolinhos de chuva e algodão-doce. Alisei sua echarpe, deslizando o feltro macio pelos meus dedos, sentindo que sorria enquanto abria os olhos e repassava na cabeça as cenas da noite passada. Tinha sido uma noite perfeita, e eu não queria esquecer um só daqueles únicos momentos”, p. 179. Um verão para recomeçar é um livro repleto de emoção e ensinamentos. Através dos acontecimentos que povoam a protagonista Taylor Edwards, podemos aprender diversas lições, o que cada instante realmente significa para nossa vida.

Quando peguei Um Verão para recomeçar não fazia idéia do que esse livro iria me apresentar. Sabia que era um drama e só. Devo dizer que essa trama me surpreendeu de diversas formas. A primeira foi o modo da narração da autora que é deliciosamente bom. Morgan Matson mistura elementos do passado com o presente o que nos faz ir descobrindo aos pouquinhos como cada personagem é e que fatos o fizeram chegar a determinada situação ou atitude. “A história estava se desenrolando na minha frente, mas naquele momento só conseguia pensar na presença de Henry ao meu lado, em quão perto de mim ele estava e em como o sentia todas as vezes que se movia ou virava a cabeça. Estava tão ciente de sua presença que, assim que falava mais famosa do filme foi dita (aquela sobre o começo de uma bela amizade), respirávamos no mesmo ritmo, sincronizados”, p.253.

Gostei muito de todas as personagens desse livro. Isso é curioso porque geralmente há alguns que gostamos mais, outros que odiamos e etc. Na verdade o livro não possui nenhum antagonista, a não ser a própria vida. Gente... eu amo obras que se aproximam o  máximo da realidade e vejo que essa é uma dessas. Essa experiência com personagens foi nova para minha pessoa que adorou, é claro! Amo livros que me provocam uma espécie de sensação diferenciada.


Me identifiquei bastante com a Taylor. Vai ver que é porque me sinto como ela. Ás vezes nos transformamos em uma espécie de borboleta, onde o casulo é nosso tudo. Mas ai vem o mundo e taca fogo na nossa redoma de vidro. Não tem jeito! Nos damos conta que é preciso aprender a lutar com unhas e dentes por aquilo ou quem amamos. A Taylor é assim... ela é o tipo de menina que muitas vezes pulava fora do barco quando via que ele estava afundando. Sabe aquela sensação de que ignorar o problema é melhor do que encarar e resolver? Pois é... fiquei com raiva dela em alguns momentos porque inconscientemente refletia um dos meus defeitos. Mas, gostei de ver como a personagem evoluiu, deu a cara a tapas e completou sua metamorfose tornando-se forte para a vida.

O pai da Taylor é bem interessante. É um cara que te cativa, por ser diferente, mas que você na verdade não quer se sentir cativado porque sabe que irá sofrer muito mais com o decorrer dos acontecimentos, mas é algo inevitável. O irmão me agradou porque sempre trazia umas curiosidades bem legais para o livro.  Henry é um cara legal, mas acredito que a autora não quis mergulhar fundo em desvendá-lo. Assim como a melhor amiga de Taylor. Percebi que o foco todo ficou mesmo na protagonista. Apesar de ser um drama, Um Verão para Recomeçar, possui suas sátiras, momentos leves e bem aconchegantes para  o leitor.

Com capítulos narrados em primeira pessoa, Um Verão para recomeçar nos faz refletir sobre a questão do tempo, momentos e de que a vida é o agora. As lembranças fazem parte de nós, elas que nos ajudam a sobreviver quando o tempo bom é substituído pelo temporal. Ah... é possível refletir bastante também sobre a questão de aprender a falar Eu te amo! Não encontrei nenhum ponto negativo na trama. Gostei bastante do livro, a escrita da autora me conquistou, me ofereceu uma leitura boa! Com certeza indico. “Eu ainda não tinha me acostumado com as mudanças físicas que estavam acontecendo tão rapidamente com meu pai, prova de que havia algo muito, muito ruim acontecendo dentro dele. Algo que não iria parar até que o tivesse matado”, p. 274.

Design e diagramação
A capa do livro é banhada por cor bem viva. Esse efeito degradê de cores quentes ficou muito bonito, mais verão que isso impossível. O título na capa, assim como na lombada, apresenta-se em auto relevo que dá uma sensação boa ao sentir. O miolo é impresso em papel pólen. As letras não são tão grandes, mas o espaçamento é confortável. Além dos capítulos, a trama é dividida por partes...elas são nomeadas e separadas por umas páginas ilustradas que achei um charme. 

Sobre a autora   
      
Morgan Matson é autora best-seller do The New York Times. Um verão para recomeçar é seu segundo livro e venceu o California State Book Award. Ela vive em Los Angeles. Fonte: Editora Novo Conceito.
Licença Creative Commons
O trabalho O eterno verão dPaloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

26 comentários:

  1. Oi Paloma,
    Que linda resenha, tão bom quando uma leitura nos atinge assim.
    Faz tempo que não leio livros do estilo, mas desde a época de lançamento, fiquei bem de olho. Gostei como a autora coloca a vida como tema central e mais a família. A Taylor parece ser uma ótima personagem!

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  2. Olá Paloma
    Quero muitoooooooo ler esse livro, acho que vou me identificar bastante com a Taylor.
    E gosto de narrativas onde não há antagonistas, acho que são mais complexas, mais reflexivas, afinal não há um vilão e nos é proporcionado um todo como aprendizado.
    Amei sua resenha, fiquei com mais vontade ainda de ler.
    bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  3. Paloma, não curto drama, então não animei com esse livro. Mas quem sabe eu dê uma chance a ele. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha, realmente o livro parece ser muito bom. Gostaria de ler.
    Beijinhos

    https://glamour-02.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Conhecia o livro, mas esta é a primeira resenha que leio. Gostei muito da resenha, a história parece linda. Eu também gosto muito de tramas que intercalam passado e futuro, então já entrou para a listinha.

    Beijos!
    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie, gostei muito da trama e dos personagens, fiquei com vontade de ler *_* Achei a capa bem bacana também!

    bjus

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia, mas quem sabe um dia não leio! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  8. Quando eu gosto de um livro
    me prendo ao seu autor de
    certa maneira que leio toda
    a sua obra, busco contato
    para no mínimo dar-lhe um
    abraço.
    Quanto aos comentários que
    deixam no meu blog, sempre
    inspiram este servo de Deus
    a continuar enriquecendo, de
    certa maneira, a alma ou a
    libido de seus leitores, e
    foi graças a um comentário
    que darei continuidade a um
    assunto discutido recentemente.
    (no meu blog dia 5 de fevereiro)

    Um beijo, Paloma, minha amiga
    querida.

    silvioafonso


    .

    ResponderExcluir
  9. fiquei curiosa com o enredo
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha Paloma. Aprecio histórias leves e que tragam um pouco da nossa realidade para a ficção. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  11. Que bacana você ter gostado de todos os personagens, as vezes não batemos os espíritos com alguns kkk.. não conhecia esse livro ainda..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  12. Também gosto de histórias que ficam bem perto da realidade! Fiquei curiosa!
    Beijinho
    Joana

    ResponderExcluir
  13. Legal, gostei 😊😘
    https://omundode-marina.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  14. Olá, Paloma.
    Eu amei esse livro. Principalmente por ter me identificado porque passei por algo parecido com meu pai. Você ir se despedindo aos poucos e não poder fazer nada a respeito é horrível. Para quem gosta de um bom drama esse livro é ótimo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Olá Paloma tudo bem??

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, não sabia o que esperar dele e também não dava nada por ele, mas sua resenha foi esclarecedora, dica anotada....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Paloma!

    Esse livro está na minha lista de desejados há um tempinho e sua resenha me deu mais vontade ainda de lê-lo. Gosto de livros assim que nos fazem refletir sobre a vida, o agora e sobre aproveitar as oportunidades. E quando nos identificamos com o personagem, então, nos vemos nele, torna a leitura mais envolvente ainda!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Eu fiquei tão feliz quando a Novo Conceito lançou essa nova edição linda. Gosto muito dessa história. Quando li senti o meu coração aquecido <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  18. OOOOOI

    logo que comecei a ler a sua resenha já senti identificação com a personagem: também sinto que nao me encaixo e não tenho nada especial. Acho que no fundo todo mundo se sente um pouco assim, né?
    mas é uma delícia nos ver nas páginas de livros <3

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Paloma,
    É um livro que estimula a continuar sempre.
    Bom começo de mês.
    janicce.

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia o livro, mas fiquei muito curioso com esta história =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  21. Gostei da resenha, tbm amo livros que me tocam e acabam me dando algum tipo de lição ou sensação boa.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  22. Oi, Paloma! Como sempre, arrasando nas resenhas! Eu fiquei sabendo desse livro quando você postou a foto no Instagram. Não o conhecia, mas parece ser muito bom.

    Beijos,
    www.livroapaixonado.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.