Entrevista com autor Junior Salvador



Olá Romeus e Julietas! Hoje trago entrevista com o autor Junior Salvador que escreveu o livro Curupira a arte da vida e outros. Bora conferir?

Curupira e Taiguara cresceram juntos, no seio da aldeia Arapuã. Agora, no entanto, um acidente colocou a vida de um deles em perigo e a única esperança é a Árvore da Vida. A situação se complica ainda mais com o surgimento dos perigos da natureza selvagem e quando um espírito antigo, tomado pelo desejo de vingança, surge em meio à floresta. Lutando pela vida, os amigos iniciarão uma jornada que mudará suas vidas para sempre, buscando proteger a floresta e desvendar os segredos do Eldorado.


Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 1774 KB
Número de páginas: 185 páginas
Idioma: Português


Monólogo de Julieta- Como iniciou o desejo de ser escritor? Há quanto tempo escreve?
Junior Salvador- A escrita sempre fez parte da minha vida. Quando criança fazia fanfics de animes e quadrinhos. Já tive blogs e com o advento das redes sociais, também escrevia textos ficcionais de modo esporádico. No ano de 2016 comecei a escrever efetivamente, participando de concursos literários, e não parei mais.

Monólogo de Julieta- Nos fale mais sobre a obra "Curupira- A Àrvore da Vida".
Curupira - A àrvore da Vida é o primeiro livro de uma quadrilogia, certo?
Junior Salvador-Sim. A Árvore da Vida é o primeiro livro de uma quadrilogia na qual recontarei a origem dos personagens do nosso folclore, mas dando a eles uma roupagem mais atual e, acima de tudo, trabalhando o contexto da aventura e da fantasia.

Monólogo de Julieta- O que os leitores podem esperar das obras sucessoras? Você pode nos contar quais personagens virão por ai?
Junior Salvador- Os leitores podem esperar muitas surpresas nas obras sucessoras. Em À Árvore da vida contamos a origem do Curupira, mas já estão presentes outros conhecidos personagens do nosso folclore, como Iara, Caipora e Boitatá. Para as próximas obras, além do retorno de alguns personagens presentes em “A Árvore da Vida”, os leitores podem ter certeza que teremos a presença de personagens clássicos como o Saci, Boto, Cuca e Mula-sem-cabeça.  

Monólogo de Julieta- Esse é seu primeiro livro do gênero aventura fantástica?
Junior Salvador- Esta é a primeira obra de aventura fantástica escrita na forma de novela. Em 2017 publiquei os “Contos Fantásticos do Folclore Brasileiro”, projeto embrionário que deu origem à obra atual. Lá é possível ver um pouco da maneira com a qual vejo os personagens do folclore, inclusive alguns presentes na obra atual, mas em momentos distintos de suas vidas.

Monólogo de Julieta- Como foi fazer essa releitura de personagens do Folclore Brasileiro? Como surgiu a ideia?
Junior Salvador- A ideia da releitura dos personagens nasceu da análise dos dois movimentos cinematográficos atuais protagonizados pela Marvel Stúdios e pela Warner. Ao observar a maneira como personagens já tão conhecidos foram apresentados ao público e, depois, colocados em situações perigosas e também sensivelmente humanas, me levou a pensar na possibilidade de fazer o mesmo com os personagens do nosso folclore. Mitos como o Saci e o Curupira sempre foram tratados como seres mágicos que interagem com o nosso mundo, mas a aura mágica que os envolveu sempre fez parecer que não havia uma interação completa. Por isso, minha ideia é colocar os personagens em situações problema, sem deixar a magia de lado. Assim, um personagem pode atender ao celular, pouco antes de enfrentar um espírito maligno antigo que vivia na floresta.

Monólogo de Julieta- Se pudesse ser personagem do livro qual seria? Por quê?
Junior Salvador- Apesar de Curupira ser o personagem principal do livro, durante a escrita, me identifiquei demais com Taiguara. É com certeza o personagem mais complexo, que enfrenta grandes adversidades para se encontrar no decorrer da história. Ele inicia a obra como o herdeiro da tribo Arapuã e próximo Cacique. Com a  força e orgulho proporcionais, ele precisa da ajuda de Curupira para encontrar sua verdadeira identidade.

Monólogo de Julieta- Como seria seu paraíso literário?
Junior Salvador- Um papo com Harry Haller (O lobo da estepe) e Morpheus (Sandman), sentindo o a fragrância mais suave produzida por Jean-Baptiste Grenouille (O perfume) e observando o oceano no fim do caminho. 

Monólogo de Julieta- Com sente-se com a receptividade das pessoas que leram sua obra?
Junior Salvador- Até agora a receptividade incrível. Ainda estou aguardando as primeiras resenhas dos blogs literários, mas o público no geral parece ter abraçado a ideia.

Monólogo de Julieta- Diga um autor preferido no Brasil? Por quê?
Junior Salvador- João Guimarães Rosa. Por que? ele escreveu Grande Sertão: Veredas.

Monólogo de Julieta-  Diga um autor estrangeiro preferido? Por quê?
Junior Salvador- Albert Camus me ensinou a ver o mundo de outra maneira; Neil Gaiman mostrou que a fantasia pode estar bem ao lado, quando menos imaginamos; Gabriel Garcia Marquez me ensinou que uma boa obra passa pela força dos personagens. Impossível escolher apenas um.

Monólogo de Julieta- Qual a dica que você daria para futuros escritores?
Junior Salvador- Eu diria que dentro de um escritor há outros dois tipos de escritores, que são completamente distintos um do outro. O primeiro é aquele que escreve por prazer, historias que gostaria de ler; O segundo, por sua vez, é o profissional que organiza sua escrita de acordo com as necessidades do mercado. Os dois escritores internos precisam estar em harmonia, para que escrita e vida caminhem na mesma direção.

Monólogo de Julieta-  Para encerrar gostaria de fazer um bate e volta com você.
Junior Salvador-Uma pessoa: Minha esposa, Bel.
Um desejo: Ser livre.
Um livro: O lobo da estepe.
Uma música: Infinita highway, Engenheiros do Hawaii
Uma comida: arroz, feijão e bife.
Uma bebida: Água
Uma frase: A dúvida é o preço da pureza.
Animal de estimação: não tenho.                
Filhos: Quero ter.
Felicidade: Está nas coisas simples.
Religião: Deus
Literatura: Meu refúgio.  



Junior Salvador é um jovem escritor brasileiro nascido em Rancharia, no interior do estado de São Paulo. Graduado em Letras e Direito, apenas em 2017, após o casamento, o autor alcançou a inspiração que lhe faltava para colocar no papel as ideias que fervilhavam em sua mente. Neste ano, lançou suas duas primeiras obras: As luzes do Arrebol, uma coletânea de versos singelos, pela A.R. Publisher Editora, e Vidas Breves, uma antologia de contos realistas e fantásticos, de forma independente. Em 2018, o autor inicia o ano com seu lançamento mais ambicioso. A publicação dos Contos Fantásticos do Folclore Brasileiro inaugura um novo mundo de fantasia literária, pelo qual o autor deseja transitar no próximo ano.

Encontre o autor

12 comentários:

  1. Muito bacana a maneira que o autor abordou o folclore brasileiro, deixando com uma carinha mais moderna. Bem legal a entrevista! Um beijo :*

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  2. Não o conhecia, mas achei muito bacana a entrevista com ele! Esse livro dele me despertou demais o interesse em ler! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Amei conhecer um pouco mais sobre o autor :D

    http://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  4. Autor que gosta de Gabriel Garcia Marquez já tem o meu respeito rs.
    Adorei a entrevista e adorei conhecer esse autor. Nunca tinha visto o livro dele antes.

    Tenha um ótimo dia.

    Abraços,
    Naty

    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Paloma!

    É muito legal ver como as fanfics originaram vários autores, que conseguiram tornar histórias em grandes livros. Adorei a entrevista e desejo muito sucesso pro autor!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Bem legal como ele abordou o folclore brasileiro.
    A entrevista ficou ótima.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei da idéia do folclore mas em uma
    versão contemporânea.
    Boa entrevista Paloma, interessante autor.

    Boa entrada de mês de dezembro.
    Daqui a pouco já é Natal; nossa...
    PAZ E BEM.

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Legal demais a proposta do autor. Muito criativa a maneira que ele encontrou de falar sobre personagens tão marcantes do nosso folclore. Nostalgia pura.

    Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Paloma sua linda!
    Guria fiquei curiosa demais com esse livro e instigada pela releitura do nosso folclore!
    Parabéns pela sua entrevista, as perguntas foram sensa, e gostei demais das respostas do autor.
    Fiquei apaixonada pela pergunta/resposta paraíso literário.
    Parabéns e sucesso procê flor e para o autor Júnior Salvador.
    Literatura nacional em excelente fase.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, Paloma. Eu ainda não conhecia a obra, nem o autor, mas a sua entrevista aguçou a minha curiosidade. Você foi brilhante na condução das perguntas e foi possível conhecer o enredo na medida certa. Adorei as ideias do autor, assim como as referências e inspirações. Sucesso!

    Sabrina Santiago | www.mocadecasa.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Paloma, tudo bem?
    Eu adoro ler entrevista com autores porque sendo uma gosto de saber como anda o mercado e a recepção dos leitores às novas obras. Ainda não conhecia o Junior Salvador e achei interessante a proposta dele em dar destaque ao nosso folclore nos seus livros.

    Sobre seu comentário no meu blog: Então, eu tive um instrutor mega paciente que literalmente desenhou num pedacinho de papel como eu deveria soltar a embreagem. Isso ficou tão gravado na minha memória que errar é muito raro.. kkkkkkkkk

    Beijos;

    Mente Hipercriativa
    FanPage Mente Hipercriativa

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.