[Resenha] O Colecionador de Memórias- Cecelia Ahern

o-colecionador-de-memorias-cecelia-ahern
Ahern, Cecelia. O colecionador de memórias/ Cecelia Ahern; tradução Alice Klesck.- Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2018.
Quando Sabrina Boggs se depara com uma misteriosa coleção de bens do pai, ela descobre uma verdade onde nunca soube que havia uma mentira. O homem familiar com quem ela cresceu de repente é um estranho para ela. Uma quebra em sua rotina monótona deixa-a apenas um dia para destravar os segredos do homem que ela pensava conhecer. Um dia para desconhece memórias, histórias e pessoas que ela nunca soube da existência. Um dia que muda para sempre a vida dela e daqueles que a rodeiam. O colecionador de memórias é uma história sobre como as decisões mais comuns que tomamos podem ter as consequências mais extraordinárias na forma como vivemos nossa vida. E como, às vezes, somente desvendando a verdade sobre outra pessoa, você realmente pudesse se entender.


Classificação: 

pote-de-luz-tumblr

Por Paloma Viricio

Visão Geral

Somos Colecionadores de Memórias


A vida é repleta de lembranças e delas constituímos nossa coleção particular. Uns preferem guardar as cartas recebidas de um parente distante. Outros cartões postais de viagens adoráveis. E há ainda aqueles que depositam suas lembranças em comidas, casas. Para Fergus essas foram soldadas em peças diferentes. Coleções de bolinhas de gude.

“Foram as bolinhas que me puseram nessa situação, pra recomeçar. E me livrar delas vai me tirar disso. As mentiras, a enganação, a traição, a enrolação, sem focar na vida que eu estava vivendo, me distanciando de mim mesmo e da minha família.”

Um livro misterioso

Não fazia idéia do que achar de O Colecionador de Memórias. Foi um livro que começa um pouco misterioso e depois vai embalando o leitor aos poucos até fazer com que se apaixone pelas memórias e personagens. Os capítulos seguem intercalados.Ora temos a visão de Fergus sobre a trama, ora somos presenteados pela visão de Sabrina. Isso é interessante porque apesar de serem pessoas totalmente diferentes eles, no final das contas, possuem muito em comum.

“Quando se trata de lembranças, há três categorias: coisas que quero esquecer, coisas que não consigo esquecer e coisas que esqueci que havia esquecido, até me lembrar delas.”

bolinha-de-gude-tumblr

Personagens marcantes

Fergus é um homem misterioso. Aprendeu que para evitar confusões era melhor se esconder em uma bolinha mapa mundi do que mostrar a verdadeira face para as pessoas. Isso incluía a sua própria família. Mas ainda conseguia encontrar felicidade quando tinha a oportunidade de duelar jogos com suas bolinhas de gude.

Sabrina, filha dele e fruto do casamento com a primeira esposa, pensa que conhece tudo sobre o pai. Mas após um acidente a realidade muda e Sabrina precisa correr atrás e descobrir a verdade, quem realmente é o homem que ela chama de pai. Sabrina é uma mulher madura, casada, com filhos, mas que no fundo mergulha em uma massa espessa e entediante. Ela passa a refletir que precisa não somente conhecer a outra face do pai, mas também redescobrir a si mesma.

“Não sou perfeita em nada,  embora tente ser. Às vezes, fico imaginando se o amor é suficiente ou se há níveis de amor. E, às vezes, me pergunto se mesmo quando ele está olhando pra mim, ele está me vendo”

Essa humanidade descarada que faz com que nos identifiquemos com as personagens dos livros. Eu gosto disso na escrita de Cecelia, acredito que é essa humanização das personagens que nos faz sentir e se aproximar das tramas que a autora cria. Procurei conhecer as personagens, não julgar ninguém e entender a situação que cada um se encontrava. Tai... um livro em que não identifiquei necessariamente nenhum antagonista. O que não deixa de respingar pequenas doses de drama em O colecionador de Memórias.

A coleção mais cara de bolinhas de gude do mundo

bola-de-gude-mais-cara-do-mundo

Não era o valor monetário que fazia as coleções de Fergus serem sensacionais. O valor sentimental era algo que nenhum dinheiro poderia pagar. Uma coleção iniciada na infância e que marcaria eternamente a vida de todas as personagens. A escrita de Cecelia é sensacional. Tenho tido boas experiências com os últimos livros que tenho lido dela. O único ponto negativo foi que achei o final um pouco raso. Ela explodiu os capítulos de emoções e acredito que faltou um pouquinho para o final, mas nada que promova a crucificação da autora. É um bom livro. Eu indico!


Design e diagramação

A capa é muito fofa. A princípio pode não fazer muito sentido a composição de imagens, mas depois que terminamos o livro elas se encaixam perfeitamente. É o emaranhado de lembranças desde a infância até a tenra idade que faz toda a diferença. A cor da capa é sutil, muito bonita e as bolinhas... complementam perfeitamente. O miolo é impresso e em papel pólen. Possui letras e espaçamento agradáveis para a leitura.

Sobre a autora


Antes de engrenar na carreira de escritora, Cecelia Ahern se formou em Jornalismo e Comunicação. Aos 21 anos, escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te amo,que se tornou um best-seller internacional e foi adaptado para o cinema.  Seus livros foram publicados em 46 países. Foram vendidas mais de 20 milhões de cópias no mundo todo. A autora mora em Dublin (Irlanda) com sua família. Fonte: Editora Novo Conceito.

A Resenha O Colecionador de Memórias- Cecelia Ahern de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.

Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos.  

16 comentários:

  1. Paloma, eu ouvi falar no livro, mas ainda não consegui ler. Adorei sua resenha, só me deixou mais a fim ainda!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Eita! Que história tensa... Também já sofri assédio no trabalho, mas não foi nesse nível! Coisas que nós mulheres temos que passar, né?! Lamentável.

    A capa é realmente muito fofa! E a história parece ser encantadora, apesar de misteriosa. Fiquei curiosa com essas bolinhas de gude! hehehe! ;)

    Ótima segunda!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  3. Que livro maravilhoso. Não conhecia!
    Ótima resenha!
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha.
    Nunca tinha ouvido falar sobre o livro.
    Beijos

    https://glamour-02.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de ler esse livro... Parece uma boa história!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  6. O mistério desse livro me deixou curiosa! Acho que vou gostar de ler :)
    www.thefancycats.pt

    ResponderExcluir
  7. Oi Paloma,

    Gosto de escrita da autora, mas em alguns livros, outros já não me agradaram tanto.
    Esse está na lista de leitura.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já ouvi falar mas ainda não li!
    Beijinho
    Joana

    ResponderExcluir
  9. Oi, Paloma!

    Creio que esse seja um livro pra refletir e pensar bastante, daqueles que a gente leva um monte de ensinamentos junto.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Paloma,
    Que foto linda desses potinhos.
    Sou louca para ler algo da Cecelia, espero pegar ainda esse ano.
    Eu gosto de dramas familiares, principalmente entre pais e filhos.
    Esse tenho certeza que vou me emocionar. Fiquei super curiosa sobre os segredos por trás da coleção dele!

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  12. Esse tema das memórias me parece ter muitas possibilidades interessantes na narrativa, fiquei bem curiosa para ler Paloma! Um abraço. :)

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  13. Oi Paloma,
    Mesmo com o final raso, eu arriscaria a leitura.
    Gosto do estilo da Cecelia, o gênero faz muito muito meu estilo.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá ainda não tinha ouvido falar desse livro, gostei muito da sua resenha e fiquei com vontade de ler ^^

    bjs

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Paloma, tudo bem?
    Gostei muito da resenha!
    Dizem que essa autora sabe muito bem construir relações emocionantes em seus livros.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  16. Legal bem interessante
    Acho que gostaria de ler
    Beijos
    https://omundode-marina.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.