[Resenha] Simplesmente Acontece - Cecelia Ahern

simplesmente-acontece-cecelia-ahern
Ahern, Cecelia. Simplesmente Acontece/Cecelia Ahern; tradução Amanda Moura da Silva Santos e Ivar Panazzolo Júnior. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014. O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Classificação


simplesmente-acontece-cenas-ineditas

Por Paloma Viricio

Visão Geral

A vida nos obriga a mudar

“Bem na hora em que você pensa que está tudo resolvido, bem na hora em que você finalmente começa a planejar alguma coisa de verdade, se empolga e sente como se soubesse a direção em que está seguindo, o caminho muda, a sinalização muda, o vento sopra na direção contrária, o norte de repente vira sul, o leste vira oeste, e você fica perdido. Como é fácil perder o rumo, a direção...”, p.45.

Simplesmente é assim que acontece. A vida realmente é uma caixinha de surpresas. Quem poderá prever o que o futuro nos reserva? Difícil , mas não impossível lidar com situações que nos fazem programar a vela do nosso barquinho para seguir outro rumo.

P.S. Eu te amo X Simplesmente Acontece

Logo que Simplesmente Acontece foi lançado fiquei louca para ler. Da Cecelia Ahern já tinha lido P.S. Eu te amo, apesar de não ser o meu livro favorito da escritora, gostei bastante. P.S. Eu te amo me proporcionou uma sensação estranha porque confesso que gostei mais do filme do que da obra escrita. Bom, lembro que fui com toda gana em cima de Simplesmente Acontece acabei dando com a cara no muro.

Simplesmente não funcionou muito bem

Simplesmente Acontece não é uma obra ruim, mas com certeza não me agradou por completo e muito menos está na lista de livros que gostaria de reler. Isso tudo porque não gostei da forma de como a trama foi estruturada. Montar um livro de 448 páginas somente com fragmentos de e-mails, cartas, mensagens e afins me deixou não deu muito certo. Cecelia deixou muito a desejar ao criar um livrão desses sem aquela estrutura gostosa, bem descritiva e encantadora que um bom romance tem. Desculpe os fãs de Simplesmente Acontece, mas para mim não funcionou.

“Alguns dias são muito difíceis, e tudo o que eu sinto vontade de fazer é lhe telefonar e chorar, mas estar aqui é uma bela distração. Mas não é só isso, é também um belo lugar para passar pelo processo de luto se você precisar”, p.374.

simplesmente-acontece-alex-rosie

As personagens de Simplesmente Acontece

Entretanto, Simplesmente Acontece não é de todo ruim. Mesmo com essa estrutura incômoda, o livro vem moldado com duas personagens sensacionais: Rosie e Alex. Com certeza um dos melhores que já conhecia por ai. Essa coisa toda da amizade forte que eles possuem, mas aquela quedinha básica é muito chamativo. É um casal que encanta pela forma e conteúdo.  Os dois são tão fofos que dá vontade de apertar. Tudo o que passaram juntos, até mesmo o que compartilharam quando estavam longe. Muito amor!

Almas complementares em questão

Depois de construir esse casal muito amor, os jogar na nossa cara sem piedade, fica clara a mensagem que Cecelia Ahern quis passar com o livro. Sabe, um amor não é somente tudo isso tão romântico e carnal com que estamos habituados. Um amor forte, verdadeiro também é  (Com certeza) muito mais companheirismo do que outra questão. Isso é sensacional porque pode abrir a cabeça de muita gente quadradona por ai que ainda não entendeu o significado importante disso tudo. Em suma, Simplesmente Acontece é um livro que me deixou muito confusa. Gostei? Sim... Não gostei? Também! Fazer o quê? A vida é Simplesmente Assim.


“O que você acha que o Alex teria feito se a gente tivesse aparecido na porta dele? A mamãe disse que ele nem está em casa, que está fora participando de umas palestras, ou alguma coisa assim, mas acho que é tudo mentira dela pra tentar provar que o nosso plano não teria funcionado. Não acho que ia ficar bravo com a gente. O Alex é legal. Mas acho que ele ia ligar para mamãe e ela mandaria milhões de carros da polícia e helicópteros de resgate pra buscar a gente”, p.194.

filme-simplesmente-acontece-netflix

Design e diagramação
A versão que tenho do livro é a primeira que a Novo Conceito lançou. A capa é bonitinha, mas não tem nada de mais. Prefiro mil vezes a capa que representa o filme (com os atores). Não sei por que, mas acho que eles representam mais os personagens do que as pessoas dessa primeira capa. O miolo foi impresso em papel pólen. As letras e espaçamento são bem confortáveis.

Sobre a autora

Antes de engrenar na carreira de escritora, Cecelia Ahern se formou em Jornalismo e Comunicação. Aos 21 anos, escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te amo,que se tornou um best-seller internacional e foi adaptado para o cinema.  Seus livros foram publicados em 46 países. Foram vendidas mais de 20 milhões de cópias no mundo todo. A autora mora em Dublin (Irlanda) com sua família. Fonte: Editora Novo Conceito.

Postagens Relacionadas Cecelia Ahern

Licença Creative Commons
A Resenha Simplesmente Acontece- Cecelia Ahern de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

12 comentários:

  1. Como eu amo esse filme. Ainda não tive a chance de ler a história, mas já li outras da autora e sou apaixonada pela forma que ela constrói os personagens. Esse filme é um dos meus favoritos <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Oi Paloma, como vão as coisas desse lado de cá?
    Gostei, deve ser bom...
    Boa entrada de mês de março.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Eu não li o livro, vi logo o filme!
    E se vejo logo o filme, n consigo ler o livro
    hehehehehehehehehehe

    Não fiquei totalmente ok c a histórias mas... n é de todo ruim!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Paloma,
    Eu não li essa versão do livro, mas antigamente tinha essa história... Nem lembro o nome, mas a capa era vermelha e tinha um arco-íris. Foi a primeira publicada e marcou meu coração.
    Foi a única obra da Cecelia que li.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Tenho esse livro na minha estante na minha extensa lista de espera, nem vi o filme porque queria ler primeiro o livro, só li coisas maravilhosas sobre essa história.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, que pena que a estrutura do livro não te agradou :( quando comecei a ler o livro tinha achado estranho só que acabei amando. Só fiquei triste que o filme não seguiu a linha de fazer eles esperarem até ficarem mais velhos para ficarem juntos
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Uma historia romântica com tantas páginas deveria fluir melhor e pelo que você descreveu não é assim. Tem livros que realmente deixam a desejar e eu só termino pq já comecei né! Beijão

    ResponderExcluir
  8. Oi, Paloma!

    Adorei a sua resenha, compreendi bem todos os aspectos que você apontou e concordo quanto a possuir 400 páginas com basicamente enrolação, já que deve ser cansativo esses desencontros deles, ainda mais se estendendo por tantas páginas. Desnecessário mesmo, dava pra passar a mensagem com algo bem mais direto, mas se isso não estraga o potencial da história, então tá valendo!


    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Paloma,

    Eu gosto muito da escrita da autora e tenho alguns livros dela aqui para ler, aliás já passou da horas...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi!!
    Eu tenho muita vontade de ler P.S. Eu te amo, mas até hoje ainda não li nada da autora.
    A história de simplesmente acontece parece ser ótima, mas não sei se conseguiria ler um livro tão longo escrito apenas em e-mails. Que bom que o livro não foi de todo ruim para você.
    Beijos!!
    Nerd Fox

    ResponderExcluir
  11. Ai Paloma, lendo sua resenha, não animei com esse livro não. :(

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.