[Novidades Literárias] Janeiro 2019 Editora Novo Conceito

livro-o-museu-das-coisas-intangiveis

Noah, o irmãozinho de oito anos de Zoe, tem uma síndrome rara. Ele aprendeu a ler quando tinha dois anos.

Entende a teoria da relatividade de Einstein e já leu todos os livros do Stephen Hawking. É obcecado pelo cosmo e fala constantemente sobre isso, sem nem mesmo perceber se você está escutando ou não.

Apesar disso tudo, não consegue processar qualquer coisa irracional ou intangível. Emoções são um mistério para ele. Sonhar ou imaginar é algo totalmente estranho.

Zoe, para ajudá-lo, criou para ele, o Museu das Coisas Intangíveis, com instalações conceituais artísticas complexas, improvisadas no porão de sua casa.

Medo, inveja, coragem, despreocupação, verdade, perdão, vergonha: e tantos sentimentos que ela tenta ilustrar e definir para ele todos os dias.

Zoe acredita que Hannah,  sua melhor amiga, não tem controle sobre as coisas intangíveis da vida.

Um dia, Zoe convence Hannah pegar a estrada juntas, e assim como fez com seu irmão, ela começa a expor sua amiga a situações que procuram mostrar o significado e o valor de todas essas coisas, fazendo com que ambas percebam o que realmente querem da vida. 


LIVRO-A-FILHA-DO-PANTANO
Há anos, a jovem Briony Larkin esconde alguns segredos... 
Segredos que comprometeram para sempre a saúde mental de sua irmã gêmea, Rose, e que mataram sua madrasta. Mistérios que a impedem de sair de Swampsea.    

Consumida pela culpa, Briony só encontra alívio nas profundezas do pântano, cercada pela presença dos Antigos os espíritos que assombram o lugar. 
O problema é que só as bruxas podem vê-los, e na sua aldeia elas são condenadas à morte. Por isso, ela vive com medo de que seu segredo seja descoberto, mesmo que ela acredite merecer as piores punições por todo o mal que já fez às pessoas que ama.

A chegada de Eldric faz sua vida mudar, pois ele representa o que ela sempre desejou ser, tudo aquilo que ela teme sentir.
Prender-se à magia ou libertar-se para o amor? Caberá a Briony fazer a decisão mais importante.

SE VOCÊ TIVESSE SÓ MAIS UM DIA DE VIDA, O QUE IRIA FAZER? PLANTARIA UMA ÁRVORE? ASSALTARIA UM BANCO? IRIA SE ABRIR COM ALGUÉM?

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE FAZER ANTES DE MORRER? é o livro ilustrado dos seus sonhos mais loucos. As 200 coisas mais instigantes, criativas, divertidas e geniais que você pode fazer antes deixar este planeta foram reunidas pelos criadores da série The Buried Life. 

Esses quatro caras totalmente comuns estão engajados em uma missão: realizar 100 coisas dessa lista. Para cada item cumprido, eles ajudam um desconhecido a realizar um sonho da sua própria lista. O livro acabou se tornando uma deliciosa coleção de reflexões, segredos e histórias que, nos últimos cinco anos, têm respondido a pergunta: O que você gostaria de fazer antes de morrer?

VOCÊ VAI ADORAR ESTE LIVRO PORQUE:
Sua vida pode mudar dramaticamente. (A nossa mudou.)
Você pode fazer coisas que nunca sonhou. (Nós estamos fazendo.)
Você pode sentir a alegria plena de estar vivo.  

INSPIRE-SE. FAÇA SUA PRÓPRIA LISTA. VIVA SEUS SONHOS. 

Jonnie Penn, Dave Lingwood, Duncan Penn e Ben Nemtin participaram do seriado  The Buried Life, da MTV norte-americana.
nas-montanhas-do-marrocos

Inicialmente ambientado na Inglaterra, nos idos de 1847, conta a história da bela e impetuosa lady Katherine Hartington, a filha mais nova do conde de Northwick. A narrativa construída em torno da jovem protagonista apresenta as relações familiares e a suntuosidade da época vitoriana, descrevendo o estilo de vida da aristocracia inglesa e os obstáculos sociais impostos às mulheres, impedidas de aspirar a algo além de um promissor casamento. Nesse universo sobressai a figura da poderosa duquesa de Melbourne, que não se amolda a esse papel socialmente pré-estabelecido e transmite à sobrinha seus conhecimentos sobre o instigante mundo dos negócios, potencializando o seu natural desejo de liberdade.

Mas um revés do destino fez com que Katherine aportasse em Tânger em um contexto completamente inesperado. De uma hora para outra, a inglesa se vê obrigada a viver no Marrocos e conhece sua apaixonante cultura e paisagens montanhosas e desérticas. Nesta exótica jornada, ela se depara com o mais importante: o amor. Entre tentativas de retorno à Inglaterra e o fascínio pelas areias do Saara, majestosas cordilheiras marroquinas e um desafio amoroso que a seduzem para ficar, Katherine se defrontará com novas e impensáveis realidades, sem suspeitar das guinadas que o futuro ainda lhe reservaria. Nas montanhas do Marrocos é um romance escrito no melhor estilo de obras do gênero, aclamadas pelos públicos nacional e internacional.

Com criatividade e originalidade, Luisa Bérard reuniu, na dose certa de grandes best-sellers, personagens memoráveis, sedução, paixão, conflitos e intrigas, demonstrando com sua ágil narrativa e criteriosa pesquisa histórica o quanto pode ser ilusória e vazia a liberdade sem amor.

9 comentários:

  1. Que super novidades :D Feliz 2019!

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Paloma,
    Que lançamentos interessantes!
    Gostei mais desse primeiro, na verdade a capa que me chamou mais atenção.
    Mas também curti a premissa. Espero ler futuramente.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. O Museu das Coisas Intangíveis parece tão bacana! *_*

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Adorei as novidades. O museu das coisas intangíveis parece ser bem interessante .
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
  5. Para mim são mesmo todos novidades, não conhecia nenhum, mas adorei a capa do primeiro! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  6. Amei as dicas, Nas Montanhas dos Marrocos já quero ler...

    ResponderExcluir
  7. Olá Paloma,

    Gostei das novidades e alguns vão pra minha lista....bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi! Nenhum dos lançamentos me chamou muito a atenção, mas daria uma chance a 'A Filha do Pântano'. Apesar de parecer que a história vai ter muito romance, eu leria por conta do clima sombrio que senti pela sinopse.

    Beijos;

    Mente Hipercriativa
    FanPage Mente Hipercriativa

    ResponderExcluir
  9. O meu coração se derreteu com a história de Coisas Intangíveis. Desde o título tão instigante (um museu de coisas intangíveis, poxa, como fazer isso?) ao amor que já desenvolvi pelos personagens. Com certeza, vai entrar na minha listinha de próximas leituras. Obrigada! ♥

    Sabrina Santiago | www.mocadecasa.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.